Nacional-AM x Ponte Preta - Focada, Macaca jogará com força máxima em Manaus

Querendo ir bem na Copa do Brasil, a Ponte não poupará contra o rival amazonense que vive tempos de turbulência

por Agência Futebol Interior

Manaus, AM, 05 (AFI) – A Ponte Preta definiu a Copa do Brasil como prioridade para 2018 e o clube campineiro já terá seu primeiro desafio no torneio nesta terça-feira. A Macaca enfrentará o Nacional-AM, que trocou de treinador nas vésperas do confronto. O jogo acontecerá na Arena da Amazônia, em Manaus, com início às 19h15.

Vale destacar que a Ponte Preta está melhor colocada do que o Nacional no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e por isso se classificará em caso de empate nesta terça-feira. Ao time amazonense, só interessa a vitória.

O Nacional não começou nada bem em sua campanha no Campeonato Amazonense. O time de Manaus está no Grupo A e, após três das quatro partidas da primeira fase, ainda não conseguiu vencer, deixando sua classificação para ser definida na última rodada. O clube no momento tem os mesmos dois pontos do CDC Manicoré, com que disputa a vaga, mas leva a pior nos critérios de desempate.

A Ponte Preta começou o ano com atenções voltadas para o Paulistão, pelo qual já realizou cinco jogos, tendo vencido dois, perdido dois e empatado um. Os cinco pontos somados mantém a Ponte em segundo no Grupo B, mas firme na briga pela classificação na chave que também conta com São Paulo, Santo André e São Caetano.

Com o recente rebaixamento para a Série B e dificuldades financeiras, a Ponte busca a classificação para encorpar suas receitas. Cerca de R$ 500 mil serão depositados, caso a Ponte Preta confirme o favoritismo.

Nacional foi comandado por Arthur Bernardes já no domingo (Foto: Ennas Barreto/Nacional)
Nacional foi comandado por Arthur Bernardes já no domingo (Foto: Ennas Barreto/Nacional)

MUDOU O TÉCNICO, MAS E O TIME?
Dois dias antes do confronto pela primeira fase da Copa do Brasil, o técnico Sinomar Naves, do Nacional, pediu demissão. O comando do elenco voltará a ser de Arthur Bernardes, treinador que estava à frente do Naça antes da chegada de Sinomar e que também participou da montagem do atual elenco do clube.

O novo treinador comandará dois treinamentos antes de enfrentar a Ponte Preta e, com 24 atletas à disposição, não deverá fazer grandes alterações na equipe. O time deverá ser parecido com o que enfrentou o Rio Negro no empate por 1 a 1 no último sábado.

Algumas possíveis mudanças são a entrada do goleiro Paulo Wanzeler no lugar de Valverde, que não foi bem na última partida, e também a entrada de Cristiano, que possui experiência em ligas europeias, no lugar de Aleexsandro no meio-campo. Ivanilson Jackie Chan pode ser uma opção do treinador para tentar surpreender a Ponte Preta.

Ponte Preta usará força máxima contra o Naça (Foto: PontePress/ Thiago Toledo)
Ponte Preta usará força máxima contra o Naça (Foto: PontePress/ Thiago Toledo)
PONTE FOCADA
O treinador afirma que a Ponte vai até Manaus enfrentar o Nacional na estreia da Copa do Brasil, na noite de terça-feira, com o que tem de melhor.

“É um jogo difícil, pois não é mata-mata e sim mata: um jogo só. Vamos levar esse grupo para Manaus, avaliar como eles estão. Para que a gente possa montar a melhor equipe. A gente sabe das dificuldades de se jogar em Manaus, do clima, do fuso horário e da equipe do adversário também que está se arrumando, é uma equipe forte. Vamos com força máxima. A ideia é tentar classificar porque é importante financeiramente para a Ponte Preta”, finaliza.

O treinador da Ponte Preta não vem conseguindo repetir escalações neste início de temporada. E, apesar de ter confirmado ir com força máxima contra o Nacional, Eduardo Baptista poderá promover a volta de Tiago Real ao time. O jogador esteve fora da partida contra o Ituano porque estava suspenso por cartões no Paulistão.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
06/02/2018
Horário
19h15
Local
Arena da Amazônia - Manaus (AM)
Árbitro
Savio Pereira Sampaio - DF

Renda
R$ 38.610
Assistentes
Jose Reinaldo Nascimento Junior - DF e Daniel Henrique da Silva Andrade - DF

Público
2.375 pessoas
Nacional-AM
Valverde;
Pedro Balu, Kennedy, Zé Antônio e Felipe;
Júnior Baé, Adonias (Delciney), Cristiano (Rodrigo Ítalo) e Fininho;
Paulo Roberto e Alexsandro (Jackie Chan).
Técnico: Arthur Bernardes
Ponte Preta-SP
Ivan;
Emerson, Luan Peres, Renan Fonseca e Jeferson;
Marciel, Tiago Real e Léo Artur;
Orinho, Felippe Cardoso (Yuri) e Silvinho (Felipe Saraiva).
Técnico: Eduardo Baptista
 
 
" />