Os alemães caíram diante do esquema defensivo do técnico Radomir Antic e a Sérvia deu um passo importante na luta por uma das vagas que da acesso às oitavas-de-final. " />

Alemanha 0 x 1 Sérvia - Favoritos experimentam amarga derrota

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - No terceiro clássico europeu, da 2.ª rodada do Mundial da África do Sul, o azarão saiu na frente mais uma fez. Depois de golear a Austrália por 4 a 0, a Alemanha sentiu o “gostinho” amargo da derrota ao perder para a seleção da Sérvia, por 1 a 0, na manhã desta sexta-feira, no estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth.

Leia mais:
Soltou o verbo! Deputado critica Morumbi fora da Copa de 2014

Favoritos para o confronto, os alemães não conseguiram superar o forte sistema defensivo do técnico Radomir Antic e deixou o Grupo D ainda mais disputado. Em um jogo de muitas faltas, e um show de cartões do arbitro Umberto Unidiano, da Espanha - ao todo oito amarelos e um vermelho-, a Sérvia se saiu bem e conseguiu somar os primeiros três pontos no torneio.

O jogo
A Alemanha, muito bem postada dentro de campo, iniciou exercendo um domínio sobre a partida. A Sérvia, não se segurou em seu campo defensivo e buscou explorar os contra-ataques, porém sem levar muito perigo ao goleiro alemão Neuer.

A primeira oportunidade de abrir o placar foi da Alemanha. Aos 10 minutos, Lukas Podolski arriscou de fora da área e a Jabulani passou com perigo sobre a meta de Stojkovic.

Ofensivos!
Em seu primeiro ataque, a Sérvia mostrou seu poder de fogo, mas se esbarrou na falta de precisão na finalização. Aos 11 minutos, Krasic fez jogada individual pela esquerda e cruzou na área alemã. Livre, Ninkovic tentou de voleio, de primeira, mas mandou longe do gol de Neuer

Os sérvios seguiram em busca de seu primeiro gol. Em outra oportunidade, aos 18 minutos, Ninkovic fez jogada individual pelo meio e tentou encontrar Zigic nas costas da defesa, que cortou o passe.

Tranqüilidade
Depois dos primeiros 20 minutos de jogo, as duas seleções preferiram a troca de passes no meio de campo e não progrediam ao setor ofensivo. Com um jogo cadenciado e sem muita criatividade, os torcedores presentes no Mandela Bay pouco tocavam suas Vuvuzelas.

Em uma partida morna, quem arriscou foi a Alemanha, mas não obteve sucesso. Em jogada pela linha de fundo, aos 27 minutos, Müller recebeu na direita, seguiu à linha de fundo e cruzou, porém, a bola saiu forte e não encontrou o camisa 11 Klose.

Os alemães tiveram dificuldade para superar a forte marcação dos adversários no setor de meio-campo. Aos 28 minutos, Müller arriscou em uma jogada individual pelo meio e, na tentativa de encontrar Ozil na direita, a bola se desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.

Forte marcação
O técnico Radomir Antic, em seu esquema defensivo 4-5-1, conseguiu bloquear o poder de fogo dos alemães, que não conseguiam sair para o jogo e criar jogadas no setor de ataque.

Aos 37 minutos, o atacante Klose fez uma falta por trás, no circulo central, e o juiz Umberto Undiano, da Espanha, puniu o jogador com o segundo amarelo e o camisa 11 foi expulso de campo.

O Gol
A equipe alemã sentiu a perda de seu artilheiro, logo aos 38 minutos, deu espaço para Krasic que avançou pela linha de fundo e alçou na área para o gigante Zigic, que ajeitou para Milan Jovanovic, que, sozinho, marcou o primeiro gol sérvio na Copa do Mundo da África do Sul.

O gol movimentou a partida, a Alemanha, que pouco criou durante o primeiro tempo, saiu em busca do empate e desperdiçou a melhor oportunidade. Aos 45 minutos, Muller, mais uma vez, apostou na individualidade e ganhou escanteio.

Na cobrança, Ozil cruzou e o goleiro afastou, mas a bola sobrou dentro da área e, Khedira, acertou o travessão da Sérvia depois de soltar uma bomba de perna esquerda. Na sequência, Müller ainda tentou com uma bicicleta, mas o árbitro marcou inflação do jogador.

Supreendente!
O início do segundo tempo foi como o primeiro, as duas equipes controlavam a bola no setor de meio-campo e criaram apenas uma única oportunidade. A Sérvia, com sua forte marcação, se impôs mais no jogo.

Aos 8 minutos, os alemães conseguiram uma jogada envolvente com Schweinsteiger, que recebeu em boas condições, porém, foi desarmado pela defesa adversária. Na sequência, o mesmo camisa 7 bateu forte, e o goleiro Stojkovic se atrapalhou e espalmou para dentro da área, na continuidade do lance o árbitro espanhol marcou jogo perigoso paralisando a jogada.

Pênalti
A Alemanha cresceu no jogo e seguiu em busca do empate. Aos 14 minutos, Vidic estendeu a mão dentro da grande área e o árbitro marcou pênalti. O zagueiro ainda recebeu o amarelo. Na cobrança, Podolski bateu mal e o goleiro Stojkovic fez ótima defesa para alívio do zagueiro sérvio.

Em busca do empate, os alemães saíram mais para o jogo e deram espaço para os contra-ataques. Aos 20 minutos, Podolski tentou jogada pela esquerda e rolou para o meio, mas o passe saiu errado e a zaga da Sérvia dominou.

A Sérvia por pouco não ampliou o placar. Aos 22 minutos, Krasic fez grande jogada pela direita e armou para Jovanovic, que bateu de direita, mas a bola explodiu na trave de Neuer. Na sequência, o árbitro marcou impedimento de Zigic

O técnico Joachim Löw, aos 26 minutos, colocou em campo e brasileiro naturalizado Cacau e Marin, no lugar de Ozil e Müller.No entanto, as substituições não surtiram efeito. Os alemães seguiram em busca do empate como pode, porém, não obtiveram sucesso.

Com a intenção de segurar o empate, o técnico sérvio tirou o atacante Ninkovic e colocou o zagueiro Gojko Kacar. Com um a mais no jogo e fechada em sua defesa, os sérvios seguraram o placar e acabaram com o encanto da Alemanha.


Próximos jogos
Na 3.ª rodada do Mundia1, a Alemanha enfrenta a seleção de Gana no Estádio Soccer City, em Johanesburgo, às 15h30, na próxima quarta-feira. A Sérvia terá pela a Austrália no Estádio Mbombela, em Nelspruit, às 15h30, também na próxima quarta-feira. Os dois jogos encerram o Grupo D.

Ficha técnica

Alemanha 0 x 1 Sérvia
Local: Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth, na África do Sul
Árbitro: Umberto Undiano (ESP)
Cartão Amarelo: Philipp Lahm e Khedira (Alemanha); Neven Subotic, Vidic, Ivanovic e Kolarov (Sérvia)
Cartão Vermelho: Klose (Alemanha)
Gol: Milan Jovanovic (Sérvia)

Alemanha
Neuer; Lahm, Friedrich, Mertesacker e Badstuber; Khedira, Schweinsteiger, Özil (Marko Marin), Müller (Cacau) e Podolski; Klose.
Técnico: Joachim Löw

Sérvia
Stojkovic; Ivanovic, Subotic, Vidic e Kolarov; Kuzmanovic (Radosav Petrovic), Stankovic, Krasic e Jovanovic; Ninkovic (Gojko Kacar) e Zigic.
Técnico: Radomir Antic