Paysandu x Palmeiras - Matar o Papão logo na ida pela Copa BR!

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 16 (AFI) – O Paysandu está em alta após golear o rival Remo, por 4 a 2, no primeiro jogo da final do turno no Campeonato Paraense. Antes do embate que definirá o campeão, o Papão da Curuzu volta a campo, mas pela Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 21h50, o Bicolor encara o Palmeiras, no Estádio Mangueirão, em jogo válido pela ida na segunda fase da competição. Em caso de vitória dos visitantes por dois ou mais gols de diferença não haverá a necessidade do duelo de volta, em São Paulo.

Na primeira fase, o Paysandu eliminou o Potyguar-RN, mas precisou de dois jogos, pois não teve como passar pelo rival no Rio Grande do Norte. A exemplo do rival, o Palmeiras também precisou de dois jogos, pois venceu na ida somente por 1 a 0 e na volta confirmou a classificação com 4 a 0 diante do Flamengo-PI.

Querendo o jogo de volta!
A grande expectativa pelos lados do técnico Charles Guerreiro é contar com os recém-contratados Alexandre Carioca e Flávio Medina. O primeiro joga como volante, enquanto que o segundo atua como lateral-direito. Medina chegou sábado a Belém e foi apresentado na tarde de segunda. Apesar disso, os dois ainda esperam pela regularização junto ao BID da CBF, o que deve acontecer até o final da tarde. Quem também está fora é o atacante Enilton, ex-Palmeiras, que rescindiu o contrato.

Por outro lado, Charles Guerreiro terá força quase máxima diante do Verdão. Os únicos desfalques serão o lateral Álvaro e o meia Thiago Potiguar que já jogaram pelo Potiguar de Currais Novos e, de acordo com regulamento da Copa do Brasil, não podem jogar por duas equipes diferentes na mesma competição. O treinador conta, ainda, com a boa fase de Didi e Moisés, autores dos gols da vitória sobre o maior rival. Apesar disso, Didi sabe que não será fácil o confronto contra o Palmeiras, mesmo após a vitória no clássico estadual.

"São jogos totalmente diferentes, em competições diferentes. Temos que esquecer o Re-Pa por enquanto e pensar somente no Palmeiras. É uma ótima equipe e teremos que fazer o nosso melhor se quisermos vencer. Para esse jogo, muda totalmente o clima. O Re-Pa é um clássico que mexe com a cidade. Agora, é um confronto diferente com um time de nível nacional e o Brasil todo estará de olho", disse Didi em entrevista coletiva.

Sem Marcos, mas...
O técnico Antônio Carlos pregou respeito ao Paysandu, mas admitiu que o Palmeiras vai entrar em campo na quarta-feira em Belém com o objetivo de tentar eliminar a partida de volta.

"Seria importante pra nós por conta da sequência de jogos na quarta e domingo que teremos. Uma semana para trabalhar nesse momento seria importante. Mas sabemos das dificuldades porque o Paysandu vem de uma vitória em um clássico, então vamos buscar um resultado positivo independentemente do placar", disse, em entrevista ao SporTV.

Antônio Carlos explicou que dores no joelho esquerdo afastaram Marcos da partida contra o Paysandu, mas garantiu que o goleiro vai enfrentar a Ponte Preta, no Palestra Itália, no sábado, pelo Paulistão.

"O Marcos já vinha sentido umas dores, fez uma infiltração para jogar, então o deixamos em São Paulo para se recuperar. Mas não será problema", afirmou o treinador, que vai escalar Deola como titular, sendo a única mudança do time que venceu o Santos, por 4 a 3, no clássico paulista.

FICHA TÉCNICA

Paysandu x Palmeiras

Local: Estádio do Mangueirão, em Belém-PA
Data: 17/03/2010
Horário: 21h50
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro-MG (FIFA)

Paysandu
Alexandre Fávaro; Cláudio Allax (Flávio Medina), Leandro Camilo, Paulão e Zeziel; Tácio, Sandro, Marquinhos e Fabrício; Moisés e Didi.
Técnico: Charles Guerreiro.

Palmeiras
Deola; Eduardo (Márcio Araújo), Danilo, Léo e Armero; Pierre, Edinho, Cleiton Xavier e Diego Souza; Éwerthon e Robert.
Técnico: Antônio Carlos.