Vitória 3 x 1 Portuguesa – Com braço enfaixado, artilheiro comanda virada do Leão

Com dores no braço, o atacante Kieza disputou o segundo tempo com uma tipóia e participou de dois gols

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 19 (AFI) – O Vitória está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. Depois de um empate sem gols na partida de ida no Canindé, o time baiano venceu a Portuguesa por 3 a 1 nesta quinta-feira, no Barradão, e segue vivo na disputa da competição.

Classificado, o time baiano enfrenta na próxima fase o Cruzeiro, que avançou sem a necessidade do jogo de volta já que bateu o Londrina por 2 a 0 no Estádio do Café.

TUDO IGUAL NA PRIMEIRA ETAPA
Jogando em casa, o Vitória começou melhor, mas não conseguia se infiltrar na defesa adversária e apostava em chutes de fora da área, principalmente com o meia Leandro Domingues.

A Portuguesa também chegava com perigo e após desperdiçar algumas chances, conseguiu abrir o placa com Diego Gonçalves, aos 19 minutos. A jogada começou com o lateral-direito Digão que foi à linha de fundo e cruzou na cabeça do atacante. Diego completou sem chances para o goleiro Fernando Miguel.

Após o gol, o time do Vitória reagiu e passou a pressionar os paulistas em busca do gol de empate. De tanto insistir, a grande chance veio aos 41 minutos, quando Cesinha tocou com a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o time da casa. Na cobrança, o lateral Diego Renan deslocou o goleiro e deixou tudo igual no placar antes do intervalo.

KIEZA COMANDA A VIRADA
Na segunda etapa, o Vitória voltou ainda mais disposto a se lançar ao ataque e não demorou para virar o marcador. Com dores no braço esquerdo, o atacante Kieza retornou ao gramado com uma tipoia imobilizando o braço, mas isso não o impediu de comandar a virada.

Aos quatro minutos a bola foi levantada para a área por Alípio, Kieza concluiu para o gol e exigiu grande defesa de Luis Carlos, mas no rebote, o volante Marcelo se esticou para completar para o fundo do gol.

Aos 37, o atacante balançou as redes. Lançado por Amaral, ele deu um toque de classe na saída do goleiro e a bola foi rolando mansamente até cruzar a linha do gol.

Com o resultado na mão, o time da casa diminuiu o ritmo e administrou a posse de bola com inteligência para conter as investidas adversárias até o apito final.

Ficha Técnica

Fase
2.ª Fase
Rodada
2ª rodada
Data
19/05/2016
Horário
21h30
Local
Estádio Barradão - Salvador (BA)
Árbitro
Rodrigo Batista Raposo (DF)

Renda
R$ 37.200,00
Assistentes
Ciro Chaban Junqueira (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

Público
5.251 pagantes
Cartões Amarelos
Vitória-BA: Marcelo
Portuguesa-SP: Diego Gonçalves, Cesinha, Bruno Nunes, Marcelo Labarthe

Gols
Vitória-BA: Diego Renan 41' 1T, Marcelo 4' 2T, Kieza 37' 2T
Portuguesa-SP: Diego Gonçalves 19' 1T
Vitória-BA
Fernando Miguel;
Norberto (Maicon Silva), Victor Ramos, Ramon e Diego Renan;
Marcelo, Amaral, Tiago Real, Leandro Domingues (David) e Alípio (Flávio);
Kieza.
Técnico: Vagner Mancini.
Portuguesa-SP
Luis Carlos;
Digão, Talis, Guilherme Almeida e Cesinha;
Ferdinando, Boquita (André Beleza), Caio Cézar (Marcelo Labarthe) e Gustavo Tocantins;
Diego Gonçalves e Bruno Mineiro (Bruno Nunes).
Técnico: Anderson Beraldo.
 
 
" />