Portuguesa 2 x 0 Nacional - Lusa embola Grupo 3 em ‘estreia’ no Canindé

Organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), a competição tem cobertura completa pelo Portal Futebol Interior

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 06 (AFI) - Depois de fazer três partidas como mandante no José Liberatti, em Osasco, por conta de festas juninas e julinas em sua casa, a Portuguesa estreou, finalmente, no estádio do Canindé, em São Paulo. E o retorno não poderia ser melhor: na tarde desta terça-feira, vitória por 2 a 0 sobre o Nacional, no complemento da sétima rodada da primeira fase da Copa Paulista.

O resultado embolou o Grupo 4. Afinal, os lusitanos foram a sete pontos, apenas dois abaixo do Desportivo Brasil e dos ferroviários, que completam a zona de classificação para a segunda fase. Juventus, com 18, e Taubaté, com 11, aparecem à frente, enquanto o Corinthians segura a lanterna, com quatro.

É NO FUTEBOL INTERIOR
Organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), a competição tem cobertura completa pelo Portal Futebol Interior. Os jogos podem ser acompanhados online pelo PLACAR AO VIVO e também pelo aplicativo. O App Placar FI está disponível tanto no Google Play como na App Store.

CONFIRA COBERTURA COMPLETA DA COPA PAULISTA!

Portuguesa 2 x 0 Nacional - Lusa embola Grupo 3 em ‘estreia’ no Canindé
Portuguesa 2 x 0 Nacional - Lusa embola Grupo 3 em ‘estreia’ no Canindé

PRIMEIRO TEMPO
Nos primeiros 45 minutos de jogo, as duas equipes procuraram ter a posse de bola e ameaçaram o adversário em boas chegadas. A melhor delas, porém, foi dos donos da casa. Aos 23, o Nacional cobrou escanteio, que foi afastado pela zaga lusitana. Maicom Jesus armou o contra-ataque, fez linda jogada individual, tabelou com Doda, recebeu dentro da área e bateu forte para abrir o marcador para a Portuguesa.

SEGUNDO TEMPO
A etapa complementar teve um ritmo mais lento, com menos chegadas de ambos os lados. A Portuguesa, porém, foi cirúrgica quando teve a possibilidade de ampliar o marcador. Clebinho, aos 38 minutos, recebeu bela enfiada de bola, driblou o goleiro Felipe Lacerda e apenas rolou para o fundo do barbante.

PRÓXIMOS JOGOS
A Portuguesa volta a campo já na sexta-feira, quando vai ao Pacaembu, em São Paulo, encarar o Corinthians, às 15h. No dia seguinte, também às 15h, o Nacional recebe o Desportivo Brasil, no Nicolau Alayon, em São Paulo.

Portuguesa 2 x 0 Nacional - Lusa embola Grupo 3 em ‘estreia’ no Canindé
Portuguesa 2 x 0 Nacional - Lusa embola Grupo 3 em ‘estreia’ no Canindé

REGULAMENTO
Assim como já virou tradição, são duas vagas a competições nacionais em disputa. O campeão escolhe qual delas quer, enquanto o vice fica com a que sobrar. Em 2018, o Votuporanguense optou pela Copa do Brasil. A Ferroviária, consequentemente, ficou com um lugar no Campeonato Brasileiro da Série D.

Na primeira fase, os 24 participantes estão divididos de maneira regionalizada em quatro grupos de seis. Os quatro melhores de cada um deles avançam à segunda fase, que terá quatro chaves de quatro times. Depois, nova fase de grupos - dois de quatro. A reta final será disputada em semifinal e final.

Confira os resultados da 7ª rodada
Inter de Limeira
3
x
2
Noroeste
Votuporanguense
2
x
3
Ferroviária
Água Santa
2
x
1
Ponte Preta
Atibaia
0
x
1
Velo Clube
São Caetano
1
x
0
Grêmio Osasco
Linense
0
x
0
Comercial
Mirassol
6
x
0
Batatais
Rio Claro
1
x
2
XV de Piracicaba
Taubaté
2
x
1
Corinthians
Juventus
1
x
0
Desportivo Brasil
Santo André
0
x
3
EC São Bernardo
Portuguesa
2
x
0
Nacional
Próxima RodadaVeja a Classificação!

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
06/08/2019
Horário
16h00
Local
Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 4.480,00
Assistentes
Osvaldo Apipe de Medeiros Filho e Luis Felipe Prado Silva

Público
478 pessoas
Cartões Amarelos
Portuguesa: Guilherme Garutti, Gerley
Nacional: Cajú, Caio Mendes, Allan

Cartões Vermelhos
Nacional: Luiz Felipe
Gols
Portuguesa: Maicom Jesus 24' 1T, Clebinho 38' 2T
Portuguesa
Rafael Pascoal
Hudson, Henrique Motta, Garutti e Igor (Luiz Thiago);
Jonatas Paulista Clebinho Gerley e Doda;
Naná (Graxa) e Maicom Jesus (Gustavo Japa).
Técnico: Zé Maria
Nacional
Felipe Lacerda;
Veloso, Luiz Felipe, Rodrigo Sam e Caio Mendes;
Rogério Maranhão, Matheus Lu (Vinicius Faria), Allan Cristian e Lucas de Paula (Gabriel Mendes);
Tuique (Laécio) e Leandro Caju.
Técnico: Ricardo da Silva