Atlético-AC 1 x 1 Atlético-MG - Em rinha de galos, melhor para o mineiro

Equipe de Belo Horizonte sai atrás do placar, mas garante o empate, suficiente para ir à segunda fase

por Agência Futebol Interior

Rio Branco, AC, 07 (AFI) - Apesar de todas as dificuldades, o Atlético Mineiro segurou a empolgação do xará, Atlético Acreano, na Arena da Floresta, e se garantiu na segunda fase da Copa do Brasil. Como todo visitante nessa primeira fase, a equipe mineira jogava pelo empate. Foi o que aconteceu: sem empolgar, segurou o 1 a 1 no duelo disputado em Rio Branco-AC.

Agora, o Galo Mineiro vai ser desafiado pelo Botafogo-PB. A equipe botafoguense bateu o Floresta, fora de casa, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, no último dia 31, por 2 a 0. Quem passar desse confronto encara, na terceira fase, o vencedor do duelo entre Figueirense e Oeste, que vão se enfrentar em Florianópolis.

PRIMEIRO TEMPO
Antes que qualquer panorama da partida pudesse ser traçado, o Galo Carijó abriu o placar de maneira surpreendente. Depois sobra do escanteio, João Marcus recebeu livre de marcação na entrada da pequena área e inaugurou o marcador.

O Galo Mineiro, então, se viu forçado a partir pra cima do adversário. Tentava bastante, mas errava muito e não levava perigo ao gol rival. Aos 23, Ricardo Oliveira pediu pênalti após ser derrubado dentro da área. O juiz mandou seguir. Já próximo aos acréscimos, aos 43, quando tudo apontava que os acreanos sairiam vitoriosos na primeira etapa, Erik aproveitou rebote de Roger Guedes para deixar tudo igual.

SEGUNDO TEMPO
Assim como no primeiro tempo, o Atlético-AC foi com tudo pra cima. Aos 4, Polaco bateu falta com perigo e quase recolocou a equipe em vantagem. Entretanto, a pressão não surtia mais efeito pois faltava qualidade, além de mais tranquilidade.

Após o abafa dos donos da casa, o Galo das Minas Gerais só foi ameaçar o arqueiro rival aos 20, quando Ricardo Oliveira ficou de frente para o gol. No entanto, o ex-atacante do Santos chutou sobre a zaga mandante. Pouco depois, Elias não aproveitou jogada de Marco Túlio, desperdiçando um lance incrível. Sem pernas, o Galo Carijó não teve forças para tentar fazer uma última pressão.

E AGORA, GALO MINEIRO?
As atenções do Atlético Mineiro se voltam agora para o Campeonato Mineiro. Pela sexta rodada, neste sábado, às 16h30, terá pela frente a Caldense, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Na tabela de classificação, o time está em terceiro lugar com oito pontos, cinco atrás do líder Cruzeiro e a dois do vice América-MG.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
07/02/2018
Horário
21h45
Local
Arena da Floresta - Rio Branco (AC)
Árbitro
João Batista de Arruda (CBF/RJ)

Assistentes
Dibert Pedrosa Moises (CBF/RJ) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (CBF/RJ)

Cartões Amarelos
Atlético Acreano-AC: Leandro Jucá, Matheus Damasceno
Atlético-MG: Samuel Xavier, Elias, Otero

Gols
Atlético Acreano-AC: João Marcus 6' 1T
Atlético-MG: Erik 43' 1T
Atlético Acreano-AC
Raphael Barrios;
Matheus Damasceno, João Marcus, Diego, Jeferson;
Leandro Jucá (Wilson), Jackson Kássio, Ancelmo (Luiz Henrique), Araújo Jordão (Eduardo);
Rafagol e Polaco
Técnico: Álvaro Miguéis
Atlético-MG
Victor;
Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos;
Arouca (Adilson), Elias, Erik (Marco Túlio);
Otero, Roger Guedes (Luan);
Ricardo Oliveira
Técnico: Oswaldo de Oliveira