Inter de Limeira 0 x 0 Desportivo Brasil - Vice em 2017, Leão decepciona na estreia!

Time limeirense tenta repetir a boa campanha de 2017, quando acabou derrotado pela Ferroviária na final

por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 04 (AFI) – A estreia a Inter de Limeira na Copa Paulista de 2018 não foi da maneira que os torcedores esperavam. Apesar de dominar a maior parte do jogo, o Leão apenas empatou sem gols contra o Desportivo Brasil, na tarde deste sábado, no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira.

Atual vice-campeã da Copinha, a Inter tenta repetir a boa campanha de 2017, quando acabou derrotada pela Ferroviária. Desta vez, contudo, o cenário é menos animador, já que o time tem menos recursos. E o empate em casa já dificulta o início do caminho no complicado Grupo 02.

O Dragão Chinês, por sua vez, almeja chegar um pouco mais longe que as quartas-de-final, onde foi eliminado pela Portuguesa em 2018. Na Série A3, deste ano, o time de Porto Feliz parou na mesma fase contra o Barretos.

INTER CONTROLA, MAS...
Nos 15 primeiros minutos as duas equipes se estudaram bastante, com a Internacional tendo mais posse de bola e procurando abrir as jogadas pelas beiradas de campo. Em uma delas, Leleco fez grande jogada pela direita, invadiu a área, mas na hora de cruzar esbarrou na zaga adversária.

O Leão chegou de logo na sequência. Calixto cruzou da esquerda na intenção de encontrar Eder Paulista no meio da área. O centroavante até subiu, mas não alcançou a bola.

Depois, duas chegadas do Desportivo Brasil. Na primeira, Vinicius Bala mandou por cima. Depois, em chute de Thiago Pereira, Moisés praticou grande defesa, espalmando a bola que tinha endereço certo.

A Inter respondeu. Leleco, de novo pela direita, bateu cruzado pra dentro da área, rasteiro. Antes de chegar em Eder Paulista, a zaga do Desportivo afastou em escanteio. Na cobrança, a bola sobra para Marquihos, que tentou ajeitar para Moisés, e a zaga afastou novamente.

NADA DE GOLS

Inter de Limeira foi melhor, mas não furou retranca do Desportivo Brasil
Inter de Limeira foi melhor, mas não furou retranca do Desportivo Brasil
Logo aos dois minutos, mais uma chance no pé de Leleco. O camisa 7 aproveitou sobra dentro da área, ajeitou a bola, mas preferiu rolar para Luis Roberto. O passe saiu forte, nas mãos do goleiro Eder.

Aos dez, João Vallim precisou fazer uma alteração na equipe. O zagueiro Nikão saiu contundido e deu lugar a Medina. Com isso, Balardin foi deslocado para a zaga ao lado de Vinicius Gouvea.

A Inter teve um gol anulado aos 11 minutos. Após espirrada dentro da área, Eder Paulista tocou pro fundo do gol. O árbitro, porém, viu falta do atacante, que dividiu com a zaga.

Resposta do Desportivo, que armou contra-ataque com Thiago Pereira, que surgiu na cara de Moisés e bateu cruzado, à esquerda da meta leonina.

Mais um chute do visitante. Desta vez foi Nelsinho que arriscou, de fora Da área, para outra boa defesa de Moisés.

Aos 32, jogada pela esquerda com Leleco. Ele partiu pra cima do marcador, ajeita para a perna direita e cruza pra área. O lateral Calixto, aparecendo como centroavante, subu mais que a zaga adversária, mas errou o cabeceio.

PRÓXIMOS JOGOS
Na rodada do meio de semana, a Inter folga e volta a campo apenas no sábado, quando visita o Rio Claro, às 15 horas, no estádio Augusto Schimidt Filho. Enquanto isso, o Desportivo Brasil recebe o mesmo Rio Claro, na quarta-feira, às 15 horas, no estádio Rocco, em Porto Feliz.

*Colaborou João Vitor Fedato

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
04/08/2018
Horário
17h00
Local
Major Levyr Sobrinho - Limeira (SP)
Árbitro
Rodrigo Batista da Silva

Renda
R$ 19.675
Assistentes
Ricardo Luis Buzzi e Jony Shin Iti Kamakura

Público
1.272 pagantes
Cartões Amarelos
Internacional: Balardin, Marquinhos
Desportivo Brasil: Nelsinho, Tito

Internacional
Moisés;
Luis Roberto (Medina), Vinicius Gouvea, Nikão (Medina) e Calixto;
Balardin, Marquinhos e Moisés;
Teco, Eder Paulista e Leleco.
Técnico: João Valim
Desportivo Brasil
Éder;
Léo Santos, Willian Gomes, João Pedro e Thiago Pereira;
Djair, Thiago e Nelsinho Júnior;
Vinícius Bala, Marlon e Tito (Vieira).
Técnico: Edson Paulista
 
 
" />