Novo presidente da Confederação da Oceania é confirmado como vice da Fifa

Lambert Maltock, de Vanuatu, vai substituir David Chung, de Papua Nova Guiné, que renunciou em meio a denúncias de corrupção, em abri

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 11 - A Fifa confirmou nesta segunda-feira seu mais novo vice-presidente. Será Lambert Maltock, de Vanuatu, que foi oficializado como presidente da Confederação de Futebol da Oceania, em Moscou, às vésperas da Copa do Mundo da Rússia.

Maltock vai substituir David Chung, de Papua Nova Guiné. Chung renunciou em meio a denúncias de corrupção, em abril. Ele era vice-presidente sênior da Fifa e, na prática, estava somente abaixo do presidente Gianni Infantino na hierarquia da entidade máxima do futebol mundial.

Novo presidente da Confederação da Oceania, Lambert Maltock, de Vanuatu, é confirmado como vice da Fifa
Novo presidente da Confederação da Oceania, Lambert Maltock, de Vanuatu, é confirmado como vice da Fifa
Após a saída inesperada de Chung, Maltock assumiu como interino da Confederação da Oceania, que reúne 11 federações do continente e tem a Nova Zelândia como sede. Mas ele ainda não havia sido confirmado como novo vice-presidente da Fifa. Maltock vai exercer estas funções até o início do próximo ano, completando os mandatos do seu antecessor.

Na Fifa, ele vai integrar também o Conselho, formado atualmente por 37 integrantes. O órgão, que substituiu o desacreditado Comitê Executivo, abalado por denúncias de corrupção e prisões, vai ter forte influência sobre a escolha da futura sede da Copa do Mundo de 2026.

David Chung se afastou da Fifa e da Confederação da Oceania em razão de denúncias de corrupção no projeto de construção de uma nova e grande sede para a entidade na cidade de Auckland, na Nova Zelândia. O projeto era avaliado em US$ 20 milhões (cerca de R$ 74 milhões).

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />