Juventude 2 x 1 Botafogo - Freguês, Fogão é eliminado pelo Ju

Assim como aconteceu na final de 1999, o time gaúcho levou a melhor sobre os cariocas

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, SP, 11 (AFI) - Assim como aconteceu na decisão de 1999, o Juventude levou a melhor sobre o Botafogo na noite desta quinta-feira e garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil com uma vitória por 2 a 1, de virada, no Alfredo Jaconi.

Após empate por 1 a 1 no Rio de Janeiro, quem vencesse na serra gaúcha garantiria a classificação. O Botafogo até saiu na frente com Cícer, mas a expulsão de Alex Santana ainda no primeiro tempo mudou tudo. Depois do intervalo, Marcelo Benevenuto, contra, e Dalberto, garantiram a virada do Juventude.

O adversário do time gaúcho na quarta fase vai ser conhecido em sorteio a ser realizado pela CBF. Mas o Juventude já embolsou R$ 1,8 milhão com a classificação.

GOL ANULADO E PRESSÃO DO JUVENTUDE
O primeiro lance polêmico do jogo veio aos cinco minutos. Em cruzamento vindo da esquerda, Diego Souza ajeitou para Cícero, que dominou e completou de cabeça. O gol, porém, foi anulado de forma errada pela arbitragem ao assinar impedimento do volante.

O Botafogo não vem tendo um bom início de temporada e contava com a classificação na Copa do Brasil pela questão financeira (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
O Botafogo não vem tendo um bom início de temporada e contava com a classificação na Copa do Brasil pela questão financeira (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
A resposta do Juventude veio na sequência. Dalberto fez grande jogada individual, invadiu a área e na hora da finalização mandou nas mãos de Gatito Fernández. Depois foi a vez de Braian Rodriguez desperdiçar uma chance incrível dentro da pequena área.

O Juventude era melhor e voltou a assustar aos 11. Dalberto soltou a bomba e Gatito Fernández espalmou para escanteio. Sem conseguir valorizar a posse da bola, o Botafogo ia vendo o adversário perder chance atrás de chance.

FOGÃO É MORTAL
O castigo do Juventude pelos gols perdidos veio aos 33 minutos. Jean cruzou, a zaga alviverde tentou fazer linha de impedimento e deixou Cícero livre. O volante dominou no peito e bateu na saída do goleiro.

Com dois cartões amarelos em apenas cinco minutos, Alex Santana foi expulso ao cometer falta no meio-campo em Rafael Jataí. A torcida do Juventude, que estava desanimada, acordou no Alfredo Jaconi. Antes do intervalo, Dalberto desviou de cabeça e a bola passou raspando a trave.

Apesar de ter saído atrás do placar, o Juventude buscou a virada contra o Botafogo (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
Apesar de ter saído atrás do placar, o Juventude buscou a virada contra o Botafogo (Foto: Arthur Dallegrave/Juventude)
EMPATE DO JU

Em uma saída de bola errada do Juventude, Genilson foi desarmardo por Diego Souza, que finalizou para fora. Quase o segundo gol alvinegro no primeiro minuto da etapa final. Na sequência, Vidal bateu rasteiro e a bola passou raspando a trave.

Aos 12, Breno ficou com a sobra após a zaga botafoguense afastar, dominou e soltou a bomba nao travessão de Gatito Fernández. Com um a mais e precisando pelo menos do empate para levar a decisão para os pênaltis, o Juventude pressionava o Botafogo.

A pressão alviverde surtiu efeito aos 15. Após cruzamento para dentro da área, Marcelo Benevenuto desviou contra o próprio gol. Tudo igual em Caxias do Sul para delírio dos torcedores.

A VIRADA
Após desarmar Moisés, Diego Souza desceu em velocidade e tentou o toque por cobertura do goleiro, mas a bola subiu muito e saiu pela linha de fundo. Depois disso, o Botafogo abdicou do ataque e parecia feliz em levar a decisão para os pênaltis.

Quando parecia que o jogo terminaria empatado, o Juventude balançou as redes aos 44 minutos. Breno foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Dalberto completar de primeira. Nos acréscimos, Jean foi expulso e deixou o Botafogo com dois a menos.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
11/04/2019
Horário
19h15
Local
Alfredo Jaconi - Caxias do Sul (RS)
Árbitro
Vinicius Furlan (SP)

Assistentes
Daniel Luis Marques (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Cartões Amarelos
Juventude-RS: Rafael Jatai, Braian Rodríguez, Denner, Omar
Botafogo-RJ: Gatito Fernández, Alex Santana, Cícero

Cartões Vermelhos
Botafogo-RJ: Alex Santana, Jean
Gols
Juventude-RS: Dalberto 44' 2T
Botafogo-RJ: Cícero 33' 1T
Juventude-RS
Marcelo Carné;
Vidal (Rafael Bastos), Sidimar, Genilson e Eltinho (Felippe);
Rafael Jataí (Breno), John Lennon, Moisés Gaúcho, Denner e Braian Rodríguez;
Dalberto.
Técnico: Marquinhos Santos
Botafogo-RJ
Gatito Fernández;
Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson;
Jean, Alex Santana e Cícero;
Luiz Fernando (Rikson), Diego Souza (Igor Cássio) e Erik (Rodrigo Pimpão).
Técnico: Zé Ricardo