Copa do Mundo Feminina: Mônica será a capitã do Brasil diante da Jamaica

"As meninas sabem que essa faixa é só uma representação. Ser líder dentro de campo é estar sempre pronta para ajudar"

por Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

Campinas, SP, 08 - Depois de meses de preparação, está chegando a hora da estreia da seleção brasileira feminina na Copa do Mundo da França. Neste domingo (9), às 10h30, a equipe comandada pelo técnico Vadão enfrenta a Jamaica, na primeira rodada do Grupo C.

MÔNICA CAPITÃ

Na estreia, a zagueira Mônica será a capitã do Brasil. Essa será a primeira vez que a defensora usará a braçadeira desde o início de uma partida.

"A estreia em si já é algo muito importante para nós. As meninas sabem que essa faixa é só uma representação. Ser líder dentro de campo é estar sempre pronta para ajudar. Eu tenho certeza que essa vontade nunca faltou e espero que a gente possa fazer uma grande partida. Acho que vamos surpreender. A estreia é o jogo mais importante. Temos que cumprir o nosso objetivo e aproveitar cada momento", avaliou Mônica.

Na estreia, a zagueira Mônica será a capitã do Brasil. (Foto: CBF/Divulgação)
Na estreia, a zagueira Mônica será a capitã do Brasil. (Foto: CBF/Divulgação)
No treino deste sábado, o comandante da equipe ajustou o time para o duelo diante das caribenhas. A atividade foi aberta para a imprensa nos quinze minutos iniciais.

Pela tarde, Vadão e Mônica participaram da coletiva oficial de imprensa da Fifa, após realizaram reconhecimento de campo no estádio Stade des Alpes, juntamente com membros da comissão técnica, a atacante Marta e a chefe de delegação Michelle Ramalho.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO

Convocada para a zaga da defensora Érika, a zagueira Daiane se apresentou em Grenoble na noite deste sábado (8). Sem Marta, o Brasil deve estrear com: Barbara; Letícia, Katheleen, Mônica e Tamires; Formiga, Taysa e Debinha; Andressa Alves, Cristiane e Bia Zaneratto.