Lloris e Subasic duelam por título e pelo prêmio de melhor goleiro da Copa

Luvas de Ouro das últimas duas edições foram para os campeões do torneio mundial

por Agência Futebol Interior

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 12 - A Copa do Mundo 2018 termina neste domingo, mas ainda dá para lucrar com a competição. Além do título, os prêmios individuais são excelentes opções. Só com a Luva de Ouro dá para levar pelo menos 50% de lucro nas casas de apostas. O mais cotado para ser o escolhido até o momento é o goleiro francês Hugo Lloris.

Hugo Lloris na frente
Um pouco de grife sempre é bom. Enquanto Hugo Lloris defende a favorita França e atua no Tottenham, Subasic vem com a zebra Croácia e o modesto Monaco. Isso certamente tem um peso, pois o prêmio é dado por votação e não necessariamente uma avaliação média dos desempenhos. Isso faz com que o goleiro francês dispare como o mais cotado, pagando R$ 1,50 para cada real, segundo números do Oddsshark.com.

Isso não quer dizer que Lloris não foi bem, pois fez defesas importantes para a sua seleção. Diante de Uruguai e Bélgica, por exemplo, ele salvou em duas oportunidades quando o placar ainda estava 0 a 0. Em compensação, deixou a desejar diante da Argentina, quando sofreu três gols. Outro ponto que pesa contra ele é que não teve a oportunidade de brilhar em uma disputa de pênaltis, como seu rival.

Lloris
Lloris
Subasic confia nos pênaltis
Também finalista, Subasic teve mais momentos e glória do que seu rival. Afinal, ele salvou a Croácia em duas partidas de mata-mata, contra Dinamarca e Rússia, quando defendeu dois pênaltis em cada. Como costumam dizer, este é a única hora em que um goleiro só pode ser o herói e o croata conseguiu por duas vezes.

Além disso, nas demais partidas não comprometeu. Foram cinco gols sofridos em seis jogos, mas nenhum que contasse com uma falha grave dele. Diante dos russos ainda mostrou garra ao mesmo depois de sentir uma lesão muscular ter seguido firme na prorrogação e aguentado a disputa nos pênaltis.

Outro ponto positivo para Subasic é o “confronto direto”. Croácia e França enfrentam dois adversários em comum nesta competição: Argentina e Dinamarca. Enquanto o croata passou sem ser vazado diante dos argentinos e sofreu apenas um dos dinamarqueses, Lloris levou três do time sul-americano. Caso consiga desbancar o rival e fature o prêmio ele rende R$ 2,87 para cada real, segundo dados do Oddsshark.com.

Subasic
Subasic
Derrotados correm por fora
Jordan Pickford e Thibaut Coutois também fizeram uma boa Copa do Mundo e seriam eleitos merecidamente também, porém, as derrotas de Inglaterra e Bélgica nas semifinais praticamente os tiraram da disputa.

Dos dois, o goleiro belga é o que aparece mais distante, dando R$ 26,00 para cada real, segundo estatísticas do Oddsshark.com. Apesar de ser possivelmente o que tem maior fama entre os concorrentes, ele teve uma atuação mais discreta e os dois gols sofridos diante do Japão e outros dois contra a Tunísia pesam contra. No torneio, seu grande momento de brilho acabou sendo contra o Brasil, quando fez boas defesas.

Já Pickford mostrou que tem futuro. Com apenas 24 anos foi fundamental em muitas partidas, quando os ingleses recuaram e deixaram a pressão toda para cima da defesa. Contra Colômbia e Suécia o goleiro até conseguiu salvar, mas acabou sendo vazado duas vezes pela Croácia e viu o prêmio ficar mais longe. Caso surpreenda e seja eleito mesmo disputando o terceiro lugar garante R$ 7,50 para R$ 1,00.

Coutois
Coutois
Luva de Ouro
Até 1990, o melhor goleiro da Copa era o que entrava na seleção do torneio. A primeira vez que este prêmio passou a ser individual foi em 1994, com o Troféu Lev Yashin – que para muitos foi o melhor da posição. Nas quatro edições com esta nomenclatura, em três o campeão do Mundial foi também o escolhido: Fabien Barthez (1998), Oliver Kahn (2002) e Gianluigi Buffon (2006). A única exceção foi justamente em 94, quando Michel Preud’homme ganhou mesmo caindo com a sua Bélgica nas oitavas de final.

Já chamada de Luva de Ouro, a indicação seguiu a tradição e tanto Iker Casillas, em 2010, quanto Manuel Neuer, em 2014, conquistaram a Copa e o prêmio. Assim que a FIFA divulgar o mais votado desta edição, o retorno previamente combinado na aplicação é depositado imediatamente. Porém, caso você ainda tenha alguma dúvida sobre como fazer investimentos em esportes, dê uma olhada no infográfico que preparamos para explicar isso passo a passo.

Pickford
Pickford
Cotas para a Luva de Ouro da Copa do Mundo 2018
Hugo Lloris R$ 1,50

Danijel Subasic R$ 2,87

Jordan Pickford R$ 7,50

Thibaut Courtois R$ 26,00

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />