da Copa do Mundo, a Argentina tenta provar que a promessa de bom futebol não ficará apenas no discurso. " />

Argentina x Nigéria - Hora de testar o melhor ataque da Copa!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Chegou a hora da verdade. Considerada uma das principais favoritas ao título da Copa do Mundo, a Argentina tenta provar que a promessa de bom futebol não ficará apenas no discurso. Contando com um ataque de fazer inveja a qualquer um, os "hermanos" estreiam no Mundial da África do Sul contra a Nigéria, neste sábado, às 11 horas - de Brasília -, Estádio Ellis Park, em Joanesburgo, pelo Grupo B.O time comandado por Maradona, apesar de todo otimismo, entra em campo pressionado por um longo jejum.

Confira ainda:
É treta! Artilheiro do Brasil cutuca imprensa argentina

Não ganha um título de expressão com a equipe principal há 17 anos. O último foi a Copa América de 1993. Quando se trata de Copa do Mundo os números são ainda mais alarmantes. São 24 anos desde a última conquista em 1986.Do outro lado, estará uma Nigéria não tão brilhante como a da década de 90. Embora esteja um pouco

carente de craques, as "Super Águias" esbanjam otimismo. Afinal, a chave conta com times praticamente do mesmo nível, com exceção dos argentinos. Os outros integrantes são Grécia e Coréia do Sul.

O fato curioso é que gregos, argentinos e nigerianos já caíram no mesmo grupo na Copa de 1994. A única diferença era a presença da Bulgária no lugar da Coreia. Naquele ano, os sul-americanos venceram os africanos, por 2 a 1, mas acabaram na terceira posição. A Nigéria foi a líder.Retorno ofensivo
Maradona volta a uma Copa depois de ser pego no antidoping, na mesma Copa de 94. Logo na estreia, após

a goleada sobre a Grécia, por 4 a 0, o jogador foi sorteado para fazer o exame, que apontou o uso de cocaína. Depois disso, ele nunca mais atuaria em um Mundial.

Agora como treinador, "El Diez" tenta passar uma borracha no passado. E nada melhor do que vencer para começar com o pé-direito. Maradona tentou esconder a escalação, mas não deve promover novidades. O ataque deve ser formado por Messi, Higuaín e Tévez.Ele ainda se dará ao luxo de deixar o “genrão” Agüero e Diego Milito, no banco. O esquema ofensivo pode deixar a defesa ainda mais vulnerável. No meio, o único pegador é Mascherano, que atuará ao lado de Verón e Di María. Além disso, o meia Jonas Gutierrez atuará improvisado na direita ao lado de Demichelis, Samuel e Heinze. Diga-se de passagem, todos limitados.


Siga o Futebol Interior também pelo Twitter!


Nada de retranca
Os dois jogadores de maior destaque no atual futebol nigeriano devem apenas esquentar o banco. Os atacante Obafemi Martins e Kanu, apesar de toda a história, têm poucas chances de começarem como titulares.

A Nigéria parece não temer a Argentina. Embora do outro lado esteja uma equipe altamente qualificada do meio para frente, os africanos prometem atacar também. Tanto que o sueco Lars Lagerbäck deve mandar sua equipe também no 4-3-3, com Obinna, Yakubu e Odemwingie no ataque.

Ficha Técnica

Argentina x Nigéria

Local: Estádio Ellis Park, em Joanesburgo
Data: 11/06/2010 (sábado)
Horário: 11h
Árbitro Wolfgang STARK (ALE)

Argentina
Andujar; Gutíerrez, Demichelis, Samuel e Heinze; Mascherano, Verón e Di María; Tévez, Higuaín e Messi.
Técnico: Maradona

Nigéria
Enyeama; Haruna, Shittu, Yobo e Taiwo; Etuhu, Sani Kaita e Obasi; Obinna, Yakubu e Odemwingie.
Técnico: Lars Lagerbäck.