Cronista do Mato Grosso do Sul perde a paciência com presidente da Federação local

Aquidauanense e Águia Negra foram eliminados da Copa Verde com goleadas ainda na primeira fase

por Agência Futebol Interior

Campo Grande, MS, 20 (AFI) – As vergonhosas derrotas de Aquidauanense e Águia Negra, na tarde desta quarta-feira (20), pela Copa Verde, expôs o que todos sabem: o futebol do Mato Grosso do Sul é um dos piores – se não o pior – de todo o Brasil.

Nesta quarta-feira, o Aquidauanense perdeu de 7 a 0 para o Aparecidense-GO e o Águia Negra foi derrotado por 4 a 0 para o Sinop-MT, sendo ambos eliminados da Copa Verde.

E esse estágio em que se encontra o futebol sul-mato-grossense, na visão do jornalista Thiago Faria, editor da Rádio Futebol na Canela e referência no Estado, a culpa é do presidente da Federação local, Francisco Cezário de Oliveira.

“Há um ano e pouco atrás, o presidente Cezário pediu um espaço para falar em razão de críticas que vinha recebendo e ele disse que não iria admitir mais que o Mato Grosso do Sul não tivesse times para competir. E agora, Cesário? 11 a 0!”, desabafou, revoltado, Thiago Faria em suas mídias, fazendo pesadas e justas críticas ao cartola que está há mais de 20 anos na presidência da Federação local.

Francisco Cezário, responsável pelo futebol no Mato Grosso do Sul
Francisco Cezário, responsável pelo futebol no Mato Grosso do Sul

FUTEBOL DO MATO GROSSO DO SUL FICOU RUIM APÓS CEZÁRIO ASSUMIR FFMS
Destaque no futebol do Brasil nos anos 1970/80, o futebol do Mato Grosso do Sul virou saco de pancadas após a entrada de Francisco Cezário de Oliveira na Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

Há muitos anos nenhum time do Mato Grosso do Sul participa sequer da Série C do Campeonato Brasileiro e o Campeonato Estadual é um dos mais desorganizados e desprestigiados do Brasil.

CONFIRA O DESABAFO DO JORNALISTA THIAGO FARIA SOBRE A VERGONHA QUE VIROU O FUTEBOL DO MATO GROSSO DO SUL

Espaço incorporado por HTML (embed)