Novo presidente da federação russa toma posse e já sonha com Copa

por Teste

Campinas, SP, 03 (AFI) - Sergei Fursenko foi eleito como novo presidente da Federação de Russa de Futebol. O dirigente, que trabalhou na Gazprom, empresa estatal de gás da Rússia, venceu a disputa contra o empresário Alisher Aminov.

Leia ainda:
Chifrou geral! Modelo saiu com cinco jogadores do Chelsea

Fursenko, que tem 55 anos, vai substituir Vitaly Mutko, que renunciou ao cargo, após quatro anos como presidente da entidade responsável pela organização do futebol russo. Ele deixou o cargo depois que Dmitry Medvedev, presidente da Rússia, decidiu que as federações devem ser dirigidas por profissionais em tempo integral. Ele foi nomeado ministro dos Esportes em 2008.

Fursenko, que já foi presidente do Zenit St. Petersburg, prometeu que a Rússia vai vencer a Copa do Mundo de 2018.

"Estou absolutamente certo de que chegaremos à vitória", disse. "Não vamos chegar a nada se não apresentarmos tais objetivos".

O dirigente também prometeu mudanças na direção da entidade e disse que o seu objetivo é desenvolver o futebol local.

Sob a presidência de Mutko, a Rússia, com o técnico Guus Hiddink, chegou às semifinais da Eurocopa de 2008, mas não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo. O dirigente propôs a renovação do contrato do treinador, que se encerrará em julho.

Porém, Fursenko, que vai se reunir com Hiddink na quinta-feira, disse que não está com pressa para resolver a situação.

"Temos quase meio ano e devemos trabalhar até o fim do seu contrato. E nesse tempo vamos decidir o que fazer em seguida".