ESPECIAL COPA DO BRASIL: Com muita dancinha, Meninos da Vila levantam título inédito

Confira tudo que aconteceu na edição 2010 da Copa do Brasil

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - Com um futebol envolvente e “moleque”, o Santos passou pelo o Vitória na grande final e se sagrou pela primeira vez na história do clube, campeão da Copa do Brasil, além de garantir uma vaga na Libertadores de 2011.

Para conquistar o título da Copa do Brasil, o Santos Futebol Clube realizou 11 partidas, com sete vitórias e quatro derrotas. O time marcou 39 gols e sofreu 15, tendo um saldo de 14. O artilheiro do time na disputa e da competição foi Neymar, com 11 gols e o craque do campeonato foi Paulo Henrique Ganso.

Caminhada dos “Meninos da Vila”
O primeiro desafio do Santos na Copa do Brasil aconteceu diante do Naviraiense, do Mato-Grosso do Sul. O jogo foi complicado, mas com um gol de Marquinhos a equipe do Peixe venceu a primeira. Na partida de volta, na Vila Belmiro, o time da Baixada Santista aplicou uma goleada histórica, por 10 a 0.

Na segunda fase, o Santos eliminou a partida de volta, ao vencer o Remo, do Pará, por 4 a 0, gols de Neymar e André, ambos marcaram dois gols. O jogo aconteceu no Estádio Mangueirão, em Belém-PA.

Duelo paulista
Já nas oitavas-de-final, o Santos encarou um time da elite do Campeonato Brasileiro, o Guarani. Só que jogando em casa, na primeira partida, o Peixe não deu mole e goleou fácil por 8 a 1, levando uma grande vantagem para o segundo jogo.

Na segunda partida em Campinas, o Santos poupou vários jogadores titulares e escalou um time misto, talvez por isso, a equipe perdeu para o Guarani por 3 a 2, mas sem grandes sustos de ser eliminado.

Sufoco e alívio!
A partir das quartas-de-final, o bicho pegou para o Santos. No primeiro jogo, em Belo Horizonte, o Santos perdeu para o Atlético-MG, por 3 a 2, com três gols do Galo sendo marcado por Diego Tardelli.

Apesar da derrota, o resultado foi comemorado pelos dois gols marcados fora de casa. Na Vila Belmiro, o Santos não teve grandes dificuldades e venceu por 3 a 1, com gols de André, Neymar e Wesley.

Gaúcho no caminho
Na semifinal, o Santos fez um dos jogos mais disputados e um dos melhores do ano de 2010, quando enfrentou o Grêmio, no primeiro jogo sendo no Olímpico e foi derrotado por 4 a 3, onde narradores gaúchos disseram que o Peixe iria ser eliminado.

Na partida de volta, na Vila Belmiro, o Santos fez uma verdadeira “blitz” e com shows de Robinho e Paulo Henrique Ganso venceu por 3 a 1, se credenciando a jogar a final da competição, onde se sagraria campeão.

A finalíssima
Na grande final, após o sorteio, ficou estabelico que o primeiro jogo seria na Vila Belmiro. Em casa e com o apoio do torcedor, o Santos venceu o Vitória por 2 a 0, com gols de Neymar e Marquinhos, levando para Salvador uma boa vantagem.

No Barradão, os santistas aproveitaram que o Vitória foi para cima e conseguiu abrir o placar. Mas no segundo tempo, o clube baiano conseguiu virar o jogo e venceu por 2 a 1, mas como na soma do resultado, o Santos venceu por 3 a 2, acabou ficando com o caneco.