Coritiba 0 x 1 Flamengo – Desfalcado, Fla abre vantagem por classificação

O único gol da partida foi marcado pelo jovem Rodrigo Muniz ainda no primeiro tempo de jogo

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 10 (AFI) – O Flamengo confirmou a expectativa e largou em vantagem por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira, o rubro-negro venceu o Coritiba por 1 a 0, no Couto Pereira, em Curitiba, pelo confronto de ida da terceira fase da competição. O PLACAR FI acompanhou o duelo em TEMPO REAL.

Com a vitória, o Flamengo terá boa vantagem para o confronto de volta, agendado para a próxima quarta-feira, dia 16, às 21h30, no Maracanã. Os cariocas jogarão por um simples empate para ficar com a classificação, enquanto o Coritiba terá que vencer por dois gols de diferença ou no mínimo fazer 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.

VEJA O GOL DO MENGO

Espaço incorporado por HTML (embed)


MUITAS BAIXAS

Para este confronto, o Flamengo teve muitos desfalques. Ao todo sete jogadores foram convocados por suas seleções para a data Fifa. Destes, apenas Everton Ribeiro retornou e teve condições de entrar em campo. Além dos atletas, Rogério Ceni, com COVID-19, também ficou de fora da partida na capital paranaense.

Uma curiosidade é que esta foi a 26ª estreia do Flamengo em Copa do Brasil. O time venceu 16 vezes, empatou oito e perdeu apenas duas. Um aproveitamento pra lá de satisfatório.

FLAMENGO DOMINA
Com bola rolando, o Flamengo dominou o primeiro tempo e mereceu a vantagem parcial de 1 a 0. Logo aos 15 minutos, Vitinho cobrou escanteio e Rodrigo Muniz, de cabeça, mandou para as redes de Wilson. Mais um gol da jovem promessa rubro-negra, frequentemente na mira de gigantes do futebol europeu.

O Coritiba teve muitas dificuldades de passar pela marcação do Flamengo, tanto é que não criou oportunidades e não chutou uma vez sequer ao gol defendido por Diego Alves. Situação mais do que confortável ao time carioca, que aos 47 quase fez o segundo na partida após cruzamento de Fillipe Luís em que a bola foi em direção ao gol e quase surpreendeu Wilson.

Jogadores do Fla comemoram gol da vitória no Couto Pereira
Jogadores do Fla comemoram gol da vitória no Couto Pereira

MAIS EQUILIBRADO
Para o segundo tempo, o Coritiba retornou do vestiário logo com três mudanças e mudou o estilo de jogo. Aos dois minutos, Diego perdeu bola, Val carregou e finalizou à esquerda de Diego Alves. Enfim o primeiro chute do time alviverde na partida.

Mas o Flamengo teve qualidade nos passes e seguiu criando chances em campo. Aos 13, Diego chutou de longe e Wilson defendeu. Depois, aos 16, foi a vez de Vitinho arriscar de fora da área e obrigar o camisa 1 do Coxa defender em dois tempos. Muito muito pouco Rodrigo Muniz não conseguiu concluir no rebote.

Apesar da postura mais ofensiva, o Coritiba apostou nos contra-ataques para buscar o empate. Aos 31, a zaga do Flamengo deu espaço e Val arriscou de fora da área. A bola desviou em Gustavo Henrique, que ainda conseguiu afastar para a lateral, evitando a possibilidade de bola alçada na área.

Daí em diante o Flamengo forçou um pouco mais a marcação e eliminou qualquer chance de o Coritiba buscar o empate, segurando a importante vitória para o confronto de volta.

Bruno Henrique foi muito bem marcado nesta quinta-feira
Bruno Henrique foi muito bem marcado nesta quinta-feira

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
10/06/2021
Horário
19h00
Local
Couto Pereira - Curitiba (SP)
Árbitro
Savio Pereira Sampaio (DF)

Renda
----
Assistentes
Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Coritiba-PR: Nathan Ribeiro, Romário, Val, Luciano Castán
Flamengo-RJ: Vitinho, Matheuzinho

Cartões Vermelhos
Coritiba-PR: Nathan Ribeiro
Gols
Flamengo-RJ: Rodrigo Muniz 15' 1T
Coritiba-PR
Wilson;
Igor, Nathan Ribeiro, Luciano Castán e Romário;
William Farias, Matheus Sales (Taílson), Val e Robinho (Waguininho);
Rafinha (Valdeci/Wellington Carvalho) e Léo Gamalho (Dalberto).
Técnico: Gustavo Morínigo
Flamengo-RJ
Diego Alves;
Matheuzinho (Rodinei), William Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís;
Diego, Gomes (Hugo Moura), Everton Ribeiro (Michael) e Vitinho;
Bruno Henrique e Rodrigo Muniz.
Técnico: Maurício Souza (auxiliar)