Democratizada, Seleção FI da 2ª rodada da Copa Paulista chega escalada no 4-4-2

Santos, que estreou goleando o Bragantino, em Bragança Paulista, pelo Grupo 3, foi o único time com dois nomes

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - A Seleção FI da 2ª rodada da Copa Paulista chega extremamente democratizada, já que os 12 nomes são de 11 equipes diferentes. O Santos, que estreou goleando o Bragantino, em Bragança Paulista, pelo Grupo 3, foi o único que colocou dois representantes nesse timaço escalado no tradicional 4-4-2.

Um deles é o técnico Leandro Mehlich. O Peixe foi o protagonista da única goleada do meio de semana ao aplicar um inapelável 5 a 2 no Massa Bruta. Outro que merece menção honrosa é o goleiro Leonardo, do XV de Piracicaba. Não fosse ele, o Noroeste poderia ter saído do Alfredão com um placar elástico.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA SEGUNDA RODADA DA COPA PAULISTA:
Leandro (XV de Piracicaba);
Sabino (Santos), Willian (Desportivo Brasil), Alex Flávio (São Caetano) e Eliandro (Santo André);
Rogério Maranhão (Noroeste), Elivelton (Taubaté), Luizinho (Portuguesa) e Lucas Nathan (Red Bull Brasil);
Danrley Marreta (Osasco Audax) e Naldinho (Nacional).
Técnico: Leandro Mehlich (Santos).

(Foto: Ale Vianna /Nacional.A.C)
(Foto: Ale Vianna /Nacional.A.C)
CONFIRA AS ATUAÇÕES DE CADA JOGADOR:
Goleiro:

Leonardo (XV de Piracicaba) - Se o Nhô Quim conseguiu chegar ao empate com o Noroeste nos instantes finais, muito disso se deveu à atuação do arqueiro. Ele foi autor de cinco grandes defesas, que impediram o triunfo alvirrubro.

Lateral-direito:
Sabino (Santos) - Na única goleada do meio de semana, o único a balançar as redes adversárias duas vezes foi o ala alvinegro. O jogador anotou o primeiro e o quarto gols e se mostrou essencial - também defensivamente - para a vitória.

Zagueiro:
Willian (Desportivo Brasil) - O Dragão Chinês fez partida equilibrada, mas contou com uma atuação precisa do defensor para sair com os três pontos. Lá atrás, parou as ações do Rio Claro. Lá na frente, mostrou categoria para fazer um golaço de falta, o único tento do confronto.

(Foto: Beto Boschiero/Ferroviária)
(Foto: Beto Boschiero/Ferroviária)
Zagueiro:
Alex Flávio (São Caetano) -
O Azulão tem 100% de aproveitamento, cinco gols marcados e nenhum sofrido. Esse ótimo desempenho inicial recebeu importante contribuição do defensor. Nesta quarta-feira, fez um dos gols no triunfo, fora de casa, sobre o Água Santa.

Lateral-esquerdo:
Eliandro (Santo André) -
O Ramalhão chegou poucas vezes à meta taubateana. As duas principais oportunidades, porém, surgiram com o ala. No primeiro tempo, sofreu um pênalti (que acabou defendido pelo goleiro Rafael Roballo). Na etapa final, cruzou bola venenosa que enganou o zagueiro alviazul, Henrique, quem acabou fazendo o gol contra, garantindo o empate para o time andreense.

Volante:
Rogério Maranhão (Noroeste) - Homem de confiança do novo técnico alvirrubro, Betão Alcântara, o meio-campista vai ganhando sua importância no time titular. No confronto disputado no Alfredão, fez um golaço de fora da área. No restante dos 90 minutos, iniciou as principais oportunidades noroestinas e auxiliou na marcação.

Volante:
Elivelton (Taubaté) -
Em uma partida de baixíssimo nível técnico, foi um oásis de categoria. Regeu o meio campo alviazul, chegou com boa opção no ataque, iniciou as jogadas e marcou os andreenses com categoria.

(Foto: Bruno Castilho / EC Taubaté)
(Foto: Bruno Castilho / EC Taubaté)
Meia:
Luisinho (Portuguesa) -
Lusa e Taboão da Serra fizeram um jogo aberto, com chances reais de ambos os lados. O grande destaque da partida foi o meia-atacante paulistano. Criou ótimas oportunidades, finalizando com perigo pelo menos cinco vezes. Em uma dessas tentativas, estufou as redes e abriu o marcador da partida que acabaria 1 a 1.

Meia:
Lucas Nathan (Red Bull Brasil) -
O Toro Loko inaugurou o marcador com um golaço do meio-campista. Praticamente todos os lances de perigo gerador pelos campineiros passaram pelos pés do jogador, o grande destaque do duelo disputado no Moisés Lucarelli, mesmo com o empate por 1 a 1 diante da Ferroviária.

Atacante:
Danrley Marrera (Osasco Audax) - Apesar de manter os 100% de aproveitamento, o GOA não mostrou um bom futebol diante do Atibaia. Apesar disso, chegou à vitória por conta da tarde inspirada do centroavante, que saiu do banco para fazer o único gol do embate disputado em Indaiatuba.

Atacante:
Naldinho (Nacional) -
O Naça se recuperou da derrota na estreia em grande estilo: enfiando 3 a 1 no Ituano. O triunfo contou com imensa participação do atacante, autor de um dos gols e responsável por criar outras boas oportunidades.

Técnico:
Leandro Mehlich (Santos) -
A única goleada da rodada foi do Santos. Mesmo como visitante, o Peixe, que estreava na Copa Paulista após folgar na 1ª rodada, não se intimidou e venceu o Bragantino por 5 a 2. O resultado teve o dedo do treinador litorâneo, que posicionou bem seus comandados e os incentivou a buscarem o placar mais elástico possível.

 
 
" />