Botafogo 2 x 2 Novorizontino - Pantera arranca empate na Copa Paulista

Time de Ribeirão Preto saiu atrás, mas arrancou um ponto em casa

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 14 (AFI) - De forma heroica, o Botafogo foi buscar um empate para se manter invicto na Copa Paulista. Na tarde deste sábado, o time de Ribeirão Preto chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas foi buscar o empate no segundo tempo e terminou no 2 a 2 contra o Novorizontino, no Estádio Santa Cruz, em jogo válido pela terceira rodada.

VEJA A REAÇÃO DO BOTAFOGO

ÚNICO INVICTO

A Pantera é o único invicto do Grupo 1 e lidera com sete pontos, três na frente de Novorizontino. O Marília é vice-líder com seis pontos.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 15 horas, no Jorge Ismail Di Biasi, em Novo Horizonte. Este jogo vai marcar o início do returno da primeira fase.

VISITANTE NA FRENTE
Mesmo com o Botafogo mais no campo, o primeiro tempo terminou com o Novorizontino na frente. Em contra-ataque puxado com tranquilidade, Jackson foi acionado dentro da área e completou para o fundo das redes.

Os visitantes não perderam o embalo depois do intervalo e ampliaram com Rômulo, em finalização no ângulo.

Na reta final do segundo tempo, começou a reação do Botafogo que foi para o tudo ou nada. Aos 23 minutos, Edgar precisou finalizar duas vezes para marcar e descontar. Depois de cobrança de escanteio foi a vez de Alan Dias marcar, aos 31 minutos, e decretar o empate.

Novorizontino abriu vantagem e cedeu empate no fim
Novorizontino abriu vantagem e cedeu empate no fim

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
3ª rodada
Data
14/11/2020
Horário
15h00
Local
Santa Cruz - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Thiago Duarte Peixoto

Assistentes
Eduardo Vequi Marciano e Paulo de Souza Amaral

Gols
Botafogo: Edgar 23' 2T, Alan Dias 31' 2T
Novorizontino: Jackson 46' 1T, Rômulo 12' 2T
Botafogo
Gustavo;
Edson Júnior, João Victor (Matheus Ribeiro), Alan Dias e Martineli (Dener);
Jonata Machado, Calabres e Wesley (Rafael);
Dudu Hatamoto, Murilo Oliveira (Emerson) e Luketa (Edgard)
Técnico: Samuel Dias
Novorizontino
Luís Filipe;
Claudinei (Danilinho), Rique, Almeida (Leonardo) e Gabriel;
Rafael, Luiz Fernando, Privatti e Jackson (Mikael);
Cris e Rômulo (Marcos)
Técnico: Willian Sander