Criciúma 1 (5) x (4) 1 Ponte Preta - Mesmo sem vencer há 179 dias, Tigre elimina Macaca

No tempo regulamentar, as duas equipes fizeram uma partida bastante aberta com gol de falta de Camilo e de voleio de Philipe Maia

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 08 (AFI) - Apesar de ter chegado há 179 dias sem vencer uma partida oficial, o Criciúma tem motivos para comemorar na noite desta quinta-feira (08). Isso porque, depois de ficar no empate por 1 a 1 no tempo regulamentar com a Ponte Preta, no Estádio Heriberto Hulse, o time carvoeiro levou a melhor nos pênaltis e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Já aos paulistas resta lamentar a eliminação e focar no retorno do Paulistão.

Vale lembrar, que apesar da última vitória do Criciúma ter vindo no dia 11 de outubro do ano passado ainda na primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o time catarinense havia avançado na primeira fase da Copa do Brasil com um empate por 0 a 0 com o Marília. Naquela etapa, por ter melhor colocação no ranking da CBF, avançou por conta do regulamento.


RÁDIO FI AO VIVO
Este jogo teve a transmissão da Rádio FUTEBOL INTERIOR, a maior audiência na WEB, além de poder ser acompanhada também no Facebook e no Youtube. A abertura da jornada aconteceu às 18 horas.

A narração foi de Carlos Corsato, comentários de Bruno Betelli e reportagens de Wendel Coral. A apresentação esteve com Claudinei Corsi, com Thiago Barbosa no comando técnico.


CONFIRA OS MELHORES MOMENTOS DO DUELO

Mais do que seguir na briga pelo título, o Criciúma ganhou ‘fôlego’ financeiro com a classificação em casa. Isso porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pagará ao time catarinense a premiação de R$ 1,7 milhões por chegar à 3ª fase. Importante lembrar que antes o clube já havia recebido R$ 1,2 milhões, sendo 550 mil pela classificação e 675 mil por ter avançado a segunda fase.

Agora, o time carvoeiro aguardará sorteio da CBF para conhecer o seu adversário na próxima fase da Copa do Brasil. Nesta 3ª fase entrarão os times da Copa Libertadores 2021, campeão da Série B 2020, campeão da Copa do Nordeste 2020, campeão da Copa Verde 2020 e 9º colocado do Brasileirão 2020.

Criciúma vence nos pênaltis e elimina Ponte Preta da Copa do Brasil
Criciúma vence nos pênaltis e elimina Ponte Preta da Copa do Brasil

DETALHES DO DUELO
O primeiro tempo do duelo foi bastante movimentado, com a Ponte Preta tendo um bom inicio e o Criciúma crescendo com o passar do tempo, sempre apostando na transição entre o ataque a defesa com velocidade.

Mesmo assim, foi o time paulista que criou a principal chance do primeiro tempo, já nos acréscimos.

CHANCE PERDIDA
Aos 46, depois de um bate rebate na área, a bola sobrou limpa para João Veras, mas mesmo de frente para o gol, acabou chutando para fora.

O placar só foi sair do zero no segundo tempo. Aos 14 minutos, Camilo bateu uma falta da lateral cheio de efeito. A bola passou por todo mundo e foi morrer no fundo das redes do goleiro Alison, colocando a Ponte Preta em vantagem.

GOLAÇO DE EMPATE
Depois de algumas tentativas, o gol de empate do Criciúma veio aos 27. Dudu cobrou escanteio na área, João desviou de cabeça e a bola sobrou para Phelipe Maia, que emendou um voleio e marcou um golaço.

Nos minutos finais, ambas as equipes foram para o tudo ou nada em busca da classificação e até criaram boas chances. Apesar disso, nenhum dos dois lados conseguiu voltar a balançar as redes e por isso, o duelo foi para as penalidades máximas.

PÊNALTIS
Nas cobranças de pênaltis, as duas equipes começaram convertendo suas cobranças. Porém, na segunda do time paulista, Vini Locatelli chutou por cima. A partir daí, ninguém mais errou e o Criciúma acabou vencendo pelo placar de 5 a 4.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
08/04/2021
Horário
19h00
Local
Heriberto Hulse - Criciúma (SC)
Árbitro
Paulo Cesar Zanovelli (MG)

Renda
--
Assistentes
Felipe Alan Costa De Oliveira (MG) e Celso Luiz Da Silva (MG)

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Criciúma-SC: Alemão, Uilliam Barros
Ponte Preta-SP: Ruan Renato, Yuri

Gols
Criciúma-SC: Philipe Maia 27' 2T
Ponte Preta-SP: Camilo 14' 2T
Criciúma-SC
Alisson;
Claudinho, Alemão, Philipe Maia e Hélder;
Adenilson, Eduardo, Moacir (João Carlos) e Dudu (Matheus Anderson);
Gabriel Silva (Pedrinho) e Uiliam Barros (Índio).
Técnico: Wilson Vaterkemper (interino)
Ponte Preta-SP
Ygor Vinhas;
Apodi, Ruan Renato, Luizão e Yuri (Jean Carlos);
Dawhan (Vini Locatelli), Barreto (Léo Naldi) e Camilo;
João Veras (Paulo Sérgio) e Pedrinho (Niltinho).
Técnico: Fábio Moreno