Santo André 2 x 0 Ponte Preta - Ramalhão marca dois no primeiro tempo e bate Macaca

Diego Santos, de cabeça, e Victor Sapo, de pênalti, fazem os gols dos donos da casa que colocam o time em segundo lugar

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 07 (AFI) - Diante da torcida, no estádio Ramalhão, o Santo André fez o dever de casa contra a Ponte Preta e venceu por 2 a 0, neste domingo, em jogo válido pela Copa Paulista.

Com mais três pontos, o Santo André chega aos sete pontos, em segundo lugar. Já a Macaca ainda não sabe o que é vencer na competição e é a lanterna com apenas um ponto somado.

Sapo marcou o segundo gol do jogo. (Foto: Reprodução/My Cujoo)
Sapo marcou o segundo gol do jogo. (Foto: Reprodução/My Cujoo)
PRIMEIRO TEMPO

O Santo André abriu o placar com o zagueiro Diego Santos, de cabeça, após cobrança de escanteio aos 4 minutos. Aos 30, o atacante Victor Sapo cobrou penalidade forte e o goleiro nada pôde fazer.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa complementar, a Macaca foi para o ataque e parou no goleiro rival que fez defesas importantes.

PRÓXIMOS JOGOS

A 4ª rodada será de clássico regional para o Santo André. No sábado, às 15h, o time vai ao estádio Anacleto Campanella onde encara o São Caetano, rival do ABC paulista.

Já a Ponte Preta pega o EC São Bernardo, em Campinas, no domingo, às 10h. Os times são os dois últimos do Grupo 4 e precisam vencer para seguirem sonhando com uma vaga no mata-mata.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
3ª rodada
Data
07/07/2019
Horário
10h00
Local
Ramalhão - Santo André (SP)
Árbitro
Jose Guilherme Almeida E Souza

Assistentes
Wellington Bragantim Caetano e Danilo Nogueira da Silva

Cartões Amarelos
Ponte Preta: Gustavo Alexandria

Gols
Santo André: Diego Santos 4' 1T, Victor Sapo 30' 1T
Santo André
Luís Augusto;
Dênis Germano, Diego Santos, Gean e Vinícius Rodrigues;
Jhonson, Wesley Pereira e Victor Sapo;
Will (Wanderlei), Alex Nagib e Matheus Santiago (Eliandro)
Técnico: José Carlos Palhavan
Ponte Preta
Luan Ribeiro;
Emanuell, Ian Carlo, Gustavo Alexandria e Heitor Roca;
Julio Romão, Roberto Baggio (Assis), Junior Brittes e Ronald;
Rafael Carioca e Galego
Técnico: Marcelinho Paulista