Por Wilson Rocha: Brasil recebe quase R$ 20 milhões a menos que 2014 após Copa

Pela participação na Rússia, a premiação será de US$ 17,5 milhões (R$ 67,6 milhões)

por Agência Futebol Interior

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Por WILSON ROCHA
Enviado Especial do FUTEBOL INTERIOR na Copa da Rússia

Campinas, SP, 11 (AFI) - A Seleção Brasileira receberá um valor menor como premiação pela campanha na Copa do Mundo de 2018, se comparado ao que recebeu em 2014. Naquela ocasião, como a equipe canarinha chegou ficou na 4ª posição, acabou recebendo uma quantia total de US$ 21,5 milhões (R$ 83 milhões na cotação atual). Pela participação na Rússia, a premiação será de US$ 17,5 milhões (R$ 67,6 milhões).

O valor da premiação concedida pela FIFA é somado a partir da posição final de uma seleção na Copa mais US$ 1,5 milhões (R$ 5,8 milhões) fixos, que todas recebem ao final do torneio. O Brasil, por exemplo, por ter terminado do 5º ao 8º lugar, receberá US$ 16 milhões (R$ 61,84 milhões), mais os US$ 1,5 milhões.

Brasil recebe quase R$ 20 milhões a menos que 2014 após Copa
Brasil recebe quase R$ 20 milhões a menos que 2014 após Copa
A seleção que vencer a Copa do Mundo em 2018 levará para casa um valor de US$ 38 milhões (R$ 146,8 milhões), mais os US$ 1,5 milhões fixos, totalizando então US$ 39,5 milhões (R$ 152,6 milhões).

O vice-campeão receberá US$ 28 milhões (R$ 108,2 milhões), que somado ao valor fixo renderá US$ 29,5 milhões (R$ 114 milhões). O terceiro colocado levará uma premiação de US$ 24 milhões (R$ 92,7 milhões) mais a premiação fixa, somando US$ 25,5 milhões (R$ 98,5 milhões). Já o quarto lugar irá somar um valor de US$ 23,5 milhões (R$ 90,8 milhões), com os US$ 22 milhões (R$ 85 milhões) da posição final mais o valor fixo por seleções.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />