Brasil encara a famosa geração belga para manter sonho do Hexa

Equipe de Tite vai para confronto das quartas de final como a mais cotada para a vitória

por Agência Futebol Interior

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 05 (AFI) - Faltam três capítulos para o sonho do Hexa virar realidade na Copa do Mundo 2018. No entanto, para que o Brasil viva os últimos dois terá que passar por cima da badalada geração belga. A tarefa não é tão fácil, tanto que mesmo a seleção entrando como a mais cotada nas casas de apostas garante mais do que o valor aplicado por uma vitória.

Brasil aparece na frente
A atuação diante do México deu moral a seleção brasileira. Prova disso é que a equipe encara a Bélgica como favorita, dando R$ 2,14 para cada real, segundo números do Oddsshark.com. Um dos fatores é que Neymar finalmente teve uma boa atuação. O camisa 10 parece ter encontrado o ritmo e pode ser decisivo nestas quartas de final.

Outro nome que cresceu de produção e trouxe esperanças para o Brasil é Willian. O jogador ganhou mais liberdade e tem rodado mais em campo, sendo mais participativo. A dupla também conta com o brilho de Philippe Coutinho, que fez uma excelente Copa do Mundo, mesmo tendo sido um pouco discreto contra os mexicanos.

Brasil encara a famosa geração Belga para manter sonho do Hexa (Foto: Rodrigo Vilalba / Enviado especial do FI na Copa do Mundo)
Brasil encara a famosa geração Belga para manter sonho do Hexa (Foto: Rodrigo Vilalba / Enviado especial do FI na Copa do Mundo)

Se o ataque tem funcionado, a defesa não deixa a desejar. A seleção sofreu apenas um gol neste Mundial e praticamente não tem visto Alisson trabalhar, tamanha regularidade dos zagueiros Miranda e Thiago Silva. Resta saber se a equipe de Tite terá o mesmo sucesso sem Casemiro. O volante do Real Madrid é o principal cão de guarda do Brasil, mas não joga nesta sexta-feira por ter levado o segundo cartão amarelo no torneio. Para o seu lugar deve ir Fernandinho.

Bélgica precisa aproveitar segunda chance
Ficar dois gols atrás no placar com a partida já no segundo tempo de um mata-mata da Copa do Mundo é algo quase irreversível e que a Bélgica conseguiu sobreviver. Com isso, a seleção precisa aproveitar esta segunda chance que teve no torneio.

Para isso, a equipe aposta suas fichas na parte ofensiva. O time é recheado de talentos do meio para frente. Eden Hazard, Kevin De Bruyne e Dries Mertens são jogadores que teriam espaço em qualquer clube do mundo. O trio além de muito criativo sabe finalizar muito bem se tiver espaço.

Para fechar o setor com chave de ouro os belgas ainda contam com Romelu Lukaku. O atacante está na briga para ser artilheiro do Mundial e para isso precisa balançar as redes nestas quartas de final, pois está dois gols atrás de Harry Kane. Caso o quarteto mágico da Bélgica funcione e a seleção consiga a vitória no tempo normal garante R$ 3,70 para cada real.

A única parte preocupante até aqui tem sido a defesa, que deixou a desejar contra a Tunísia e o Japão, sofrendo dois gols em cada.

Bola na rede
Para quem não quiser cravar o vencedor, tem a possibilidade de faturar com o número de gols. Com dois ataques fortes, se a partida tiver pelo menos duas bolas na rede garante R$ 1,28 para cada real. O valor sobe para R$ 2,00 se confiar que terá pelo menos três.

Já se quiser indicar quem marcará os gols leva no mínimo R$ 2,25 para R$ 1,00 se for de Neymar. Pelo lado belga Lukaku é o mais cotado, pagando R$ 2,40, segundo dados do Oddsshark.com.

Alternativas
Agora se você quiser fugir ainda mais do que acontece na parte técnica e tática da partida tem a opção do campo disciplinar. Neste caso, basta o árbitro aplicar pelo menos quatro cartões que garante R$ 1,61 para cada real. Se um destes ocorrer com menos de 10 minutos de bola rolando o valor sobe para inacreditáveis R$ 7,00, segundo estatísticas do Oddsshark.com.

Para explicar passo a passo como funciona os investimentos em esportes montamos um infográfico para você.

Histórico do confronto
As duas seleções se enfrentaram quatro vezes ao longo da história e os brasileiros levaram a melhor em três oportunidades contra apenas um triunfo belga.

Em Mundiais, o único duelo ocorreu pelas oitavas de final de 2002. Na ocasião, o Brasil sofreu, mas venceu por 2 a 0 e seguiu em busca do pentacampeonato.

Jogos das quartas de final da Copa do Mundo 2018
Sexta-feira, 6 de julho

11:00 – Uruguai (R$ 4,60) x (R$ 2,00) França. Empate: R$ 3,20

15:00 – Brasil (R$ 2,14) x (R$ 3,70) Bélgica. Empate: R$ 3,40

Sábado, 7 de julho

11:00 – Suécia (R$ 4,74) x (R$ 1,87) Inglaterra. Empate: R$ 3,35

15:00 – Rússia (R$ 3,90) x (R$ 2,25) Croácia. Empate: R$ 3,10

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />