Mirassol 2 x 1 Santo André - Com gol aos 50, Leão vence e segue invicto na 3ª fase

Victor Caetano abriu o placar para o Leão, Eliandro empatou, mas Rafael Silva garantiu a vitória aos 50 minutos da etapa final

por Agência Futebol Interior

Mirassol, SP, 6 (AFI) - Em jogo com emoção até os últimos instantes, o Mirassol venceu o Santo André na manhã deste domingo, no estádio Maião, pela terceira rodada da terceira fase da Copa Paulista. Victor Caetano abriu o placar para o Leão da Araraquarense, Eliandro deixou tudo igual, mas Rafael Silva garantiu a vitória aos 50 minutos da etapa final.

Com o triunfo, o Mirassol tem sete pontos na segunda colocação do Grupo 10, enquanto o Ramalhão continua sem pontuar na lanterna (4º).

EQUILIBRADO

O jogo começou a mil por hora e logo aos três minutos quase o gol do time do time do ABC. Victor Sapo aproveitou vacilo da zaga dentro da área e chutou colocado, exigindo grande defesa do goleiro João Paulo.

Seis minutos depois, o time da casa deu o troco com Juninho, que arriscou de longe para a defesa de Augusto. Aos 15, Sapo, sozinho, na cara do gol, desperdiçou ótima chance para o Ramalhão em outro descuido da defesa do Leão da Araraquarense.

MIRASSOL ABRE O PLACAR

Aos 22 minutos, finalmente o placar foi aberto. Na cobrança de falta de Reverson, o zagueiro Victor Caetano apareceu de surpresa e meteu a cabeça sem chance para o arqueiro.

Em busca do tento de empate, Victor Sapo por pouco não deixou tudo igual aos 26 em boa cabeçada. O número um do time leolino só ficou olhando a bola sair pela linha de fundo. Em seguida, Gabriel Leite perdeu grande oportunidade de ampliar. Na cara do gol, tocou pra fora com o goleiro batido.

EMPATE DO RAMALHÃO

Nos acréscimos, Eliandro deixou tudo igual. Após boa troca de passes, Victor Sapo sofreu falta na entrada da área, mas o juiz deu vantagem. Isso porque Eliandro chutou de primeira e acertou o cantinho do gol. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

O segundo tempo começou com a mesma disposição da primeira etapa e aos cinco minutos Claudinho quase fez o segundo do Mirassol. Na entrada da área, encheu o pé a a bola passou rente a trave setor esquerdo. Na sequência, o time do ABC deu o troco com Johnson quase virando.

PÊNALTI PERDIDO

Dois minutos depois, Gabriel Leite saiu na cara do gol e tocou certo, mas o goleiro Luís Augusto foi mais feliz fazendo uma grande defesa. Aos 24, o Mirassol teve tudo para fazer. Na cobrança de pênalti de Juninho, o arqueiro do Santo André defendeu.

Aos 30 minutos, o número um do Ramalhão voltou a trabalhar ao defender chute forte de Neto Moura, que tinha direção certa. Aos 42, Jardisson, que havia entrado no lugar de Leite quase deixou a sua marca ao tocar rasteiro e a bola passou rente a trave.

GOL NO FIM

Quando tudo indicava o empate, Rafael Silva, nós acréscimos e no último lance da partida fez o gol da vitória do Mirassol. Após cruzamento para a área, Paulinho ficou com o rebote na intermediária e acionou Rafael Silva no lado esquerdo da área. Ele chutou cruzado e fez.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 10h, em São Paulo, no estádio Condo Rodolfo Crespi, na Rua Javari.

Ficha Técnica

Fase
Terceira Fase
Rodada
3ª rodada
Data
06/10/2019
Horário
10h00
Local
José Maria de Campos Maia - Mirassol (SP)
Árbitro
João Vitor Gobi

Renda
R$ 2.275,00
Assistentes
Ricardo Pavanelli Lanutto e Enderson Emanoel Turbiani da Silva

Público
223 pagantes
Cartões Amarelos
Santo André: Alex

Gols
Mirassol: Victor Caetano 22' 1T, Rafael Silva 50' 2T
Santo André: Eliandro 47' 1T
Mirassol
João Paulo;
Weriton, Victor Caetano, Reniê e Reverson;
Maicon Souza, Neto Moura e Juninho;
Gabriel Tallari (Paulinho), Gabriel Leite (Jardisson) e Claudinho (Rafael Silva).
Técnico: Ricardo Catalá
Santo André
Luís Augusto;
Rafael Leme, Eliandro, Dênis Germano e Wesley Pereira;
Gean, Alex Nagib (Matheus Santiago), Vitor Vieira (Matheus Soares) e Vitor Sapo;
Johnson e Vinícius Rodrigues (Léo Apolinário).
Técnico: José Carlos Palhavan