Athletico-PR x Grêmio - Furacão tem missão (quase) impossível em Curitiba

Em Porto Alegre, no primeiro jogo da semifinal, o Imortal fez o dever de casa e venceu por 2 a 0

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 03 (AFI) - O Grêmio precisa superar a pressão na Arena da Baixada e a ausência do atacante Everton para seguir vivo em busca do sexto título da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o time gaúcho enfrenta o Athletico-PR, às 19 horas, na partida de volta da semifinal.

Em Porto Alegre, no dia 14 de agosto, o Grêmio aproveitou o fator casa e saiu na frente do Athletico-PR ao vencer por 2 a 0. Assim, o time gaúcho pode perder por até um gol de diferença que avança para a final depois de dois anos. Os paranaenses precisam ganhar por três ou mais de vantagem.

Além da vaga na final, a classificação nesta quarta-feira também enche os cofres do clube que passar. A premiação para o vice-campeão é de R$ 21 milhões, enquanto o campeão embolsa mais R$ 52 milhões.

Grêmio pode perder por até um gol de diferença que vai para a final da Copa do Brasil
Grêmio pode perder por até um gol de diferença que vai para a final da Copa do Brasil
Campeão em 2016, o Grêmio tem cinco títulos da Copa do Brasil e está atrás apenas do Cruzeiro, com seis. Por outro lado, o Athletico-PR busca o seu primeiro e tenta chegar pela segunda vez na grande final, algo que só aconteceu em 2013, quando perdeu para o Flamengo.

HAJA PROBLEMAS
Não bastasse a desvantagem pelo resultado do jogo de ida, o Athletico-PR tem outro problema para enfrentar o Grêmio. Ou melhor, dez problemas. O técnico Tiago Nunes tem quase um time inteiro de desfalques pelos mais variados motivos.

Léo Pereira cumpre suspensão pelo terceiro amarelo, Madson e Thonny Anderson pertencem ao Grêmio, Pedro Henrique já defendeu o Corinthians na Copa do Brasil, Adriano, Abner Vinícius e Everton Felipe não foram inscritos a tempo, Thiago Heleno e Camacho seguem suspensos pelo doping, e Bruno Nazário está lesionado.

A lista deve aumentar. Desfalque nas últimas quatro partidas, o lateral-direito Jonathan não treinou nesta terça-feira e dificilmente vai ter condições. Se sua ausência for confirmada, Khellven entra na lateral.

Grêmio está em busca do seu sexto título da Copa do Brasil, enquanto o Athletico-PR ainda não conquistou nenhuma vez
Grêmio está em busca do seu sexto título da Copa do Brasil, enquanto o Athletico-PR ainda não conquistou nenhuma vez
"Sabemos que o Grêmio tem uma grande equipe, mas confiamos no nosso trabalho e na nossa equipe. Temos todas as chances de conseguir a classificação dentro de casa", afirmou o atacante Marcelo Cirino.

POUPADOS
A delegação gremista embarcou para Curitiba na tarde desta terça-feira depois de Renato Gaúcho ter comandado um treinamento com os portões fechados para a imprensa pela manhã. O zagueiro Kannemann e o volante Maicon foram poupados, mas apenas o segundo, com dores na panturrilha direita, preocupa.

Relacionado para o jogo, Maicon ainda será melhor avaliado pelo departamento médico. Se não tiver condições, Rômulo é o favorito a ficar com a vaga. Uma ausência certa é a do atacante Everton, suspenso pelo terceiro amarelo. Pepê será o substituto.

"É um adversário difícil, muito bem treinado e com jogadores de alto nível. Precisamos ter consciência de que não será fácil, independentemente da vantagem. Temos que ter atenção, mas procurador jogar nosso futebol e ter a bola no pé", disse o goleiro Paulo Victor.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
2ª rodada
Data
04/09/2019
Horário
19h00
Local
Arena da Baixada - Curitiba (PR)
Árbitro
Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Renda
R$ 1.370.315,00
Assistentes
Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Raphael Pires (GO)

Público
28.841 torcedores
Cartões Amarelos
Athletico -PR: Marco Rúben, Lucas Halter, Marcelo Cirino, Bruno Guimarães, Tiago Nunes
Grêmio-RS: Rômulo

Cartões Vermelhos
Grêmio-RS: Kannemann
Gols
Athletico -PR: Nikão 16' 1T, Marco Rúben 3' 2T
Athletico -PR
Santos;
Khellven, Lucas Halter, Robson Bambu e Márcio Azevedo;
Wellington (Marcelo Cirino), Léo Cittadini (Lucho González) e Bruno Guimarães;
Nikão, Marco Rúben e Rony (Vitinho)
Técnico: Tiago Nunes.
Grêmio-RS
Paulo Victor;
Leonardo (Rafael Galhardo), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez;
Rômulo, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre (Thaciano) e Pepê;
André (David Braz)
Técnico: Renato Gaúcho.