Copa Paulista: EC São Bernardo busca igualar feito de Votoraty de Fernando Diniz

Além do representante de Votorantim, apenas Santos e Paulista conseguiram o título no ano que estrearam

por Federação Paulista (FPF)

São Bernardo do Campo, SP, 21 A(FI) - O EC São Bernardo é o único estreante da 20ª edição da Copa Paulista e mantém viva as chances de título. O próximo desafio é contra o ‘vizinho’ São Caetano e o time espera superar o rival para tentar igualar um feito que já dura 10 anos.

Em 2009, o Votoraty estreava na Copa Paulista após vencer a Série A3 da mesma temporada. Comandado por Fernando Diniz, o time de Votorantim foi campeão no ano de sua estreia, que acabou sendo também a sua única aparição no torneio.

Foto: Michel Lambstein
Foto: Michel Lambstein

Antes, apenas o Santos, em 2004, e o Etti Jundiaí (atual Paulista), no ano de estreia do torneio, conseguiram faturar o título em sua primeira participação.

Confira os estreantes de cada ano e a campanha de cada edição da Copa Paulista:

1999: Etti Jundiaí (atual Paulista, 1º), Ituano (2º), Ferroviária (3º), Taubaté (4º), Garça (5º), Rio Preto (6º), Jaboticabal (7º), União Barbarense (8º), Nacional (9º), Atlético Sorocaba (10º), Mirassol (11º), Mogi Mirim (12º), São José (13º), Francana (14º), Matonense (15º), Noroeste (16º), Santo André (17º), Araçatuba (18º), Rio Branco (19º), Sãocarlense (20º), Bandeirante (21º), Paraguaçuense (22º), XV de Jaú (23º), Portuguesa Santista (24º), Comercial (25º), Inter de Bebedouro (26º), Inter de Limeira (27º) e São Bento (28º).
2001: Juventus (3º), Marília (6º), Olímpia (12º)
2002: Barretos (5º), Sertãozinho (6º), Flamengo (7º), Independente (11º), União Mogi (16º)
2003: Rio Claro (8º), América (12º), Guarani (15º), XV de Piracicaba (18º), Palmeiras (20º), EC Osasco (21º), São Paulo (23º), São Caetano (25º), Taquaritinga (32º)
2004: Santos (1º), Corinthians (6º), Portuguesa (7º), Ponte Preta (13º), União São João (20º)
2005: Grêmio Barueri (5º), Botafogo (6º), Oeste (14º), Bragantino (21º)
2006: São Bernardo FC (3º), Santacruzense (7º), Itararé (10º), Osvaldo Cruz (19º), SEV-Hortolândia (20º), São Carlos (21º), Mauaense (30º)
2007: Linense (2º), Guaratinguetá (13º), Catanduvense (20º)
2008: Penapolense (9º), Itapirense (20º)
2009: Votoraty (1º), Pão de Açúcar (atual Audax, 10º), Grêmio Osasco (16º), Batatais (22º), Campinas (30º)
2010: Red Bull (2º)
2011: Velo Clube (4º), Taboão da Serra (20º)
2012: Capivariano (8º), Guaçuano (26º)
2013: Monte Azul (16º), Joseense (27º)
2014: Votuporanguense (8º)
2015: Primavera (13º)
2016: Água Santa (14º)
2017: Desportivo Brasil (6º) e Atibaia (19º)
2018: Novorizontino (8º)
2019: EC São Bernardo (semifinalista)