França 0 x 2 México - Primeira vitória contra os franceses!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) – França e México fecharam nesta quinta-feira, no Estádio Peter Mokaba, na cidade de Polokwane, na África do Sul, a segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo. A seleção mexicana venceu por 2 a 0, quebrando um tabu de nunca ter vencido a equipe francesa na história da Copa. O México dá grande passo para a classificação, já a França tem situação complicada.

Nas únicas três partidas antes dessa, o México havia perdido duas e empatado uma. Com esse resultado os mexicanos quebraram não só o tabu na história da Copa, como também, nos confrontos direitos, que eram seis, com cinco vitórias francesas e um empate.

Veja também:
Grécia 2 x 1 Nigéria - Primeiro gol, primeira vitória, histórico!

Começo morno
As duas seleções precisando da vitória, entraram no esquema ousado de 4-3-3, com o técnico da França entrando com o atacante Malouda no lugar do meia Gourguff. Mas quem teve as primeiras oportunidades foi o México.

O atacante Carlo Vela, aos oito minutos, recebeu bom passe pelo lado esquerdo, deu um lindo corte para a entrada da área e bateu. A bola saiu forte, mas saiu por cima do gol do goleiro da França Lloris.

Depois de belo lançamento, aos 11 minutos, o atacante mexicano, Guillermo Franco recebeu a bola sozinho, deixou o zagueiro Abidal no chão, e da entrada da grande área bateu. A bola foi no centro do gol, ficando fácil para o goleiro fazer a defesa.

Após duas chances dos mexicanos, a França perdeu sua primeira oportunidade, aos 13 minutos com o meia Ribéry. Depois de jogada ensaiada de falta, a bola sobrou para o jogador, que bateu cruzado, levando muito perigo para o goleiro Óscar Pérez.

O jogo caiu de rendimento depois desses lances, com as duas seleções errando muitos passes. A última chance de gol no primeiro tempo, aconteceu só, aos 41 minutos, após o atacante mexicano Giovani do Santos dominar na entrada da área sozinho e bater. A bola passou raspando a trave esquerda do goleiro francês.

Pegou fogoDois minutos mais tarde, o atacante Giovani dos Santos, pegou no meio de campo e foi levando, chegando na entrada da área ele bateu forte. A bola passou raspando o travessão do goleiro francês.

O atacante Govou da França, aos 15 minutos, dominou a bola fora da área, e deu um lindo drible no volante Rafa Marquez, e bateu firme. A bola tocou na trave e saiu para a linha de fundo.

O gol!
Mesmo a França jogando melhor no segundo tempo, quem chegou ao primeiro gol foi o México, aos 18 minutos, com o atacante Hernandez. O jogador recebeu lançamento em posição duvidosa, fintou o goleiro Lloris, e só tocou para o gol vazio.

Logo após o gol, o meia francês Ribéry, pegou a bola no meio de campo, e lançou o atacante Malouda, que dominou fintando e bateu, mas a bola saiu perto da trave direita do goleiro Óscar Pérez.

Só alegria
A seleção mexicana matou o jogo. Aos 33 minutos, o atacante Barrera avançou pela direita, cortou o zagueiro Abidal e caiu. O juiz marcou pênalti para protesto dos franceses.

Na cobrança, o atacante Blanco tomou distância e cobrou o pênalti no canto de Lloris, que se esticou todo mas nao alcançou a bola, para a tristeza da trocida francesa.

Depois dos dois gols, os jogadores do México só administraram, aos gritos de "Olé", na partida. Com esse placar, os mexicanos dão um belo passo para a classificação, já os franceses vão depender do saldo de gol na última rodada.


A segunda etapa começou, com as duas seleções partindo para cima, e logo nos primeiros 15 minutos, três gols perdidos. A primeira chance foi da seleção da França, aos oito minutos, com o atacante Malouda. O jogador dominou na entrada da área e bateu, o goleiro mexicano fez grande defesa, espalmando para fora.


Próximos jogos
A França fecha sua participação na primeira fase, na próxima terça-feira, às 11 horas, contra a seleção anfitriã, a África do Sul. Já o México, vai jogar contra o Uruguai, no mesmo dia e no mesmo horário.

Ficha Técnica

França 0 x 2 México

Local: Estádio Peter Mokaba, em Polokwane, na África do SUl
Árbitro: Khalil AL Ghamdi-KSA
Cartões amarelos: Efraín Juárez, Guillermo Franco e Moreno (México) Abidal e Toulalan (França)
Gols: Jávier Hernandez, aos 18’/2T, e Blanco (pênalti), aos 33'/2T (México)

França
Lloris; Sagna, Abidal, Gallas e Evra; Toulalan, Diaby e Ribéry; Govou (Valbuena), Malouda e Anelka (Gignac).
Técnico: Raymond Domenech

México
Óscar Pérez; Ricardo Osório, Rodriguez, Moreno e Carlos Salcido, Rafa Márquez, Efraín Juárez (Jávier Hernandez) e Torrado; Giovani dos Santos, Carlos Vela (Pablo Barrera) e Guillermo Franco (Blanco).
Técnico: Javier Aguirre