Luverdense 1 x 2 Red Bull Bragantino - Toro Loko sofreu mais do que o esperado

O time jogou com um a menos desde os 26 minutos do primeiro tempo e perdeu muitas oportunidades

por Agência Futebol Interior

Lucas do Rio Verde, MT, 01 (AFI) - O Red Bull Bragantino contou com uma tarde inspirada da dupla formada por Artur e Claudinho para ganhar do Luverdense, por 2 a 1, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT, e avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

A classificação rende uma premiação de R$ 1.350.000,00 aos cofres do Red Bull Bragantino. O adversário da terceira fase será conhecido em sorteio. Antes do Toro Loko, apenas o Corinthians havia garantido presença na terceira fase.

TORO LOKO NA FRENTE
O Red Bull Bragantino começou a partida ligado e levou perigo logo aos dois minutos. Claudinho cruzou e Ytalo cabeceou nas mãos no goleiro. Na sequência, o camisa 10 dominou na área e chutou em cima do zagueiro Raphael. A bola tinha endereço certo.

De tanto pressionar, o Red Bull Bragantino abriu o placar aos dez minutos. Aderlan cobrou falta e Artur cabeceou no canto de Gabriel Félix. O Luverdense acordou depois de sofrer o gol, mas mesmo assim o Toro Loko era mais perigoso.

Claudinho marcou o gol da classificação (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)
Claudinho marcou o gol da classificação (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)
Aos 22, Helinho cruzou e Ytalo, de carrinho, desviou para fora. Na sequência, Claudinho ficou com a sobra após cobrança de escanteio, dominou e bateu colocado. A bola caprichosamente acertou o travessão de Gabriel Félix, que só observou.

QUEM DIRIA
A situação do Luverdense ficou ainda mais difícil aos 26 minutos. Raphael fez falta em Claudinho, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. No entanto, o LEC conseguiu buscar o empate quando o árbitro viu a bola acertar o braço de Fabrício Bruno dentro da área.

Isac deslocou Júlio César e deixou tudo igual aos 31 minutos. O Red Bull Bragantino parece ter sentido o empate do Luverdense e pouco fez até o intervalo. Helinho tabelou com Ytalo e finalizou rente a trave.

TORO LOKO AVANÇA

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, o Red Bull Bragantino voltou a ficar na frente do placar. Artur recebeu na direita e cruzou para Claudinho cabecear no ângulo de Gabriel Félix. Diferente da etapa inicial, o Toro Loko continuou em cima.

Claudinho e Helinho levaram perigo em chutes de fora da área. Aos 16, Ytalo recebeu do camisa 10 e só não ampliou porque chutou em cima de Gabriel Félix. O centroavante do Toro Loko parou mais um vez no goleiro do Luverdense após cruzamento de Aderlan.

Aos 32, Ricardo Ryller recebeu de Claudinho, cortou o zagueiro e bateu para defesa do goleiro. Nos minutos finais, o Luverdense buscou o empate para levar a decisão para os pênaltis, mas não teve forças.

Já nos acréscimos, Luciano deu entrada forte em Vitinho e deixou o LEC com dois a menos. O Red Bull Bragantino ainda quase fez o terceiro em falta cobrada por Claudinho. A bola explodiu na trave.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
01/04/2021
Horário
17h00
Local
Passo das Emas - Lucas do Rio Verde (MT)
Árbitro
Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes
Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Cartões Amarelos
Luverdense-MT: Raphael, Kazu, Isac, Murilo, Gabriel Félix
Red Bull Bragantino-SP: Claudinho

Cartões Vermelhos
Luverdense-MT: Raphael, Luciano, Gabriel Félix
Gols
Luverdense-MT: Isac 31' 1T
Red Bull Bragantino-SP: Artur 10' 1T, Claudinho 5' 2T
Luverdense-MT
Gabriel Félix;
Léo Campos, Raphael, Bruno Bispo e Nikolas (Murilo);
Kazu (Tiago Correa), Jean, Abuda (Fellipe) e Wilian Marcílio;
Isac (Lucas Lima) e Léo Goteira (Luciano).
Técnico: Raul Cabral
Red Bull Bragantino-SP
Julio César;
Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido (Edimar);
Raul, Lucas Evangelista (Ricardo Ryller) e Claudinho;
Artur, Ytalo e Helinho.
Técnico: Maurício Barbieri