Copa do Brasil: Mixto está confiante para tentar surpresa contra Chapecoense

Lateral do Mixto afirma: vitória sobre a Chapecoense pode mudar a vida de todos

por Agência Futebol Interior

Cuiabá, MT, 05 (AFI) - O futebol é o esporte dos mais democráticos e a Copa do Brasil, assim como as Copas por todo o mundo, é a competição que junta equipes de todo o país com chances, em jogos eliminatórios, tornando o imponderável cada dia mais possível. Assim está o Mixto, que surpreendeu o CSA, clube de primeira divisão, na primeira fase, e agora pega a Chapecoense, outro de série A, buscando chegar à terceira fase e arrecadar o que jamais pensou que pudesse em um ano.

Desta maneira, os jogadores se motivam e encaram a partida desta quarta feira, na Arena Pantanal, como uma decisão. Um dos mais importantes jogadores do elenco, o lateral direito Arilton, eleito por seis vezes para a seleção da rodada no campeonato estadual, convocou a torcida e espera superar a fase e realizar um sonho para um clube que busca voltar ao cenário.

“O Mixto tem procurado nos dar todas as condições e voltar ao mercado como era nos anos 70 e 80. Temos a oportunidade de entrar para a história e vamos fazer o máximo. Tivemos uma ótima atuação contra o CSA e agora a regra mudou. Podemos vencer e classificar, mas podemos também levar para os pênaltis. Nosso time tem jogado bem, mostrado força e entrosamento, o que me faz acreditar em passagem de fase. Uma vitória e a classificação podem mudar a vida de todos nós. Eu já joguei em grandes clubes e sei o quanto o futebol pode mudar a vida de muitos. Vamos atrás disso”, disse o ex lateral do Coritiba, Internacional e Bahia.

Arilton reconhece a força da Chapecoense por ser um time de primeira divisão, mas sabe que a Copa do Brasil é bem diferente no regulamento e na forma que é encarada.

“Temos que jogar com inteligência e saber que a Chapecoense tem uma equipe forte, acostumada a grandes competições. Eles estavam jogando a Sul Americana e teremos um grande desafio. Mas a briga em campo é igual e vamos com tudo para dar esta alegria ao povo mato-grossense”, concluiu o lateral de 29 anos e que está em grande fase, como um dos principais do time.