Copa do Mundo: Recuperado de lesão, Abel Aguilar contém otimismo da Colômbia

A palavra "favoritismo" não está no dicionário dos colombianos para o Mundial da Rússica

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 08 - O volante Abel Aguilar fez questão de controlar o otimismo sobre a campanha que a Colômbia pode fazer Copa do Mundo da Rússia. Mais do que isso, para o jogador do Deportivo Cali a palavra "favoritismo" não está no dicionário dos colombianos para o Mundial.

"Isso não existe para nós. Sabemos que temos um grande grupo, mas só por isso não se ganha. Confiamos no nosso trabalho, não devemos deixar levar pelas pessoas e ambiente", disse Aguilar nesta sexta-feira, em entrevista coletiva em Milanello, centro de treinamento do Milan, na Itália, onde a equipe se prepara desde o dia 27 de maio.

O otimismo em relação à participação da Colômbia na Copa deste ano se deve a ao menos três fatores. Primeiro, à performance observada em 2014, no Brasil. Na ocasião, chegou bem às quartas de final, quando caiu justamente para a seleção anfitriã. Segundo, ao futebol mostrado nas Eliminatórias Sul-Americanas, sendo a quarta colocada, com 17 pontos em 18 jogos - sete vitórias, seis empates e cinco derrotas. E o terceiro, à presença do técnico argentino José Pekerman no comando do time, além das duas estrelas Falcao García e James Rodriguez, que valorizam o elenco.

EXPERIÊNCIA
Aguilar, conhecido por sua liderança, aos 33 anos, um a mais que Falcao, é o jogador mais velho do grupo. Ele está recuperado de lesão muscular. "Foi um momento difícil (o da lesão), mas graças a Deus não houve inconvenientes, foi uma questão de paciência", disse o volante, que não esteve no empate por 0 a 0 com o Egito, há uma semana.

"Pretendemos começar com o pé direito e confiamos em nosso trabalho, sabemos como é disputar uma Copa do Mundo", concluiu Aguilar, homem de confiança de Pekerman.

A Colômbia integra o Grupo H do Mundial. Fará sua estreia contra o Japão, dia 19 de junho, em Saransk. Depois, enfrenta a Polônia no dia 24 e fecha a primeira fase contra o Senegal, dia 28. Já sem amistosos a realizar antes do início da competição, os colombianos viajam para Kazan, sua base na Rússia, na terça-feira.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />