Paysandu-PA (3) 1 x 1 (5) CRB-AL - Galo silencia a Curuzu e avança

O goleiro Edson Mardden foi o herói da classificação ao defender a cobrança de Micael

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 19 (AFI) - Foi sofrido, mas o CRB garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira ao bater o Paysandu nos pênaltis depois de um empate por 1 a 1, na Curuzu.

Com a classificação, o Galo da Pajuçara embolsa mais R$ 650 mil e chega a R$ 1.190.000,00 de premiação.

O adversário da terceira fase vai sair do confronto entre Boa Esporte e Cruzeiro, no dia 4 de março, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha.

VEJA OS GOLS E OS PÊNALTIS !

PROTESTO
A eliminação gerou protesto dos torcedores bicolores, que compareceram em grande número na Curuzu e jogaram alguns objetivos na descida dos jogadores para o vestiário.

FOI DEMAIS!
O primeiro tempo na Curuzu foi marcado por equilíbrio, entradas duras e muita polêmica. Não é a toa que o árbitro paranaense Paulo Roberto Alves Júnior mostrou sete cartões amarelos - três para o Paysandu e quatro para o CRB.

Paysandu foi eliminado pelo CRB na Curuzu (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)
Paysandu foi eliminado pelo CRB na Curuzu (Foto: Jorge Luiz/Paysandu)

Os dois times tiveram chances, mas as emoções e polêmicas estavam guardadas para o final. Aos 34, o árbitro anulou um gol do Paysandu ao ver falta inexistente de Micael em cima do goleiro Edson Mardden.

PENALTI POLEMICO
Aos 45, o árbitro assinalou pênalti discutível de Tony em cima de Luidy. Léo Gamalho cobrou bem e colocou o CRB na frente.

No entanto, dois minutos depois, Caíque Oliveira aproveitou bate e rebate dentro da área para deixar tudo igual.

PAPÃO DOMINA
Apesar do CRB ter criado o primeiro lance de perigo, o segundo tempo foi todo dominado pelo Paysandu. Aos 15, Erik recebeu de Carlos Jatobá e só não marcou porque Gabriel Leite fez grande defesa.

Depois disso, o que se viu um ataque contra defesa. Uilliam levou perigo em chute de fora da área e Nicolas assustou em cabeçada que passou muito perto do gol.

Aos 36, Alex Maranhão soltou a bomba e a bola explodiu na trave. Nos minutos finais, nenhum dos dois times se arriscou ao ataque e decisão foi para os pênaltis.

GALO AVANÇOU
Melhor para o CRB, que converteu todas as suas cobranças e viu Edson Mardden defender o chute do zagueiro e capitão Micael. No fim, vitória por 5 a 3 nas penalidades máximas.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
1ª rodada
Data
19/02/2020
Horário
19h15
Local
Curuzu - Belém (PA)
Árbitro
Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Renda
R$ 149.970,00
Assistentes
Rafael Trombeta e Victor Hugo Imazu dos Santos (Ambos PR)

Público
9.163 pagantes (10.963 Total)
Cartões Amarelos
Paysandu-PA: Tony, Serginho, Perema
CRB-AL: Luidy, Claudinei, Carlos Jatobá, Thallison Kelven

Gols
Paysandu-PA: Caíque Oliveira 47' 1T
CRB-AL: Léo Gamalho 45' 1T
Paysandu-PA
Gabriel Leite;
Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço;
Caíque Oliveira, PH e Serginho (Alex Maranhão);
Uilliam (Deivid Souza), Vinícius Leite (Eliélton) e Nicolas.
Técnico: Hélio dos Anjos
CRB-AL
Edson Mardden;
Lucas Mendes (Léo Príncipe), Thalisson Kelven, Xandão e Igor;
Claudinei (Washington), Carlos Jatobá e Rafael Longuine;
Luidy, Léo Gamalho e Erik.
Técnico: Marcelo Cabo