África do Sul 1 x 1 México - As vuvuzelas quase vencem o jogo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Em clima de muita festa e movida pelo barulho das vuvulezas, a Copa do Mundo começou na manhã desta sexta-feira, com um empate por 1 a 1 entre África do Sul e México, na partida de abertura do Grupo A, no Estádio Soccer City, em Joanesburgo. O jogo foi marcado por muito equilíbrio. Os mexicanos tentaram manter mais posse de bola, mas os anfitriões mostraram-se perigosos nos contra-ataques. O empate foi o resultado mais justo.

Confira também:
GUIA DA COPA: Veja tudo sobre as 32 seleções na África do Sul!


Na tarde desta sexta-feira, às 15h30, em Cape Town, acontece o duelo entre Uruguai e França, os outros membros do Grupo A. Mesmo com o empate a Seleção treinada por Carlos Alberto Parreira segue com um tabu. Há 13 jogos, os Bafana Bafana não sabem o que é derrota.

Só deu México
O técnico do México, Javier Aguierre, surpreendeu e escalou seu time com três atacantes, pressionando a África do Sul desde o começo. E, a primeira chance apareceu no primeiro minuto. Após cruzamento de Aguilar, o goleiro Khune afastou mal e a bola sobrou para Giovanni dos Santos, que bateu prensado com a zaga.

O atacante estava endiabrado e, aos 19 minutos, criou mais uma boa chance. Ele recuperou a bola no meio campo e saiu em velocidade em direção ao gol. Mas, na hora de arrematar, pegou mal na bola, que saiu longe das traves.

A pressão mexicana era grande e, aos 31 minutos, Vela fez grande lançamento para Franco. Este tentou tocar no canto esquerdo do goleiro, que saiu muito bem e fez uma excelente defesa.

Aos 37 minutos, o México chegou ao gol. Após cobrança de escanteio, o goleiro saiu mal do gol e a bola sobrou para Vela, que impedido bateu para o gol. O banderinha anulou o lance e acabou com a festa dos mexicanos.

A única boa chance da África do Sul aconteceu aos 43 minutos. Após cruzamento de Tshabalala, o atacante Mphela tentou alcançar a bola, mas não conseguiu, perdendo uma boa chance para os sul-africanos.

Siga o Futebol Interior também pelo Twitter!

Festa das vuvuzelas
Diferente do que foi o primeiro tempo, a África do Sul voltou melhor e abriu o placar aos oito minutos. Num rápido contra-ataque, Tshabalala recebeu belo passe de Mphela e acertou um lindo chute cruzado, na gaveta do goleiro Oscar Pérez que nada pode fazer.

A resposta do México veio aos 15 minutos com Giovanni dos Santos. Ele fez uma linda jogada e bateu forte no ângulo. O goleiro Khune, bem posicionado, fez uma defesa espetacular e salvou os Bafana-Bafana.

Mas, a melhor chance da África do Sul aconteceu aos 18 minutos. Após cruzamento da direita, Modise recebeu livre, cara a cara com o goleiro, mas foi mal no arremate. A bola saiu do lado do gol, perdendo uma chance incrível.

O empate mexicano saiu aos 35 minutos. Após cruzamento de Guardado, a zaga da África do Sul parou pedindo impedimento. Rafa Marquez livre no segundo pau chutou para o gol, sem chances para Khune, que ficou vendido no lance.

Na última chance do jogo, aos 45 minutos, o goleiro Khune lançou e o atacante Mphela ganhou na corrida da zaga e saiu cara a cara com o goleiro. No arremate, a bola caprichosamente acertou a trave.

Próximos jogos
Na segunda rodada, a África do Sul enfrenta o Uruguai, às 15h30, no dia 16 de junho. No dia seguinte, às 8h30, o México joga contra a França.

Ficha Técnica

África do Sul 1 x 1 México


Local: Estádio Soccer City, em Joannesburgo
Árbitro: Ravshan Irmatov-UZB
Público: 84.490 torcedores
Cartões Amarelos: Dikgacoi e Masilela (África do Sul); Juárez e Torrado (México)
Gols: Tshabalala aos 8'/2T (África do Sul); Rafa Marquez aos 35'/2T (México)

África do Sul
Khune; Gaxa, Khumalo, Mokoena e Thwala (Masilela); Dikgacoi, Letsholonyane, Modise, Tshabalala e Pienaar (Parker); Mphela
Técnico: Carlos Alberto Parreira

México
Oscar Pérez; Aguillar (Guardado), Rodríguez, Osorio e Salcido; Rafa Márquez, Torrado e Juárez; Giovani dos Santos, Guillermo Franco (Javier Hernández) e Carlos Vela (Blanco)
Técnico: Javier Aguierre