Velo Clube 2 x 0 Inter de Limeira - Velo vence a primeira e respira na Copa Paulista

A equipe rubro-verde fez um grande jogo e venceu pela primeira vez na competição, entrando na briga pela classificação

por Renan Riggo - A Folha Esportiva

*Por Renan Riggo

Rio Claro, SP, 19 (AFI) - Na noite desta sexta-feira, o Velo Clube recebeu a Inter de Limeira no Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro, pela quinta rodada da primeira fase da Copa Paulista, e venceu pelo placar de 2 a 0, com tentos anotados por Pedrinho e Niander.

Com este resultado, o Velo vai a quatro pontos e assume momentaneamente a quinta colocação do Grupo 2, enquanto a Inter permanece na vice-liderança, com oito pontos, mas podendo ser ultrapassada pelo Rio Claro ao término da rodada.

COMEÇO TRUNCADO
A partida começou bastante truncada em Rio Claro. Antes do primeiro minuto de jogo, após uma dividida, Pivetta, camisa 7 da Internacional, ficou sentindo no gramado e teve que ser atendido pelos médicos do time limeirense. Na sequência, foi a vez de Chuck, do Velo Clube, sentir depois de um lance e precisar ser atendido pelos médicos velistas. O atacante do Rubro-Verde até tentou voltar ao jogo, mas não conseguiu e deu lugar a Luis Gustavo.

Os torcedores da Inter de Limeira compareceram em bom número e fizeram bastante barulho no setor destinado aos visitantes. Parecia que a Inter jogava em casa. A primeira boa chance de gol surgiu apenas aos sete minutos. Depois de boa jogada pela ponta esquerda, o Velo ganhou o lateral. A cobrança foi feita e Gustavo Henrique recebeu, calibrou e disparou um balaço de fora da área. A bola explodiu no travessão de Rafael Pin, goleiro da Inter.

A Internacional respondeu aos dez minutos com Helton Luiz, através de cobrança de falta. O meio-campista do time de Limeira realizou a cobrança de falta da ponta direita do ataque e jogou fechado para a pequena área. Felipe Rocha, arqueiro do Velo, saiu socando para afastar o perigo da cozinha velista.

O Velo voltou a assustar no vigésimo minuto da etapa inicial, depois de mais uma boa jogada pela ponta esquerda. O volante Eurico recebeu em condições de cruzar e deu um passe para Luis Gustavo bater de perna esquerda. Rafael Pin foi seguro e agarrou a pelota sem problemas.

VELO MELHORA
Aos 28 minutos, foi a vez da Inter perder um jogador por lesão. Após rápido contra-ataque puxado pelo Leão, o zagueiro Jean Pablo se lançou ao ataque para tentar definir a jogada, acabou dividindo uma bola com a zaga velista e levou a pior. O beque da Inter saiu machucado e deu lugar a Balardin, também zagueiro.

Durante o período que Jean Pablo passou sendo atendido fora de campo e a Inter ficou com um jogador menos, o Velo Clube aproveitou a vantagem numérica a inaugurou o marcador, aos 30 minutos. Pedrinho aproveitou o rebote de Rafael Pin, penetrou no espaço deixado pelo ausente beque da Inter e empurrou de esquerda para o fundo gol. Velo Clube 1 x 0 Inter de Limeira.

O Velo Clube quase chegou ao segundo gol antes do final da primeira etapa. Aos 42 minutos, após a defesa da Inter afastar a cobrança de escanteio, a bola sobrou com Niander, que lançou para o zagueiro Léo Santos dominar livre dentro da grande área e mandar uma bomba de desta. Rafael Pin fez uma bela defesa e jogou para escanteio.

Logo no início da etapa final, aos 2 minutos, a Internacional voltou e levar perigo. Depois de escanteio batido no segundo pau, houve um desvio para o meio da grande área e o zagueiro Oliveira mandou um voleio para o gol. A bola passou perigosamente à esquerda do gol de Felipe Rocha.

Pedrinho, que havia inaugurado o marcador para o Velo, respondeu aos 4 minutos da segunda etapa. O atacante ciscou na ponta direita, driblou a marcação da Inter e bateu forte de destra. A redonda desviou e passou muito perto da forquilha do gol de Pin, que nada pode fazer a não ser dar um golpe de vista e torcer.

Niander, experiente meio-campista do Velo Clube, vinha jogando muito bem. Cadenciando o jogo quando preciso, armando o time e coordenando a marcação. A ótima atuação foi coroado aos 17 minutos, com um golaço. O camisa 7 recebeu na entrada da grande área e mandou um torpedo de perna direita, no canto direito de Rafael Pin, para estufar as redes da Inter e ampliar o marcador. Velo Clube 2 x 0 Inter.

VITÓRIA GARANTIDA
O Velo, com a vantagem de dois gols, passou a cadenciar mais o jogo e a Inter ficou mais com bola, porém, sem muita efetividade, por méritos da marcação velista. Aos 29 minutos, o Galo Vermelho quase fez o terceiro tento. Janílson cobrou escanteio pela esquerda e Léo Santos subiu mais alto que a marcação leonina para testar para o gol. Rafael Pin realizou uma difícil defesa e salvou os limeirenses.

A Internacional buscava de todos os modos um gol para diminuir o prejuízo e almejar a busca pelo empate, mas esbarrava na marcação encaixado do Velo. Aos 46 minutos, já nos acréscimos, o Leão teve sua última oportunidade de marcar. O zagueiro Oliveira bateu falta da entrada da grande área, com força, e obrigou Felipe Rocha a trabalhar bem para evitar o gol da Inter. O placar não se movimentou mais e o Velo saboreou sua primeira vitória na Copa Paulista de 2019, que mantém acesas as esperanças de uma classificação à próxima fase.

PRÓXIMOS JOGOS
As duas equipes voltam a campo na próxima sexta-feira às 20 horas. O Velo faz o Dérbi Rio-clarense frente ao Rio Claro, no Benitão, ao passo que a Inter vai enfrentar o XV de Piracicaba, no Barão da Serra Negra, em Piracicaba.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
5ª rodada
Data
19/07/2019
Horário
20h00
Local
Benitão - Rio Claro (SP)
Árbitro
Rafael Gomes Felix da Silva

Renda
R$ 2.720,00
Assistentes
Edson Rodrigues dos Santos e Gilberto Aparecido Romachelli

Público
436 pessoas
Gols
Velo Clube: Pedrinho 30' 1T, Niander 17' 2T
Velo Clube
Felipe Rocha;
Caio (Kelvin), Felipe Codo, Léo Santos e Janílson;
Eurico, Niander e Gustavo Henrique;
Pedrinho, Chuck (Luis Gustavo) (Anderson Brito) e Samuel.
Técnico: Augusto Ambrogi (interino)
Inter de Limeira
Rafael Pin;
Rafael Ferro, Oliveira, Jean Pablo (Balardin) e Ferrugem;
Nata, Formigoni (Patrick) e Helton Luiz;
Pivetta (Tcharlles), Everton Sena e Chocolate.
Técnico: Edilson Santos