Criciúma x Chapecoense - Confiante, Carvoeiro acredita na virada

Uma vaga na quarta fase vale R$ 1,9 milhão em premiação, valor exorbitante para a folha salarial dos clubes

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 09 (AFI) - O Criciúma deu uma renovada na confiança para enfrenta a Chapecoense nesta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil. Depois de quase ser eliminado na primeira fase do Campeonato Catarinense, o time trocou de treinador, trouxe Gilson Kleina e conseguiu emendar três vitórias consecutivas, devolvendo a confiança do torcedor, que já prometeu lotar o estádio Heriberto Hulse, em Criciúma. O primeiro jogo terminou 3 a 2 para o rival.

Como a Copa do Brasil não tem mais o gol fora de casa como critério de desempate, o Criciúma precisa vencer por qualquer placar de dois gols de diferença para avançar no tempo normal. Um gol de vantagem leva a decisão para as cobranças de pênalti. Empate ou derrota em casa dá a classificação para a Chapecoense. Uma vaga na quarta fase vale R$ 1,9 milhão em premiação, valor exorbitante para a folha salarial dos clubes no primeiro semestre.

Além do primeiro confronto entre eles na Copa do Brasil, Criciúma e Chapecoense se enfrentaram mais duas vezes pelo Campeonato Catarinense, com duas vitórias do time de Chapecó por 1 a 0, tanto na Arena Condá, quanto no Heriberto Hulse. Eles podem se enfrentar mais uma vez na final do estadual, mas ainda precisam vencer seus jogos contra Avaí e Figueirense, respectivamente, que estão marcados para o próximo domingo.

OS TIMES

Destaque nas últimas duas vitórias, o meia Daniel Costa é o favorito para começar como titular, mandando Caíque para o banco de reservas. Gilson Kleina fez mistério no último trabalho com bola e liberou apenas o aquecimento para a imprensa, mas é provável que ele entre com uma formação mais ofensiva. Vinicius e Léo Gamalho, recuperados fisicamente, são as apostas para um ataque mais veloz.

A grande preocupação da Chapecoense é para a meta. João Ricardo, até então titular da posição, foi suspenso preventivamente em um exame antidoping e não pode atuar. Vagner, que disputou o Campeonato Paulista com o Novorizontino, foi contratado para ser titular. Mas o jogador depende da inscrição no Boletim Informativo Diário (BID) e, se não tiver condição, Tiepo e Igor Campos são opções de jogadores formados nas categorias de base.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
10/04/2019
Horário
19h15
Local
Heriberto Hulse - Criciúma (SC)
Árbitro
Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes
Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Leirson Peng Martins (RS)

Cartões Amarelos
Chapecoense-SC: Douglas, Everaldo

Gols
Chapecoense-SC: Victor Andrade 45' 1T, Rildo 32' 2T
Criciúma-SC
Bruno Grassi;
Maicon, Sandro, Derlan e Marlon;
Wesley (Daniel Costa), Jean Mangabeira e Caíque;
Reis (Léo Gamalho), Vinícius e Andrew (Gabriel Honório).
Técnico: Gilson Kleina
Chapecoense-SC
Vagner;
Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco (Roberto);
Márcio Araújo, Elicarlos (Amaral) e Gustavo Campanharo;
Victor Andrade (Aylon), Everaldo e Rildo.
Técnico: Ney Franco