Portuguesa 0 x 2 Ferroviária - Lusa vacila e Locomotiva se aproxima da final

A Ferroviária conseguiu ótima vitória fora de casa e conseguiu abrir vantagem para chegar à sua segunda final seguida

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 04 (AFI) – A Portuguesa vacilou e foi derrotada por 2 a 0 pela Ferroviária no jogo de ida da semifinal da Copa Paulista. O duelo aconteceu no estádio do Canindé, em São Paulo, e os mandantes pecaram no aproveitamento, enquanto os visitantes buscaram dois gols no primeiro tempo para sair em vantagem.

O resultado dificulta a vida da Portuguesa para o jogo de volta, que acontecerá no próximo sábado, dia 11 de novembro, às 19h, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. A Portuguesa precisará vencer por três gols de diferença. Em caso de vitória da equipe por dois gols de diferença, a vaga será decidida nos pênaltis. A Ferroviária pode se dar o luxo de perder por um gol de diferença.

Lusa vacila e Locomotiva se aproxima da final
Lusa vacila e Locomotiva se aproxima da final

CASTIGADA
A Portuguesa começou o jogo indo para cima e manteve a posse de bola, buscando furar o bloqueio da Ferroviária, o quê não aconteceu. Muito perigosa, a equipe visitante conseguiu marcar logo em sua primeira chegada de perigo.

Aos 13minutos, Alisson fez boa jogada e tocou para o artilheiro Léo Castro mandar por baixo das pernas do goleiro e abrir o placar para a Ferroviária.

A Portuguesa focou em responder através das bolas paradas. Aos 20 minutos, Fernandinho bateu forte e Luan espalmou com perigo para o meio da área. Três minutos depois, em nova cobrança de falta, Marcão mandou para o fundo da rede, mas a arbitragem, erroneamente, anulou o gol da Lusa, assinalando impedimento.

OUTRO CASTIGO
E, no momento em que a Portuguesa buscava o empate, a Ferroviária arrumou um contra-ataque aos 33 minutos. Íkaro caiu na área a o arbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marco Damasceno guardou e abriu 2 a 0 para a Ferroviária.

Dois minutos depois foi a vez de Guilherme Queiroz cair na área da Ferroviária e o árbitro assinalar pênalti para a Lusa. Entretanto, o artilheiro da Lusa bateu mal e desperdiçou. A Lusa ainda tentou com chute de Maicon aos 42 minutos, mas a bola foi para fora e o primeiro tempo terminou nisso.

LUSA SE COMPLICA
A etapa final começou mais fria e demorou para as chances de perigo aparecerem. Meio bagunçada, a Lusa se lançou ao ataque para buscar o empate, mas não conseguiu dar grandes sustos ao time da Ferroviária. Aos 25 minutos, Jonatas Paulista roubou a bola na entrada da área e finalizou com perigo. A Lusa voltou a assustar aos 35 minutos, em cabeceio à queima-roupa defendido por Tadeu.

A Lusa pressionou na reta final, mas o goleiro da Ferroviária não cedeu. Aos 41 minutos, Luizinho fez ótima jogada para se livrar da marcação e encheu o pé de dentro da área, mas Tadeu fez mais uma boa defesa. Já nos acréscimos, a Ferroviária ainda quase marcou em contra-ataque, mas João Lopes defendeu chute de Íkaro. E ficou nisso, vitória por 2 a 0 da Ferroviária.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
1ª rodada
Data
04/11/2017
Horário
17h00
Local
Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Flavio Rodrigues de Souza

Renda
R$ 26.590,00
Assistentes
Evandro de Melo Lima e Vladimir Nunes da Silva

Público
3.896 pagantes
Cartões Amarelos
Ferroviária: Alisson, Ikaro

Gols
Ferroviária: Léo Castro 13' 1T, Damasceno 35' 1T
Portuguesa
João Lopes;
Paulo Fernando, Gabriel Santos, Marcão e Altemar;
Jonatas Paulista,Vinicius (Dedé) e Maicon (Pereira);
Guilherme Queiroz, Romarinho (Luizinho) e Fernandinho

Técnico: PC Gusmão
Ferroviária
Tadeu;
Alisson, Élton, Luan e Daniel Vançan;
Íkaro (Danilo Sacramento), Wilian Favoni, Hygor e Elvis;
Léo Castro (Patrick) e Marco Damasceno (Felipe Ferreira).
Técnico: PC de Oliveira
 
 
" />