Red Bull 1 x 1 Ferroviária - Toro Loko e Locomotiva empatam no fechamento da rodada

Com isso, as duas equipes perderam a chance de conquistarem a primeira vitória nesse início de torneio estadual

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - No duelo que fechou as disputas da segunda rodada da primeira fase da Copa Paulista, na noite dessa quinta-feira, Red Bull e Ferroviária ficaram no empate pelo placar de 1 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Com isso, as duas equipes perderam a chance de conquistarem a primeira vitória nesse início de torneio estadual.

Com dois pontos somados, já que empatou com Ferroviária e XV de Piracicaba, o Red Bull aparece na terceira colocação do Grupo 2. Já a Ferroviária, que folgou na rodada passada e fez sua estreia na Copa Paulista nessa quinta-feira, está em quinto, com um ponto.

Este jogo foi transmitido, ao vivo, direto do estádio Moisés Lucarelli com a Equipe Nota 10 da Rádio WEB FUTEBOL INTERIOR. A narração foi de Marcelo Corsato, com, reportagens de Elson
Equipe NOTA 10 prestigiou a estreia do Red Bull em Campinas
Equipe NOTA 10 prestigiou a estreia do Red Bull em Campinas
Mariano e comentário s de Fernando César. No comando das Redes Sociais e da Futebol Interior TV: Giovane Paiola.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Red Bull começou a partida ditando o ritmo do jogo, principalmente com troca de passes no meio campo e jogadas rápidas pelas laterais, mas encontrava a Ferroviária bem postada, pronta para encaixar um contra-ataque e abrir o placar.

Apesar disso, a primeira chance de perigo veio mesmo pelos lados do time mandante. Aos 18 minutos, após cobrança de escanteio, Gustavo desviou de cabeça e por muito pouco não fez o primeiro gol do jogo.

 Red Bull e Ferroviária fecham segunda rodada com empate (Foto: Beto Boschiero)
Red Bull e Ferroviária fecham segunda rodada com empate (Foto: Beto Boschiero)

A partir daí, a Ferroviária conseguiu equilibrar a partida e passou a ter mais posse de bola. Apesar disso, em um contra-ataque fulminante, o Red Bull abriu o placar. Aos 33 minutos, Deivid foi lançado em profundidade e cruzou na área.

A bola passou por Gustavo mas sobrou livre para Lucas Nathan, que dominou e bateu colocado no canto direito do goleiro Gabriel Leite, que só olhou a bola entrar. Na sequência, a partida seguiu disputada mas a primeira rodada terminou mesmo com a vitória parcial do time mandante, por 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a partida seguiu bastante movimentada e disputada no meio-campo, com as duas equipes buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Após exercer uma certa pressão, a Ferroviária conseguiu empatar a partida.

Aos 35 minutos, Lucas Douglas que havia acabado de entrar na partida, cobrou falta na área e encontrou Luís Henrique, que de cabeça, testou firme para o fundo das redes.

Com o duelo empatado, as duas equipes foram para o tudo ou nada para sair com os três pontos. Apesar de ambos os times terem tido boas chances para balançar as redes, nenhum dos dois conseguiu voltar a mexer no placar. Até por conta disso, a partida disputada nessa quinta-feira terminou mesmo empatada em 1 a 1.

PRÓXIMOS JOGOS
A Ferroviária volta a campo no próximo domingo quando encara o Noroeste, no Estádio Augusto Schmidt em Rio Claro - por conta de uma punição, às 15h, pela terceira rodada do Grupo 2 da Copa Paulista. Já o Red Bull Brasil, folga nesse final de semana e volta a campo na próxima quarta-feira (15) quando visita o Noroeste, no Estádio Alfredo Castilho, às 20h.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
09/08/2018
Horário
18h30
Local
Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro
Daniel Bernardes Serrano

Renda
R$ 1.020
Assistentes
Ricardo Luis Buzzi e Gabriel Alexandre Tostes Fleming

Público
214 pagantes
Cartões Amarelos
Red Bull Brasil: Éder
Ferroviária: Elvis, Lucas Douglas, Raniele

Gols
Red Bull Brasil: Lucas Nathan 33' 1T
Ferroviária: Luís Henrique 35' 2T
Red Bull Brasil
Júlio César;
Lucas Urias, Dogulas, Rayne e Rubens;
Renan Areias, Éder e Lucas Natan (Everton);
Gustavo (Ítalo), Deivid (Rodrigo) e Léo Castro.
Técnico: Ricardo Catalá
Ferroviária
Gabriel Leite;
Vinicius Pedalada, Elton, Raniele e Arthur;
Higor Meritão, Matheus Cansia, Elvis (Pedro do Rio) e Tom (Lucas Douglas);
Felipe Ferreira e Caio Mancha (Luis Henrique).
Técnico: Vinicius Munhoz
 
 
" />