Coritiba 6 x 0 Palmeiras - Em ritmo de três vira, seis acaba, Coxa aumenta invencibilidade

Com essa goleada, o Coritiba praticamente coloca um pé nas semifinas da Copa do Brasil

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 05 (AFI) - Dono da maior sequência invicta do futebol brasileiro, o Coritiba, querendo aumentar a invencibilidade, recebeu na noite desta quinta-feira o Palmeiras no Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR e goleou por 6 a 0, em partida válida pelo jogo de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil.

Agora, o Coxa acumula 29 jogos, sendo 27 vitórias e dois empates, sendo a 24ª vitória seguida. Ambos voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Estádio do Pacaembu, às 21h50, em São Paulo e o Coritiba pode perder até por cinco gols de diferença que avança às semifinais. O vencedor desse duelo encara o ganhador do jogo entre Flamengo e Ceará.

Três vira...
Jogando em casa e com o apoio da torcida, o Coritiba começou melhor o primeiro tempo e logo, aos dois minutos, perdeu uma grande chance. Depois do cruzamento da direita, o zagueiro Emerson subiu sozinho e cabeceou forte, mas a bola passou perto da trave direita do goleiro Marcos do Palmeiras.

Colocando uma grande pressão no início do jogo e por isso não demorou muito para o Coritiba abrir o placar, aos 11 minutos. Rafinha cobrou escanteio pelo lado esquerdo, o zagueiro Emerson subiu novamente sozinho no meio da grande área e cabeceou no canto direito do goleiro Marcos que não conseguiu fazer a defesa.

Após abrir o placar, o Coxa não diminuiu a intensidade e por conseguiu ampliar, aos 21 minutos. Depois de boa troca de passes, o atacante Bill desceu pela esquerda e cruzou rasteiro para área, Davi apareceu sozinho e bateu por baixo do goleiro Marcos.

O Palmeiras não conseguia chegar ao ataque adversário, com isso o Coritiba continuou no ataque e perdeu mais uma boa chance, aos 37 minutos. Depois do levantamento para área, Pereira subiu mais que Danilo e desviou de cabeça, mas o goleiro Marcos se esticou todo e espalmou para escanteio.

Mesmo sem fazer uma grande primeira etapa, o Palmeiras ainda conseguiu levar perigo ao Coritiba, aos 41 minutos. Após cruzamento de Marcos Assunção, o zagueiro Leandro Amaro cabeceou, só que a bola passou perto da meta do goleiro Edson Bastos.

Com um futebol de “encher os olhos”, o Coritiba ainda marcou o terceiro na última grande chance do priemeiro tempo, aos 43 minutos. O volante Léo Gago dominou na intermediária, se livrou da marcação de Kléber e chutou forte, a bola desviou no zagueiro Danilo e entrou no canto direito do goleiro Marcos.

Seis acaba
Mesmo com uma boa vantagem, o Coritiba voltou com tudo para o segundo tempo e logo, aos 10 minutos, conseguiu marcar o quarto, depois que o juiz da partida deu pênalti de Leandro Amaro em Bill. O próprio jogador bateu e a bola entrou no canto esquerdo do goleiro Marcos que acertou o lado, mas não fez a defesa.

O Coritiba seguiu em cima do Palmeiras, perdendo uma grande oportunidade, aos 24 minutos. Léo Gago recebeu na entrada da área e mesmo cercado por três marcadores chutou firme, só que a bola acabou subindo e passou por cima do travessão de Marcos.

A equipe do Palmeiras pouco chegava, já que Rivaldo acabou sendo expulso no segundo tempo e com isso o Coritiba perdeu mais uma chance, aos 31 minutos. Geraldo entra na grande área e rola para Davi, o jogador se livrou da marcação e bateu, a bola novamente passou raspando o travessão do goleiro Marcos.

O Coritiba era muito superior na partida e ainda chegou o quinto gol, aos 46 minutos. Geraldo que entrou na vaga de Rafinha, invadiu a área pela esquerda, depois de linda jogada individual e bateu forte, sem chances para o goleiro Marcos.

Percebendo o time do Palmeiras "desanimado", o Coritiba no último lance do jogo marcou, aos 48 minutos. Anderson Aquino dominou dentro da grande área, mesmo caído no chão ele bateu de perna direita, o goleiro Marcos só viu a bola entrando no canto esquerdo.

Ficha Técnica

Coritiba 6 x 0 Palmeiras

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden-RS
Assistentes: Altemir Hausmann-RS e Júlio Cesar Rodrigues Santos-RS
Público: 28.870 pagantes
Renda: R$ 848.620,00
Cartões amarelos: Cleiton, Emerson, Leandro Donizete, Léo Gago e Rafinha (Coritiba); João Vítor, Luan e Rivaldo (Palmeiras);
Cartão vermelho: Rivaldo (Palmeiras);
Gols: Emerson, aos 11’/1T, Davi, aos 21’/1T, Léo Gago, aos 43’/1T, Bill, aos 11’/2T, Geraldo, aos 46'/2T e Anderson Aquino, aos 48'/2T (Coritiba);

Coritiba
Edson Bastos; Jonas, Emerson, Pereira (Cleiton) e Lucas Mendes; Léo Gago, Leandro Donizete (Willian), Rafinha (Geraldo) e Davi; Anderson Aquino e Bill.
Técnico: Marcelo Oliveira.

Palmeiras
Marcos; João Vítor (Chico), Leandro Amaro, Danilo e Rivaldo; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Patrik (Wellington Paulista) e Lincoln (Adriano); Luan e Kléber.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.