Bahia 1 x 0 CRB - Tricolor marca aos 53 e avança na estreia de Roger Machado

O jogo foi marcado por duas expulsões, além da lesão de Zé Carlos, que deixou o campo de ambulância.

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 09 (AFI) - Na estreia do técnico Roger Machado, o Bahia carimbou sua classificação para a quarta fase da Copa do Brasil ao derrotar o CRB por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, na noite desta terça-feira, com um gol marcado por Elton, aos 53 minutos da etapa complementar. O jogo foi marcado por duas expulsões, além da lesão de Zé Carlos, que deixou o campo de ambulância.

Com o resultado, o Bahia aguarda o encerramento da terceira fase para conhecer seu próximo adversário, que sairá através de o sorteio a ser realizado pela CBF. Enquanto isso, o time foca na decisão do estadual frente ao xará Bahia, de Feira de Santana.

TRUNCADO!
Bahia e CRB entraram em campo com posturas distintas. O primeiro explorou a posse de bola, mas encontrou um clube alagoano fechado, procurando uma jogada de contra-ataque para surpreender. A equipe mandante, então, precisou recorrer a chutes de fora da área, como do volante Douglas, e das bolas alçadas dentro da área. Em uma delas, Arthur Caíke cabeceou com perigo.

O CRB foi gostando do jogo e acabou se soltando, optando por uma marcação pressão. A tática por muito pouco não deu resultado. Lucas tabelou com Júnior, recebeu na marca do pênalti, mas pegou mal na bola e jogou pela linha de fundo. A resposta do Bahia veio com Ramires, que arriscou de fora da área e mandou rente à trave.

Bahia avança na Copa do Brasil - Reprodução/Bahia
Bahia avança na Copa do Brasil
O ponto negativo da primeira etapa foi pela lesão de Élber. Com dores, o meia acabou substituído por Artur e saiu de campo aplaudido pelos torcedores. Do lado do CRB, Zé Carlos levou o terceiro cartão amarelo.

SUSTOS!
O segundo tempo começou com o CRB totalmente atrás da linha do meio de campo. O clube alagoano, porém, foi o primeiro a chegar com perigo. Mailson foi lançado dentro da área, tentou o cabeceio, mas não conseguiu desviar. O susto deixou a torcida do Bahia impaciente na Arena Fonte Nova.

Mas aos 12 minutos, o futebol ficou em segundo plano com a lesão de Zé Carlos. Segundo os médicos do Bahia, que ajudaram no atendimento, o jogador deixou o gramado de ambulância - entrou em campo com a bola rolando -, com uma concussão, devido a um trauma na região posterior do crânio. O atleta, no entanto, se movimentava e acabou levado para um hospital próximo do estádio para ser observado e evitar qualquer agravamento na lesão que possa afetar a coluna cervical.

TRIUNFO TRICOLOR!
Depois que a bola voltou a rolar, o Bahia cresceu. Em cobrança de lateral de Nino Paraíba, Fernando desviou e Douglas mandou no travessão. A situação do time baiano melhorou ainda mais após Igor ser expulso por retardar a cobrança de lateral. Mas Douglas acabou certando um chute em Victor Rangel, recebeu o vermelho e deixou a equipe mandante também com dez em campo.

Apesar de estar 10 para cada lado, o CRB estava satisfeito com o resultado, enquanto o Bahia foi para cima e chegou a ter um gol anulado marcado por Fernandão. Já aos 53 minutos, não teve jeito. Após confusão dentro da área do time alagoano, Elton recebeu de Shaylon e deu um toque suficiente para passar entre as pernas de Edson Mardden, confirmando a classificação da equipe baiana.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
09/04/2019
Horário
19h15
Local
Fonte Nova - Salvador (BA)
Árbitro
Eduardo Tomaz de Aquino Valadão.- GO

Renda
R$ 258.017,50
Assistentes
Leone Carvalho Rocha - GO e Cristhian Passos Sorence - GO

Público
18.691 torcedores
Cartões Amarelos
Bahia-BA: Gilberto
CRB-AL: Zé Carlos, Felipe Menezes

Cartões Vermelhos
Bahia-BA: Douglas
CRB-AL: Igor
Gols
Bahia-BA: Elton 53' 2T
Bahia-BA
Anderson;
Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés;
Elton, Douglas Augusto e Ramires (Fernandão);
Elber (Artur), Arthur Caíke (Shaylon) e Gilberto.
Técnico: Roger Machado
CRB-AL
Édson Mardden;
Júnior, Edson, Guilherme Mattis e Igor;
Claudinei, Lucas e Felipe Menezes (Guilherme);
William Barbio, Maílson (Ferrugem) e Zé Carlos (Victor Rangel)
Técnico: Jean Carlos