São Caetano 4 x 0 Santo André - Azulão goleia no clássico do ABC

A vitória deixa o time do Anacleto Campanella na liderança do Grupo 10, empatado com o Mirassol

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 02 (AFI) – Nada melhor do que uma vitória em clássico para ganhar confiança. E foi justamente o que o São Caetano fez nesta quarta-feira. O Azulão recebeu o rival Santo André no Anacleto Campanella, pela segunda rodada da terceira fase da Copa Paulista e goleou por 4 a 0.

Com a vitória, o Azulão assume a liderança do Grupo 10 com quatro pontos, mesma pontuação do Mirassol, mas com saldo de gols superior (4 a 1).

A Ferroviária, que perdeu para o Mirassol por 2 a 1 na outra partida da chave, está na terceira posição com três pontos, enquanto o Santo André é o lanterna e único time que ainda não pontuou.

AZULÃO COMEÇA COM TUDO
O São Caetano começou melhor na partida e abriu o placar logo aos oito minutos. Alex Reinaldo cobrou escanteio da direita e Mazinho se antecipou à marcação para completar para o fundo do gol.

Pouco depois, aos 15 minutos, Alex Reinaldo começou a jogada novamente e serviu Gleyson, que dividiu com o goleiro Luís Augusto para marcar o segundo gol do Azulão.

VIROU GOLEADA
A superioridade do time da casa seguiu no segundo tempo e, aos seis minutos, Jean Dias pegou a sobra na entrada da área e acertou belo chute colocado para fazer o terceiro.

Sem poder para reagir, o Santo André viu o rival tocando a bola e administrando a vantagem até o apito final e não conseguiu evitar a derrota de goleada.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo final de semana, pela terceira rodada da terceira fase da Copa Paulista. No sábado, o São Caetano recebe a Ferroviária, no Anacleto Campanella. No domingo, o Santo André visita o Mirassol no Maião.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
02/10/2019
Horário
20h00
Local
Anacleto Campanella - São Caetano do Sul (SP)
Árbitro
Danilo da Silva

Assistentes
Gustavo Rodrigues de Oliveira e Leandro Matos Feitosa

Gols
São Caetano: Mazinho 8' 1T, Gleyson 15' 1T, Jean Dias 6' 2T, Marlon 27' 2T
São Caetano
Tom;
Alex Reinaldo, Júnior Alves, Max e Bruno Recife;
Mazinho, Karl, Jean Dias e Clayton (Anderson Rosa);
Emerson Santos e Gleyson (Marlon).
Técnico: Marcelo Vilar
Santo André
Luís Augusto;
Diego Gomes, Magno, João Pedro e Rafael Leme;
Johnson, Matheus Santiago (Denis Germano), Léo Apolinário (Vinícius Rodrigues) e Alex Nagib;
Wesley Pereira (Matheus Soares) e Victor Sapo.
Técnico: José Carlos Palhavan