Decepcionado após derrota, capitão da Suécia não garante continuidade na seleção

Com a não convocação do astro Zlatan Ibrahimovic, o defensor passou a ser a principal liderança da equipe

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 07 - Decepcionado e claramente abatido após a derrota por 2 a 0 para a Inglaterra nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, em Samara, o zagueiro e capitão da Suécia, Andreas Granqvist, lamentou a eliminação e desabafou após a partida, dizendo que não sabe se continuará na seleção sueca.

"Eu não sei o que aconteceu. Vamos ver o que vai acontecer daqui para frente, não sei se vou continuar na seleção. Agora estou muito decepcionado, a gente fez um trabalho muito bom, muito fantástico, mas não foi o suficiente", lamentou o zagueiro.

Decepcionado após derrota, capitão da Suécia não garante continuidade na seleção
Decepcionado após derrota, capitão da Suécia não garante continuidade na seleção
Jogador mais experiente da Suécia, que ele defende desde 2006, Granqvist tem 33 anos e disputou na Rússia seu primeiro e provavelmente último Mundial. Com a não convocação do astro Zlatan Ibrahimovic, o defensor passou a ser a principal liderança da equipe. Ele marcou dois gols nesta Copa, ambos de pênalti.

O técnico Janne Andersson também não soube explicar a derrota para os ingleses, mas se disse orgulhoso do desempenho na competição dos suecos, que terminaram na liderança de um grupo que tinha a Alemanha como favorita antes de eliminarem a Suíça nas oitavas de final.

"Taticamente a gente jogou da mesma maneira, da forma que estávamos trabalhando. Fizemos o que estávamos acostumados, mas no geral a gente tinha que fazer algo a mais, mas não dá para dizer que seria diferente. Temos que estar felizes e orgulhosos com o que conquistamos", afirmou o treinador.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />