CRB 0 x 3 São Paulo - Tricolor goleia, avança e ganha confiança na Copa do Brasil

Como já tinha vencido o primeiro jogo por 2 a 0, comemorou tranquilamente a classificação nesta terceira fase

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 14 (AFI) - Sob os olhares do técnico Diego Aguirre, o São Paulo goleou o CRB por 3 a 0 no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), e se garantiu na quarta fase da Copa do Brasil. Marcos Guilherme abriu o placar, Valdívia ampliou e Rodrigo Caio fechou o resultado nesta quarta-feira. Como já tinha vencido o primeiro jogo por 2 a 0, comemorou tranquilamente a classificação nesta terceira fase e ainda garantiu mais R$ 1,8 milhão de premiação nos cofres do clube.

Na área técnica, André Jardine mexeu na escalação do São Paulo antes mesma da bola rolar. Jucilei, que se recuperou de lesão, começou no time titular ao lado de Petros, mesma situação do zagueiro Anderson Martins. Na frente, Valdívia e Tréllez tiveram uma oportunidade, com Diego Souza e Nenê no banco de reservas. As mudanças deram mais velocidade ao time, que conseguiu se impor mesmo jogando fora de casa.

PRÓXIMOS PASSOS

O São Paulo já tem compromisso marcado para este sábado, às 16 horas, no primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista. No estádio Anacleto Campanella, o clube enfrenta o São Caetano na estreia do técnico Diego Aguirre, contratado recentemente para o lugar de Dorival Júnior. Pela Copa do Brasil, o time ainda não sabe quem será seu adversário na quarta fase, já que os confrontos serão definidos por sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

MOVIMENTADO

A estratégia do CRB era aproveitar o início do jogo para pressionar o adversário no campo de defesa. Mazola Júnior deixou claro durante a semana que os alagoanos ainda podiam buscar a classificação dentro de casa, mas para isso precisariam abrir o placar ainda no primeiro tempo. O que o técnico não contava era com um vacilo dos seus comandados com apenas cinco minutos de bola rolando. Em cochilo da marcação, Marcos Guilherme abriu o placar para o São Paulo.

O zagueiro Flávio Boaventura tentou um chutão para frente, mas a bola bateu nas costas do companheiro Feijão e, no bate e rebate, ficou com Valdívia, que entrou em velocidade pela esquerda, saiu na frente da marcação e cruzou para trás. Cueva tentou dominar e ela ficou quicando na meia-lua, onde estava Marcos Guilherme. O camisa 23 girou o corpo e bateu bonito, no canto do goleiro João Carlos, que não conseguiu alcançar.

POR POUCO

No lance seguinte, aos 11 minutos, o São Paulo já poderia ter ampliado o placar. Cueva encontrou espaço pela esquerda, a marcação não encostou e ele foi levando até a linha da grande área. Rodrigo Caio, se aventurando no ataque, recebeu na marca do pênalti e poderia bater, mas preferiu rolar para Tréllez, que estava ao lado. O atacante, frente a frente com João Carlos, finalizou torto e acabou jogando pela linha de fundo.

A resposta do CRB veio com 28 minutos, em lance que poderia ter mudado a história da partida. Edson Ratinho acertou um belo passe de três dedos para Willians Santana, que recebeu pela esquerda e saiu mano a mano com Jean, mas bateu rasteiro. A bola tocou no goleiro e passou na frente de Neto Baiano, que se esticou, mas não conseguiu alcançar.

GOLEADA

O segundo gol do São Paulo saiu com apenas dois minutos de bola rolando no segundo tempo. Cueva, mais centralizado, tocou para Petros, que aparecia à frente. O volante tabelou com Marcos Guilherme pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou no segundo pau. Valdívia entrou em velocidade e bateu firme, sem goleiro, para ampliar o placar. As mudanças de André Jardine, com aval de Diego Aguirre, pareciam dar certo.

Em cobrança de escanteio pela esquerda, Valdívia jogou praticamente na linha da pequena área, onde estava Rodrigo Caio, que subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes, aos 13 minutos. O terceiro gol não só deu confiança para o São Paulo, como abafou a torcida do CRB, que se calou nas arquibancadas e em alguns momentos passou a vaiar o time. Com o resultado já construído, Jardine aproveitou para dar uma oportunidade para Brenner, Liziero e Lucas Fernandes.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
14/03/2018
Horário
19h30
Local
Rei Pelé - Maceió (AL)
Árbitro
Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Renda
R$ 285.190,00
Assistentes
Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique de Lima Filho (RJ)

Público
10.550 pagantes (13.248 total)
Cartões Amarelos
CRB-AL: Edson Ratinho, Flávio Boaventura
São Paulo-SP: Petros, Tréllez

Gols
São Paulo-SP: Marcos Guilherme 5' 1T, Valdívia 2' 2T, Rodrigo Caio 13' 2T
CRB-AL
João Carlos;
Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Diego;
Feijão (Serginho), Juliano, Edson Ratinho (Rafael Bastos) e Willian Santana;
Juninho Potiguar e Neto Baiano (Marcão).
Técnico: Mazola Júnior.
São Paulo-SP
Jean;
Éder Militão, Anderson Martins, Rodrigo Caio e Júnior Tavares (Liziero);
Petros (Lucas Fernandes), Jucilei e Cueva;
Valdívia, Marcos Guilherme e Tréllez (Brenner).
Técnico: André Jardine (interino).
 
 
" />