Copa do Mundo: Atual campeão europeu, Portugal evita se colocar entre os favoritos

O meia João Moutinho reconheceu que seleções como Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha e França estão em melhores condições

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

São Paulo, SP, 14 - A seleção portuguesa realizou no fim da tarde desta quinta-feira (horário de Sochi) seu último treino antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia, o clássico desta sexta diante da Espanha, um dos jogos mais aguardados desta primeira fase. Apesar de ser o atual campeão europeu, o time português admite que não está entre os favoritos ao título - mas se coloca entre os possíveis candidatos.

O meia João Moutinho reconheceu que seleções como Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha e França estão em melhores condições de ficar com a taça. "É normal que os outros sejam considerados favoritos por tudo o que conquistaram e por toda a sua história. Nós somos campeões da Europa, mas isso não nos dá o direito de sermos favoritos. Somos candidatos", considerou o jogador do Mônaco.

Moutinho preferiu não se aprofundar sobre a polêmica envolvendo a demissão do técnico Julen Lopetegui, da Espanha, às vésperas da estreia na Copa do Mundo. Mas disse que o fato não deverá ter consequências no campo. "Penso que não trará problemas para eles, porque a Espanha estará preparada da mesma forma. Ela vem se preparando há algumas semanas e penso que essa mudança não irá influenciar", considerou.

Atual campeão europeu, Portugal evita se colocar entre os favoritos
Atual campeão europeu, Portugal evita se colocar entre os favoritos

Opinião semelhante teve o técnico da equipe portuguesa, Fernando Santos. "Sabemos que é um clássico, um clássico do futebol mundial. Duas equipes que têm como objetivo vencer o jogo e que sabem que não podem perder", disse. "A Espanha tem jogadores de qualidade e uma forma de jogo há anos consolidada. Eles jogam da mesma forma há pelo menos dez anos."

Santos também derramou elogios ao seu principal jogador, o craque Cristiano Ronaldo. "Um extraordinário capitão, todos vocês conhecem bem. É uma influência sempre decisiva, quer em jogo ou em treino", afirmou o técnico português. "Mas, como eu digo, mais importante do que ele ou do que eu, somos o nós."

O duelo entre Portugal e Espanha está marcado para as 15 horas (horário de Brasília) desta sexta-feira, na cidade russa de Sochi, pelo Grupo B. No outro jogo da chave, Marrocos e Irã vão se enfrentar no mesmo dia, às 12 horas (de Brasília).

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />