Copa Paulista: Votuporanguense e Ferroviária tem retrospectos equilibrados

No jogo de ida em Votuporanga, na Arena Plínio Marin, aconteceu o empate por 1 a 1

por Oscar Silva

Votuporanga, SP, 27 (AFI) – No próximo domingo sai conhecido o campeão da Copa Paulista. O torneio dá uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. Ferroviária e Votuporanguense entram em campo às 11 horas, desta vez em Araraquara, na Arena Fonte Luminosa.

No jogo de ida em Votuporanga, na Arena Plínio Marin, aconteceu o empate por 1 a 1. Quem vencer será o campeão. Um novo empate e a decisão vai para as cobranças de penalidades.

RETROSPECTOS EQUILIBRADOS

Ferroviária e Votuporanguense já se enfrentaram em cinco oportunidades na edição da Copa Paulista num equilíbrio total. São duas vitórias para cada lado e um empate.

Votuporanguense e Ferroviária tem retrospecto equilibrado na Copa Paulista. Foto - Rafael Nascimento.
Votuporanguense e Ferroviária tem retrospecto equilibrado na Copa Paulista. Foto - Rafael Nascimento.
Em 2014, foram quatro confrontos. No dia 8 de agosto, deu o time Grená, 1 a 0, jogando em seus domínios. Em 7 de setembro, em Votuporanga, outra vitória da Ferrinha, 3 a 2. Já no dia 28 do mesmo mês, o CAV venceu em casa por 3 a 2, enquanto no dia 18 de outubro em Araraquara, deu novamente a Pantera, 1 a 0. Na atual competição, o time comandado pelo técnico Rafael Guanaes, tem 56,66% de aproveitamento como visitante.

ARTILHARIA

Atrás de Felipe Fumaça, do Olímpia, com onze gols, o atacante Bruno Baio espera deixar a sua marca neste final de semana e entrar na briga pela artilharia. Baio já balançou as redes adversárias dez vezes.

"Sinceramente, não estou preocupado em ser artilheiro. É claro se eu fizer um ou dois gols vou me tornar também artilheiro e ajudar a minha equipe. No entanto, gostaria e muito de conquistar o título nem se fosse de gol contra coroando assim um excelente trabalho desenvolvido pela diretoria, comissão técnica e principalmente o grupo de atletas que somos, unido e focado", disse Baio, que tem 23 anos e dezessete jogos com a camisa do CAV.

 
 
" />