Conheça os 23 jogadores convocados por Tite para a Copa do Mundo

Seleção Brasileira vai tentar o hexacampeonato a partir de 17 de junho, quando a equipe vai enfrentar a Suíça, em Rostov

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Rio de Janeiro, RJ, 14 - O técnico Tite divulgou nesta segunda-feira a lista de convocados para a disputa da Copa do Mundo. Conheça um pouco mais dos 23 jogadores que foram escolhidos para tentar levar a Seleção Brasileira ao hexacampeonato a partir de 17 de junho, quando a equipe vai enfrentar a Suíça, em Rostov, na sua estreia no torneio na Rússia.

ALISSON (goleiro)
Jogador de confiança de Taffarel, o preparador de goleiros da seleção brasileira, Alisson chega à Copa com uma história que lembra a do tetracampeão mundial e tutor. Iniciou a carreira no Internacional, conquistando a titularidade em 2014 e se tornando uma das lideranças do elenco até a sua saída em 2016. Antes de ser negociado, venceu quatro vezes o Campeonato Gaúcho e foi peça importante do time semifinalista da Copa Libertadores de 2015.

Negociado com a Roma, demorou a conquistar seu espaço no clube italiano, sendo utilizado apenas em copas na sua primeira temporada europeia. Mas na 2017/2018 se tornou titular. Antes mesmo disso, porém, já era titular absoluto da seleção, tendo histórico na equipe desde as divisões de base - fracassou com o badalado time sub-17 no Mundial de 2009, mas venceu o Torneio de Toulon de 2013.

Na seleção principal, Alisson foi titular durante quase toda a campanha nas Eliminatórias Sul-Americanas, só não atuando no primeiro e último jogo do classificatório, além de ter participado da Copa América Centenário em 2016. Nem a mudança de técnico, com a troca de Dunga por Tite, alterou seu status de titular absoluto, muito pela admiração de Taffarel pelo seu estilo. Agora, então, disputará a sua primeira Copa do Mundo.

Nome completo: Alisson Ramses Becker

Data e local de nascimento: 2 de outubro de 1992, em Novo Hamburgo (RS)

Altura: 1,91m

Peso: 91kg

Clubes: Internacional (2013 a 2016) e Roma (desde 2016)

PONTOS FORTES
Exibe segurança sem precisar realizar ações espalhafatosas, além de demonstrar tranquilidade e reflexo embaixo das traves.

PONTOS FRACOS
Não costuma se antecipar às jogadas adversárias e já cometeu falhas em cruzamentos rasteiros.

EDERSON (goleiro)
Com passagem pelas divisões de base do São Paulo, Ederson construiu a sua carreira no futebol da Europa, para onde foi levado pelo Benfica ainda adolescente. Mas antes de conquistar seu espaço em um dos mais tradicionais times do Velho Continente, passou por dois modestos clubes portugueses, casos do Ribeirão e do Rio Ave, onde se destacou nos vice-campeonatos da Copa de Portugal e da Copa da Liga Portuguesa em 2014, ambas em finais contra o Benfica.

De volta exatamente ao Benfica em 2015 e inicialmente utilizado no time B, aproveitou no ano seguinte lesão do experiente Julio Cesar, o goleiro titular do Brasil nas edições de 2010 e 2014 da Copa do Mundo. Bicampeão português pelo Benfica e também campeão uma vez da copa nacional e da copa da liga nacional, deixou o time antes do início da temporada 2017/2018.

Na segunda maior transação por um goleiro no futebol mundial, foi adquirido pelo Manchester City por 40 milhões de euros e manteve a sua carreira ascendente ao ser campeão nacional e da Copa da Liga Inglesa. Pelas divisões de base da seleção, fez parte do grupo campeão do Torneio de Toulon em 2014. Ficou fora da Copa América Centenário e dos Jogos do Rio, ambos em 2016, por lesão e estreou pelo Brasil no último jogo das Eliminatórias, contra o Chile. Chega à Copa do Mundo como aposta tratada como segura para um futuro próximo.

Ederson Santana de Moraes

Data e local de nascimento: 17 de agosto de 1993, em Osasco (SP)

Altura: 1,88m

Peso: 89kg

Clubes: Ribeirão (2011 a 2012), Rio Ave (2012 a 2015), Benfica (2015 a 2017)e Manchester City (desde 2017)

PONTOS FORTES
O canhoto Ederson joga muito bem e com segurança quando tem a bola nos pés, contribuindo para a distribuição rápida do jogo e podendo funcionar como importante peça tática. Também é grande defensor de pênaltis, um dos frutos do seu apurado reflexo.

PONTOS FRACOS
Já cometeu falhas em chutes de longa distância. Além disso, possui pouca experiência em confrontos de maior peso no futebol internacional.

CÁSSIO (goleiro)
Se Cássio faz parte do grupo de convocados por Tite para a Copa do Mundo, a sua presença no torneio na Rússia se deve muito ao que ele fez seis anos antes. Até então pouco conhecido no cenário nacional, o goleiro se consagrou em 2012 ao ser titular e peça fundamental na conquista dos títulos da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes naquela temporada pelo Corinthians, então dirigido pelo hoje treinador da seleção brasileira.

Antes daqueles que foram alguns dos momentos mais marcantes da sua carreira, Cássio passava despercebido pelo radar mais desatento. Iniciou a carreira no Grêmio e logo se transferiu para o futebol holandês, onde defendeu o Sparta Rotterdam e o PSV Eindhoven sem muito brilho. A transferência para o Corinthians, no início de 2012, mudou seu status a partir do momento em que se transformou titular durante a vitoriosa campanha na Libertadores. Virou ídolo ao parar o então vascaíno Diego Souza nas quartas de final e elevou seu patamar ao brilhar na final do Mundial contra o Chelsea.

Desde então, ainda que com algumas oscilações, foi peça fundamental da atual era vitoriosa do Corinthians, vencendo três vezes o Campeonato Paulista e duas o Brasileirão - foi eleito o craque do torneio de 2015 -, além de uma Recopa Sul-Americana. Recebeu a sua primeira convocação para a seleção brasileira em 2007, com Dunga, no mesmo ano que defendeu a equipe sub-20 do País no Sul-Americano e no Mundial. Chega à sua primeira Copa do Mundo com a confiança de Tite pelo que fez sempre quando eles estiveram juntos.

PONTOS FORTES
Tem histórico de crescer em confrontos decisivos, além de ser um dos grandes pegadores de pênalti da atualidade. Também costuma fazer defesas difíceis em chutes de perto, o que comprova seu reflexo apurado e alto poder de concentração.

PONTOS FRACOS
Não se destaca pelo jogo com os pés, tendo dificuldades para fazer a saída da bola, além de já ter falhado em jogadas aéreas.

Nome completo: Cássio Ramos

Data e local de nascimento: 6 de junho de 1987, em Veranópolis (RS).

Altura: 1,95m

Peso: 92kg

Clubes: Grêmio (2005 a 2007), PSV Eindhoven (2007 a 2009 e 2010 a 2012), Sparta Rotterdam (2009) e Corinthians(desde 2012)

FAGNER (lateral)
Marcado pela precocidade no seu início de carreira, tanto que fez a sua estreia pelo Corinthians aos 17 anos e se transferiu ao futebol europeu aos 18, Fagner chega à sua primeira Copa do Mundo mais pelo esforço e insistência do que pela explosão de seu talento. Afinal, demorou algum tempo para fazer o seu melhor futebol aflorar, até se tornar um nome de confiança para Tite.

Fagner estreou pelo Corinthians em 2006, se transferiu no ano seguinte para o PSV, teve passagem apagada pelo Vitória, mas foi só com a chegada a outro alvinegro que se destacou. Em duas passagens pelo Vasco, dividida por um período no Wolfsburg, foi peça importante nas conquistas da Série B de 2009 e da Copa do Brasil de 2011.

Esse desempenho chamou a atenção do Corinthians, que contratou o jogador formado na sua base em 2014. Exibindo evolução ano a ano, venceu duas vezes o Paulistão e em outras duas o Brasileirão. Virou nome importante do time pela sua força no ataque, mas também pela evolução defensiva que apresentou. Com a chegada de Tite à seleção, passou a ser figura constante nas convocações e ganha espaço com a lesão de Daniel Alves.

PONTOS FORTES
Possui bom passe e cruzamento, chegando bem e com consciência ao ataque. Além disso, tem boa recomposição defensiva, sendo considerado bom marcador.

PONTOS FRACOS
Por sua baixa estatura, ajuda pouco no jogo aéreo. Já ficou marcado por entradas violentas. Também se envolve com frequência em bate-bocas com adversários.

Nome completo: Fagner Conserva Lemos

Data e local de nascimento: 11 de junho de 1989, em São Paulo (SP).

Altura: 1,68m

Peso: 67kg

Clubes: Corinthians (2006 a 2007 e depois desde 2014), PSV Eindhoven (2007 a 2008), Vitória (2007), Vasco (2009 a 2012 e em 2013) e Wolfsburg (2012 a 2014).

MARCELO (lateral)
Titular da posição em que Tite está mais bem servido, o lateral esquerdo Marcelo é apontado por muitos como o melhor lateral esquerdo do mundo na atualidade. O bom momento é baseado em seu desempenho no Real Madrid, finalista da Liga dos Campeões da Europa e clube o qual defende há mais de uma década.

Desde 2006, foi convocado para a seleção por todos os treinadores que comandaram o Brasil. Hoje, é homem de confiança de Tite. Já ostentou a braçadeira de capitão e tem experiência de Copa do Mundo - foi titular em 2014.

Seu estilo de jogo na seleção é um pouco diferente daquele apresentado no Real Madrid, muito em função da proposta tática das equipes. No Brasil, Marcelo é menos jogador de linha de fundo do que na equipe espanhola. Em comum aos dois times está o poder no apoio e a presença eventual para concluir a gol.

Nome completo: Marcelo Vieira da Silva Júnior

Data e local de nascimento: 12 de maio de 1988, no Rio de Janeiro (RJ)

Altura: 1,74m

Peso: 73kg

Clubes: Fluminense (2005 a 2016) e Real Madrid (desde 2007).

PONTOS FORTES
Presença ofensiva, rápido na troca de passes e perigoso nos chutes a gol

PONTOS FRACOS
É menos eficiente na defesa do que no ataque; chega à Copa desgastado pela temporada

DANILO (lateral)
Danilo chegou a ser considerado o lateral-direito com mais potencial Para suceder Daniel Alves na seleção brasileira. Depois de quase duas temporadas consistentes no Santos, destacou-se no Porto e vira e mexe era chamado para a seleção. Mas quando Felipão assumiu, em 2013, passou a ser esquecido.

Em 2015, porém, tudo mudou. Apesar de não conseguir se firmar no Real Madrid, tinha a confiança de Dunga, que decidiu levá-lo à Copa América do Chile. No entanto, uma contusão no penúltimo amistoso antes do início da competição o tirou do torneio. A ironia é que Daniel Alves, que havia ficado de fora para descansar, precisou ser chamado.

A contusão custou caro a Danilo, que perdeu espaço. Além disso, nas vezes em que foi chamado por Tite, pecou pela irregularidade. Mas sua grande fase no Manchester City de Pep Guardiola e a maturidade o levaram à sua primeira Copa do Mundo.

Danilo Luiz da Silva

Data e local de nascimento: 15 de julho de 1991, em Bicas (MG).

Altura: 1,84m

Peso: 83kg

Clubes: América-MG (2009 a 2010), Santos (2010 a 2011), Porto (2012 a 2015), Real Madrid (2015 a 2017) e Manchester City (desde 2017).

PONTOS FORTES
É um lateral que tem como atributo marcante a boa marcação, fora o apoio constante às ações ofensivas

PONTOS FRACOS
O acerto nos cruzamentos e a recuperação da bola são fundamentos nos quais o jogador tem dificuldade

FILIPE LUÍS (lateral)
Filipe Luís é presença frequente na seleção brasileira desde 2009. Mas na maior parte das convocações, foi reserva. Além disso, ficou de fora das competições mais importantes. Dunga não o levou para a Copa da África, em 2010. E depois de participar do grupo que conquistou a Copa das Confederações em 2013, foi preterido por Maxwell no Mundial de 2014.

Assim, esta será a primeira Copa do lateral-esquerdo. Aliás, ele correu grande risco de não disputá-la. Sofreu fratura na fíbula em fevereiro e ficou dois meses em recuperação. Como voltou bem no início de maio, acabou convencendo Tite a convocá-lo, em detrimento de Alex Sandro, outra ameaça real que o jogador do Atlético de Madrid enfrentou.

Filipe Luís será reserva de um dos titulares absolutos no time de Tite. Mas poderá ser importante em partidas nas quais a seleção precisar de maior empenho defensivo. Aos 32 anos, finalmente realiza seu sonho de ir a uma Copa.

Filipe Luís Kasmirski

Data e local de nascimento: 9 de agosto de 1985 em Jaraguá do Sul (SC).

Altura: 1,82m

Peso: 83kg

Clubes: Figueirense (2003 a 2004), Ajax (2004 a 2005), Real Madrid B (2005 a 2006) Deportivo La Coruña (2006 a 2010), Atlético de Madrid (2010 a 2014 e desde 2015) e Chelsea (2014 a 2015).

PONTOS FORTES
Tem grande disciplina tática para atender as ordens do treinador. Acostumado a enfrentar craques como Cristiano Ronaldo e Messi, tornou-ses um excelente marcador

PONTOS FRACOS
Sofre com a dificuldade para acertar cruzamentos. Por não ter uma característica ofensiva, vai pouco ao ataque

THIAGO SILVA (zagueiro)
Capitão da seleção na Copa de 2014, Thiago Silva caiu em desgraça junto à torcida logo após o fiasco naquele Mundial. A imagem do zagueiro chorando antes da disputa por pênaltis nas oitavas de final, diante do Chile, pegou mal. Tanto que, de início, foi renegado para o novo ciclo.

Aos poucos, porém, o defensor foi recuperando o respeito - que, justiça seja feita, nunca havia perdido entre os clubes. É apontado como um dos zagueiros mais habilidosos do mundo e encanta seus defensores pelo estilo, de cabeça erguida e boa saída de jogo.

Sob o comando de Tite, Thiago Silva começou sua trajetória como primeira opção na reserva dos zagueiros. Nos últimos jogos, contudo, passou a se revezar na titularidade. Tem como uma das vantagens o bom entrosamento com Marquinhos, com quem forma dupla no PSG.

PONTOS FORTES - Qualidade na saída de jogo, bom senso de posicionamento e eficiência nos desarmes

PONTOS FRACOS - Ficou marcado pela falta de força emocional na última Copa

Nome completo: Thiago Emiliano da Silva

Data e local de nascimento: 22 de setembro de 1984, no Rio de Janeiro (RJ)

Altura: 1,83m

Peso: 79 kg

Clubes: RS Futebol (2003), Juventude (2004), Porto (2005) Dínamo de Moscou (2005), Fluminense (2006 a 2008), Milan (2009 a 2012) e Paris Saint-Germain (desde 2012)

MARQUINHOS (zagueiro)
É o mais jovem dentre os zagueiros titulares - Tite tem revezado o trio Marquinhos, Thiago Silva e Miranda -, mas nem por isso deixa de ter senso de liderança. No rodízio de capitães proposto por Tite, Marquinhos também já ostentou a braçadeira. O mesmo aconteceu no Paris Saint-Germain.

Marquinhos tem o vigor físico como uma das armas, e é eficiente no jogo aéreo, apesar de ser "baixo" para um zagueiro. Estreou na seleção em 2013, mesmo ano em que se transferiu para o PSG. Hoje, é um dos zagueiros mais valiosos do mundo.

Desde que Tite assumiu a seleção, no segundo semestre de 2016, Marquinhos foi o zagueiro que mais começou as partidas como titular do Brasil. Ele iniciou 11 dos 12 jogos que disputou pelas Eliminatórias, e por isso é provável titular da Copa do Mundo.

PONTOS FORTES
Liderança, jogo aéreo, velocidade e vigor físico.

PONTOS FRACOS
Carece de experiência em Copa do Mundo

Nome completo: Marcos Aoás Corrêa

Data e local de nascimento: 14 de maio de 1994, em São Paulo (SP)

Altura: 1,83m

Peso: 79 kg

Clubes: Corinthians (2012)

Roma (2012 a 2013)

Paris Saint-Germain (desde 2013)

MIRANDA (zagueiro)
Após ficar de fora das Copas de 2010 e 2014, Miranda vai para seu primeiro Mundial consolidado na seleção brasileira - ele foi chamado pela primeira vez em 2007. Presença corriqueira nas listas de Tite, o defensor era nome certo para a Copa e tem grandes chances de ser titular na Rússia.

Um dos mais experientes do grupo de jogadores, Miranda vai brigar por uma vaga no time diretamente com Thiago Silva - os dois têm a mesma idade. A favor do jogador da Internazionale a sequência na seleção brasileira. Ele é um dos jogadores que mais defenderam o Brasil nos últimos quatro anos, atrás apenas de Willian.

O zagueiro da Internazionale considera que evoluiu muito nos últimos anos. Sua principal característica está no combate, principalmente utilizando a imposição física. Seu estilo de jogo encaixou bem no futebol italiano, onde está desde 2015.

PONTOS FORTES
Antecipação, desarme e disputa de bola. É calmo e seguro quando precisa sair para o jogo

PONTOS FRACOS
Pelo próprio estilo de jogo, é o mais faltoso da defesa e sofre com a falta de velocidade

Nome completo: João Miranda de Souza Filho

Data e Local de nascimento: 7 de setembro de 1984, em Paranavaí (PR)

Altura: 1,86m

Peso: 78kg

Clubes: Coritiba (2004 a 2005), Sochaux (2005 a 2006), São Paulo (2006 a 2011) Atlético de Madrid (2011 a 2015) e Internazionale (desde 2015)

PEDRO GEROMEL (zagueiro)
Último jogador da defesa a se garantir na Copa do Mundo, o gremista Geromel chega ao Mundial respaldado pelas duas últimas temporadas pela equipe gaúcha. Ídolo no Sul, onde é chamado "Geromito", ele foi eleito melhor zagueiro nas duas últimas edições do Campeonato Brasileiro.

O defensor chega ao seu primeiro Mundial aos 32 anos, e uma das razões talvez esteja na demora para despontar. Após surgir na base do Palmeiras, Geromel passou a maior parte da carreira em equipes de segundo escalão de Portugal, Alemanha e Espanha. Chegou ao clube gaúcho no início de 2014, e então se firmou.

Geromel é conhecido pela qualidade na saída de jogo e pela recuperação com poucas faltas. O zagueiro também pode ser uma arma no ataque, seja no jogo aéreo ou mesmo em arrancadas a partir da defesa.

PONTOS FORTES
Posicionamento, boa saída de jogo e desarme.

PONTOS FRACOS
Gosta de ir ao ataque, o que acaba desguarnecendo a defesa

Nome completo: Pedro Tonon Geromel

Data e local de nascimento: 21 de setembro de 1985, em São Paulo (SP).

Altura: 1,90m

Peso: 84kg

Clubes: Chaves (2005), Vitória de Guimarães (2005 a 2014), Colônia (2008 a 2016), Mallorca (2012 a 2013) e Grêmio (desde 2014).

CASEMIRO (volante)
Casemiro foi um talento precoce que levou um tempo para se firmar. Apesar dos títulos na base do São Paulo e da seleção brasileira, a carreira do volante se transformou a partir da temporada 2015/16. Já aos 23 anos e depois de ser emprestado do Real Madrid ao Porto para pegar experiência, o futebol dele se transformou.

Naquela temporada o francês Zinedine Zidane foi promovido a técnico do Real Madrid. O comandante novato resolveu apostar no brasileiro para resolver a marcação no meio-campo e não se arrependeu. Com Casemiro como titular, ganhou a Liga dos Campeões e viu o volante evoluir.

O jogador se transformou nos últimos em referência internacional na sua posição, pelo senso de posicionamento e poder na marcação. Casemiro virou um pilar para o Real Madrid graças à confiança e as instruções de Zidane e, por consequência, virou titular absoluto da seleção brasileira.

Nome completo: Carlos Henrique Casimiro

Data e local de nascimento: 23 de fevereiro de 1992,em São José dos Campos (SP)

Altura: 1,85m

Peso: 84kg

Clubes: São Paulo (2010 a 2013), Real Madrid B (2013), Porto (2014 a 2015) e Real Madrid (Desde 2015)

PONTOS FORTES
Tem eficiência nos desarmes, bom jogo aéreo, excelente posicionamento, qualidade na saída de bola e experiência no esquema tático usado por Tite

PONTOS FRACOS
Além do desgaste pelo excesso de jogos na temporada, não tem muita velocidade e costuma arriscar demais nos passes

FERNANDINHO (volante)
A última lembrança de Fernandinho em uma Copa do Mundo não é boa. O jogador recebe a bola de costas para a marcação, é desarmado pelos alemães e logo em seguida, saía o quarto dos sete gols sofridos pelo Brasil na semifinal de 2014, no Mineirão. No entanto, o trabalho duro e a confiança de Tite resgataram o volante para colocá-lo de volta na disputa de um Mundial.

Fernandinho demonstrou bastante personalidade nos últimos anos, principalmente em 2015, quando deixou a Ucrânia após oito anos no Shakhtar Donetsk e reforçou o Manchester City. Na Inglaterra ele não sentiu a mudança para uma liga mais competitiva e continuou a frequentar as convocações da seleção.

Tite gosta do futebol do jogador pela capacidade de marcar e ajudar também o ataque. Fernandinho irá para a Rússia mais calejado e experiente para em sua segunda Copa do Mundo, fazer um grande papel.

Nome completo: Fernando Luiz Roza

Data e local de nascimento: 4 de maio de 1985,em Londrina (PR)

Altura: 1,77m

Peso: 67kg

Clubes: Atlético-PR (2001 a 2005), Shakhtar Donetsk (2005 a 2013) e Manchester City (desde 2015)

PONTOS FORTES
É experiente e tem a versatilidade de quem começou a carreira como armador. Tem bons desarmes e qualidade para armar o jogo

PONTOS FRACOS - Comete muitas faltas, tem dificuldades com a lentidão e pode apresentar desgaste muscular pela longa temporada na Inglaterra

FRED (meia)
A carreira de Fred na seleção brasileira chegou a ficar ameaçada quando mais teve chance de se destacar pela equipe. Um doping na Copa América de 2015 e o veto do seu clube, o Shakhtar Donetsk, para que disputasse os Jogos do Rio, chegaram a deixar o jogador inseguro sobre se conseguiria realizar o sonho de disputar uma Copa.

Fred, porém, superou tudo isso. O caso doping justamente quando disputaria pela primeira vez uma competição com a seleção lhe rendeu uma suspensão de quase um ano. Em 2016, o jogador conseguiu se recuperar e pleiteava vaga na Olimpíada, até não ser liberado. AInda assim, houve uma surpresa naquele ano: a convocação de Tite para participar das Eliminatórias.

O meia manteve o bom nível do seu futebol e conseguiu ignorar esses obstáculos. Tite reconheceu a determinação de Fred em buscar vaga na seleção e a concretização de uma grande volta por cima com a chance de disputar a Copa.

Nome completo: Frederico Rodrigues de Paula Santos

Data e local de nascimento: 5 de março de 1993, em Belo Horizonte (MG)

Altura: 1,69m

Peso: 62kg

Clubes: Internacional (2011 a 2013) e Shakhtar Donetsk (desde 2013)

PONTOS FORTES
Veloz e com bom preparo físico, consegue dar dinâmica ao time pela movimentação e participação tanto na defesa como na chegada ao ataque como elemento surpresa.

PONTOS FRACOS
Pequeno e frágil de porte físico, tem pouca experiência de partidas pelas seleção brasileira.

RENATO AUGUSTO (meia)
Talvez se não fosse o técnico Tite, Renato Augusto não teria vivido os melhores momentos da carreira. O meia de 30 anos retomou a carreira graças ao trabalho no Corinthians junto com o treinador, de quem recebeu confiança e cuidados para deixar de ser uma recorrente vítima de lesões para se tornar um campeão olímpico e jogador de Copa do Mundo.

A relação entre Tite e Renato Augusto começou em 2013. O então reforço do Corinthians veio do Bayer Leverkusen cercado de dúvidas, principalmente pelo longo histórico de lesões. Isso de fato se confirmou na primeira temporada. Mas o treinador fez questão de que o meia recebesse uma atenção especial, com um estudo detalhado dos problemas e um trabalho focado em fortalecimento muscular. Depois disso, desde 2014, a carreira dele se transformou.

Renato Augusto se destacou no título brasileiro do Corinthians, em 2015, foi convocado para a seleção brasileira, ganhou o ouro olímpico e não perdeu espaço mesmo quando se transferiu para a China, onde cumpre uma rígida rotina de treinos extras para não perder ritmo. Titular de Tite nas Eliminatórias, o meia perdeu espaço nos últimos amistosos, mas pela confiança do técnico e pela dedicação demonstrada na carreira, certamente será peça importante durante o Mundial na Rússia.

Nome completo: Renato Soares de Oliveira Augusto

Data e local de nascimento: em 8 de fevereiro de 1988, no Rio de Janeiro (RJ).

Altura: 1,86m

Peso: 86kg

Clubes: Flamengo (2005 a 2008), Bayer Leverkusen (2008 a 2012), Corinthians (2013 a 2015) e Beijing Guoan (Desde 2016)

PONTOS FORTES
Conhece Tite dos tempos de Corinthians. Tem bom passe, ótima visão de jogo, experiência e qualidade nos chutes de fora da área

PONTOS FRACOS
Lento, perdeu espaço com Tite nos últimos amistosos e foi até reserva. Por jogar uma liga pouco competitiva e com calendário diferente, pode não aguentar o ritmo forte da Copa?

PAULINHO (meia)
A primeira convocação anunciada pelo técnico Tite para sua estreia pela seleção brasileira, em agosto de 2016, tinha uma grande surpresa: Paulinho. Dois anos depois, porém, aquele nome que tanto chamou a atenção na hora do anúncio é talvez um dos mais óbvios das listas. Atualmente não dá para imaginar o Brasil e o Barcelona sem a presença do jogador, que conquistou esse espaço pela capacidade em sair da defesa para aparecer como elemento surpreso no ataque.

Quem mais contribuiu para a reviravolta na carreira de Paulinho foi Tite. Os dois trabalharam juntos no Corinthians e, por isso, o treinador quis o meia na hora de montar a seleção brasileira, sem se importar se os anos anteriores dele haviam sido incertos. Após não se adaptar ao Tottenham, ele migrou para o futebol chinês, uma liga menos competitiva, mas que lhe serviu como atalho para retomar uma carreira que parecia estar em decadência.

Titular na Copa de 2014, Paulinho voltou à seleção com Tite e demonstrou atuações de alto nível. Tanto é que o Barcelona percebeu as boas atuações dele pelas Eliminatórias e gastou na sua contratação cerca de R$ 150 milhões. O meia agora é uma estrela do futebol mundial, porém sabe que a trajetória ascendente precisa de um título mundial na Rússia para ir mais alto.

Nome completo: José Paulo Bezerra Maciel Junior

Data e local de nascimento: em 25 de julho de 1988, em São Paulo (SP)

Altura: 1,81m

Peso: 81kg

Clubes: FC Vilnius (Lituânia) (2006 a 2007), LKS Lodz (Polônia) (2007 a 2008), Pão de Açúcar (2008 a 2009) , Bragantino (2009 a 2010), Corinthians (2010 a 2013), Tottenham (2013 a 2015), Guangzhou Evergrande (2015 a 2017) e Barcelona (desde 2017)

PONTOS FORTES
Respaldado pelo treinador, chega com qualidade para ajudar o ataque graças à grande capacidade de se desmarcar. Também ajuda bem a fechar os espaços defensivos

PONTOS FRACOS
Sem férias há quase dois anos, pode não render o melhor. Os avanços dele ao ataque costumam deixar espaços para os adversários explorarem

DOUGLAS COSTA (meia-atacante)
A seleção brasileira terá um reserva de luxo na Copa do Mundo. O atacante Douglas Costa certamente seria titular em várias das seleções, porém, devido à grande concorrência o elenco de Tite, ficará como opção para quando for acionado, mostrar o futebol que lhe fez ganhar espaço na Europa, com dribles, velocidade e boas jogadas pelos lados do campo.

Douglas deixou o Brasil cedo, pouco antes de completar 19 anos. Revelado pelo Grêmio, foi para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, onde ficaria por cinco anos. O atacante mostrou bom futebol no clube, foi pentacampeão no país e passou a ser disputado pelos gigantes europeus. O Bayern Munique o contratou. No time alemão a expectativa pelo desempenho dele não se confirmou, ele perdeu espaço e acabou emprestado. A ida para a Juventus, da Itália, no entanto, foi a prova de que o prestígio dele continuava em alta. No clube de Turim, virou titular e ganhou destaque.

Com a lesão de Neymar, o atacante pode atuar como titular nos últimos amistosos, em março. Foram boas atuações e a prova de que Douglas Costa se mantém motivado mesmo com uma batalha ingrata por posição com o melhor jogador da seleção brasileira. Apesar disso, ele não se incomoda e sabe que assim como foi no empréstimo, talvez aguardar a oportunidade vir na hora certa pode ser a melhor opção.

Nome completo: Douglas Costa de Souza

Nascido em 14 de setembro de 1990, em Sapucaia do Sul (RS)

Altura: 1,72m

Peso: 63 kg

Clubes: Grêmio (2008 a 2010), Shakhtar Donetsk -(2010 a 2015), Bayern de Munique (2015 a 2017) e Juventus (desde 2017)

PONTOS FORTES
Veloz e forte fisicamente, consegue com facilidade driblar os defensores para chegar com qualidade à área adversária para finalizar a gol, além de ajudar na marcação

PONTOS FRACOS
Teve momentos irregulares na carreira e problemas disciplinares em algumas ocasiões. Não correspondeu com boas atuações em alguns momentos decisivos

PHILIPPE COUTINHO (meia)
Philippe Coutinho chega à sua primeira Copa do Mundo maduro e confiante. Vai completar 26 anos no próximo dia 12 de junho, e mantém-se em grande fase há pelo menos três temporadas. Nesse período, firmou-se inicialmente no Liverpool, que trocou há menos de um ano pelo Barcelona negociado por 130 milhões de euros, onde vem tendo boa adaptação, e conquistou seu espaço na seleção.

Sua ascensão na equipe brasileira teve início justamente com a chegada de Tite, no segundo semestre de 2016. Em pouco tempo tornou-se titular. Agrada ao treinador por ser versátil. Pode atuar pelos lados e também mais centralizado. Também pode dar ritmo ao time, pois entende rapidamente o que está ocorrendo em campo.

Coutinho chegou ainda criança ao Vasco, inicialmente para o futsal. Logo foi considerado um prodígio e com 16 anos, antes de se profissionalizar, foi negociado com a Inter de Milão. Menor de idade, ficou em São Januário e chegou ao time de cima. Só para a Itália em junho de 2010. Tímido, não se firmou, chegou a ser emprestado por seis meses ao Espanyol, voltou à Inter, mas em 2013 foi negociado com o Liverpool. Na Inglaterra, após a dificuldade inicial de adaptação, transformou-se em ídolo do time até realizar, em janeiro, o sonho de infância de vestir a camisa do Barça.

Seleção brasileira Philippe Coutinho frequenta desde o sub-14. Em 2010, com Mano Menezes foi convocado pela primeira vez pela seleção principal. Depois disso, foi chamado várias vezes, mas só deslanchou com Dunga.

Nome completo: Philippe Coutinho Correia

Data e local de nascimento: 12 de junho de 1992, no Rio de Janeiro (RJ).

Altura: 1,72m

Peso: 68kg

Clubes: Vasco (2009 a 2010), Internazionale (2010 a 2013), Espanyol (2012), Liverpool (2013 a 2018) e Barcelona (desde 2018)

PONTOS FORTES
Dono de bom passe, tem velocidade, talento para driblar e faz lançamentos precisos. Também cobra bem faltas e faz bom chutes de meia distância

PONTOS FRACOS
Frágil fisicamente pela pouca estatura, tem deficiência na marcação

WILLIAN (meia)
Willian fez sua carreira no exterior. Mas, antes de ir parar no Shakhtar Donetsk da distante Ucrânia, ficou quase dez anos no Corinthians, onde passou por todas as divisões da categoria de base até chegar ao time de cima, em 2006. Mas apesar da habilidade, de se mostrar um jogador versátil e moderno, pouco foi utilizado até sair.

No futebol ucraniano, Willian ficou "sumido'', pelo menos em relação ao futebol brasileiro. Mas desenvolveu seu jogo. Melhorou o passe, a agilidade, tornou-se mais intenso dentro de campo, um meia bastante ofensivo.

Em 2013, depois de rápida passagem pelo futebol russo, chegou ao Chelsea, passou a ser mais bem observado e não demorou para que Luiz Felipe Scolari o levasse para a seleção. Desde 2014, ano em que disputou sua primeira Copa do Mundo, Willian é presença assídua na equipe brasileira, seja qual for o treinador. Não é titular absoluto, mas Tite o considera fundamental por sua versatilidade. É uma espécie de 12º jogador do time.

Nome completo: Willian Borges da Silva

Data e local de nascimento: 9 de agosto de 1998, em Ribeirão Preto (SP)

Altura: 1,75m

Peso: 70kg

Clubes: Corinthians (2006 a 2007), Shakhtar Donetsk (2007 a 2013), Anzhi Makhachkala (2013) e Chelsea (desde 2013).

PONTOS FORTES
É um jogador experiente, com bagagem no futebol europeu, além de pela habilidade e boa movimentação, conseguir dar intensidade ao jogo

PONTOS FRACOS
Jogador tem como debilidade técnica o cabeceio. Também vem de longa temporada pelo Chelsea

GABRIEL JESUS (atacante)
Gabriel Jesus sempre foi precoce. E desde que jogava na várzea impressionava pela capacidade de fazer gols, consequência da habilidade, boa colocação e espantosa frieza, para um garoto, diante dos goleiros. Isso o levou ao Palmeiras com 15 anos, depois de fazer um gol atrás do outro em um torneio que disputou no Anhanguera, clube amador.

Na base do Palmeiras, Gabriel Jesus foi sendo lapidado e continuou balançando as redes. Assim, em 2015, um pouco antes de completar 18 anos, estreou no time principal. Quando fez a primeira partida no profissional, já era ídolo da torcida. Teve uma passagem relativamente rápida, menos de dois anos até ser negociado com o Manchester City a pedido de Pep Guardiola, mas marcante.

Na Inglaterra, onde está desde janeiro do ano passado, é um dos principais jogadores do City, apesar de duas sérias contusões que o afastaram do time por meses.

Com a camisa da seleção, Gabriel Jesus fez parte do time que conquistou o inédito ouro olímpico nos Jogos do Rio/2016 e logo em seguida estreou na equipe principal, num jogo com o Equador, em Quito. Fez dois gols na vitória por 3 a 0 e, desde então, só não é titular quando não pode ser convocado.

Nome completo: Gabriel Fernando de Jesus

Data e local de nascimento: 3 de abril de 1997, em São Paulo (SP)

Altura: 1,75m

Peso: 73kg

Clubes: Palmeiras (2015 a 2016) e Manchester City (desde 2017)

PONTOS FORTES
Tem excelente senso de colocação, além de explosão muscular para se movimentar e finalizar com qualidade

PONTOS FRACOS
Pela estatura, tem dificuldades no cabeceio. Volta pouco para ajudar a marcar

ROBERTO FIRMINO (atacante)
O centroavante Roberto Firmino é outro dos jogadores da seleção que teve passagem meteórica pelo futebol brasileiro. Nas categorias de base, o alagoano de Maceió jogou no CRB, mas em 2009 foi levado ao Figueirense. Em Santa Catarina, se profissionalizou e no ano seguinte migrou para a Alemanha, para jogar no pequeno Hoffenheim.

No futebol alemão, Firmino aprimorou sua presença de área, o cabeceio e a força física. Seu futebol evoluiu e ajudou o Hoffenheim a crescer. Atualmente, é participante assíduo da Bundesliga. Mas em 2015, o brasileiro transferiu-se para o Liverpool inglês.

Seus gols chamaram a atenção de Dunga, o primeiro a lhe dar uma chance na seleção brasileira em 2014, apesar das críticas. Esteve nas duas últimas edições da Copa América e quando Tite assumiu continuou a chamá-lo, por sua presença de área.

Roberto Firmino ainda não fez uma atuação marcante pela seleção. Mas vive no Liverpool a melhor fase da carreira. É titular absoluto, faz gol em quase todos os jogos e recentemente teve o contrato renovado até 2023.

Nome completo: Roberto Firmino Barbosa de Oliveira

Data e local de nascimento: 2 de outubro de 1991, em Maceió (AL)

Altura: 1,81m

Peso: 70kg

Clubes: CRB (2007 a 2008), Figueirense (2008 a 2010), Hoffenheim (2011 a 2015) e Liverpool (desde 2015).

PONTOS FORTES
Boa presença de área, forte finalização e grande capacidade para infiltrar na defesa adversária

PONTOS FRACOS
Dificuldade em jogar pelos lados, ajuda pouco na marcação e lentidão

TAISON (atacante)
O fator decisivo para Taison entrar na lista dos 23 jogadores que representarão o Brasil na Copa do Mundo da Rússia foi o conhecimento. Explica-se: o técnico Tite o conhece desde 2008, quando o treinador no Internacional. Foi treinador que lhe deu as primeiras chances reais no time principal e jamais negou confiar bastante no atacante.

Taison joga mais pelo lado esquerdo do ataque, mas também pode atuar centralizado. Sua carreira, porém, é marcada pela irregularidade. Alterna momentos de alto nível e muitos gols, com períodos prolongados de "seca".

Revelado pelo Colorado, Taison está desde 2010 no futebol ucraniano. Jogou dois anos e meio no Metalist e desde o início 2013 está no Shakhtar. Só chegou à seleção em 2016, quando Tite assumiu.

Nome completo: Taison Barcellos Freida

Data e local de nascimento: 17 de janeiro de 1988, em Pelotas (RS)

Altura: 1,72m

Peso: 64kg

Clubes: Internacional (2007 a 2010), Metalist (2010 a 2012) e Shakhtar Donetsk (desde 2013)

PONTOS FORTES
Bom chute de perna direita, velocidade para driblar, longa convivência com Tite e qualidade no passe

PONTOS FRACOS
Irregularidade nas atuações, pouca força física e cabeceio ruim

NEYMAR (atacante)
Neymar chega à Copa da Rússia na condição de principal jogador da seleção brasileira, como ocorreu na disputa anterior, em 2014. A diferença é que agora faz parte de um time bem estruturado, que não depende unicamente dele para tentar chegar a algum lugar.

O craque também está melhor. Ganhou experiência, aprimorou ainda mais sua incrível habilidade e a técnica. Desenvolveu também o espírito de liderança - embora no seu clube, o PSG, em alguns momentos envolva-se em atritos desnecessários - e sente-se à vontade com a liberdade que tem em campo, embora taticamente tenha a incumbência de ocupar a faixa mais à esquerda do campo de ataque.

Em recuperação da fratura no quinto metatarso do pé direito, Neymar tem se dedicado no trabalho físico e de fisioterapia e todos os prognósticos médicos dão conta de que chegará em boas condições na Copa. Após a decisão coletiva e pessoal - por conta da grave contusão sofrida na partida de quartas de final contra a Colômbia - de quatro anos atrás, se diz pronto para de fato comandar a seleção dentro de campo.

Nome completo: Neymar da Silva Santos Junior

Data e local de nascimento: 5 de fevereiro de 1992, em Mogi das Cruzes (SP).

Altura: 1,75m

Peso: 68 quilos

Clubes: Santos (2009 a 2013), Barcelona (2013 a 2017) e Paris Saint-Germain (desde 2017)

PONTOS FORTES
Possui grande habilidade e técnica. Tem ótimos arranque, drible, chute e visão de jogo, além da qualidade em cobranças de falta

PONTOS FRACOS
Sofre com problemas comportamentais, como a irritabilidade em campo e o individualismo exagerado. Cabeceio é uma das fraquezas

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento