Ferroviária 1 x 1 XV de Piracicaba - Nhô-Quim empata fora e fica perto da vaga

Mário Sérgio abriu o placar ainda no primeiro tempo, enquanto Tom, de pênalti, deixou tudo igual para os donos da casa

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 15 (AFI) - Jogando em casa, na Arena Fonte Luminosa, a Ferroviária conseguiu manter a liderança do Grupo 2 da Copa Paulista. Na noite deste sábado, a Locomotiva recebeu e ficou no empate com o XV de Piracicaba, pelo placar de 1 a 1, em um duelo direto pelas primeiras colocações da chave. Mário Sérgio abriu o placar para o time visitante ainda no primeiro tempo, enquanto Tom, de pênalti, deixou tudo igual para os donos da casa na segunda etapa da partida. Apesar do resultado, ambas as equipes estão com a classificação bem encaminhada.

Com o ponto somado, a Ferroviária segue na liderança da chave com 19 pontos em dez jogos. O XV de Piracicaba vem logo atrás, em segundo, com 17 pontos. Até por conta da distância para os demais colocados, os dois times já começam a pensar na segunda fase do torneio estadual.

Ferroviária e XV de Piracicaba ficam no empate na Copa Paulista
Ferroviária e XV de Piracicaba ficam no empate na Copa Paulista
PRIMEIRO TEMPO
Mesmo jogando fora de casa, o XV de Piracicaba começou ditando o ritmo de jogo, principalmente em passes rápidos no meio campo e bolas alçadas na área, mas encontrava a Ferroviária bem postada, pronta para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que a primeira chance de perigo veio mesmo pelos lados do time visitante. Aos sete, Cássio Gabriel recebeu um passe açucarado de Danilo Melega e soltou o pé, mas parou em uma defesa do goleiro Gabriel Leite.

A partir daí, a Ferroviária adiantou a marcação e se lançou no ataque, dando ainda mais espaço para o XV de Piracicaba. Em um contra-ataque, Welton apareceu na área e testou firme, mas a bola pegou muita força e saiu por cima do gol. Depois de tanto tentar, enfim o time visitante conseguiu abrir o placar. Aos 33, após uma cobrança de escanteio, Mário Sérgio apareceu no segundo pau e de cabeça, mandou a bola para o fundo das redes. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou com a vitória parcial dos visitantes, por 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada com as duas equipes buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Em um desses lances, o XV de Piracicaba ficou próximo de ampliar o placar quando Pedro do Rio apareceu livre na área mas parou em uma defesa a queima roupa do goleiro Leonardo, que mandou a bola para a linha de fundo.

Apesar disso, a resposta da Ferroviária veio em forma de gols. Aos 12 minutos, Caio Mancha foi derrubado na área pelos zagueiros e ligado no lance, o arbitro marcou pênalti. Tom foi para a cobrança e não desperdiçou, mandando a bola no lado após ao que o goleiro caiu. Nos minutos finais, ambos os times foram para o tudo ou nada, mas sem sucesso. Até por conta disso, a partida terminou mesmo empatada por 1 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS
A Ferroviária volta a campo já nessa quarta-feira (19) para a disputa da 13ª rodada do Grupo 2 da Copa Paulista quando enfrenta o Rio Claro, fora de casa, no Estádio Augusto Schimidt, às 15h. Por outro lado, o XV de Piracicaba ‘folga’ na próxima rodada e só volta a jogar no próximo sábado (22) também contra o próprio Rio Claro.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
12ª rodada
Data
15/09/2018
Horário
19h00
Local
Fonte Luminosa - Araraquara (SP)
Árbitro
Rodrigo Batista da Silva

Renda
R$ 7.130,00
Assistentes
Edson Rodrigues dos Santos e Gilberto Aparecido Romachelli

Público
607 pagantes
Cartões Amarelos
Ferroviária: Arthur, Lucas Douglas
XV de Piracicaba: Danilo Melega, Samuel, Mário Sergio, Caio Souza

Gols
Ferroviária: Tom 13' 2T
XV de Piracicaba: Danilo Melega 33' 1T
Ferroviária
Gabriel Leite;
Raniele (Vinicius), Elton, Gualberto e Arthur;
Higor Meritão, Fábio Souza (João Cleriston) e Pedro do Rio;
Felipe Ferreira, Caio Mancha e Tom (Lucas Douglas).
Técnico: Vinícius Munhoz
XV de Piracicaba
Leonardo;
Mário Sérgio, Caio Souza, Gabriel Tonini e Samuel (Lucas Mufalo);
Fraga, Pereira, Cássio Gabriel (Renan Zaneli) e Romarinho;
Danilo Melega e Welton Paraguá (Rafael Rosa).
Técnico: Cléber Gaúcho
 
 
" />