Miranda elogia setor ofensivo da Bélgica e avisa: 'Não é só o Lukaku'

"Seguramente, ele é um grande atacante, mas a principal maneira de parar o adversário é estar atento a todas as jogadas", afirmou

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 05 - Capitão da Seleção Brasileira mais uma vez - a segunda nesta Copa do Mundo, já que vestiu a braçadeira contra a Sérvia, e pela quinta vez sobre o comando do técnico Tite -, o zagueiro Miranda previu muito trabalho no jogo desta sexta-feira contra a Bélgica, em Kazan, pelas quartas de final. Sua certeza vem da qualidade dos jogadores adversários. Por isso, ele achou errado considerar que o principal obstáculo para a defesa será o artilheiro Lukaku.

"A Bélgica não é só o Lukaku. Seguramente, ele é um grande atacante, mas a principal maneira de parar o adversário é estar atento a todas as jogadas e aos jogadores em campo", disse Miranda em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira em Kazan.

Ele ponderou que a seleção da Bélgica tem vários jogadores decisivos. No entanto, o capitão garantiu que a seleção está pronta para neutralizar os belgas.

"Nosso sistema defensivo entrará muito bem preparado para neutralizar todas as armas do adversário", garantiu Miranda, que forma uma dupla que tem se mostrado quase intransponível com Thiago Silva.

Miranda elogia setor ofensivo da Bélgica e avisa: 'Não é só o Lukaku'
Miranda elogia setor ofensivo da Bélgica e avisa: 'Não é só o Lukaku'
"É jogador de alto nível, um grande defensor, já atuamos na seleção há mais de 10 anos."

Miranda lembrou que a primeira convocações da dupla ocorreu em 2007 e, desde então, eles atuaram juntos muitas vezes.

"O entrosamento é muito grande, não tem muito o que falar de um grande defensor. Ele está fazendo uma extraordinária Copa."

Com o afunilamento do torneio, a responsabilidade da seleção brasileira está aumentando. É preciso jogar cada vez melhor para seguir em frente. Isso, porém, não assusta Miranda.

"A seleção brasileira está acostumada e tem responsabilidade de jogar em alto nível. Sabemos das dificuldades do jogo porque a Bélgica exige ainda mais concentração, da nossa capacidade técnica, é um adversário muito forte. Vamos entrar atentos, sabendo que para vencer um grande adversário, temos que fazer o melhor."

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />