Desportivo Brasil 1 x 1 Portuguesa - Lusa sofre, reage com gol de artilheiro e avança

Comandados de PC Gusmão fazem primeiro tempo sonolento, mas asseguram vaga com grandes atuações de João Victor e Guilherme Queiroz

por Agência Futebol Interior

Itu, SP, 28 (AFI) - Com dois tempos distintos no Estádio Doutor Novelli Junior, a Portuguesa garantiu vaga nas semifinais da Copa Paulista na tarde deste sábado, após empatar por 1 a 1 com o Desportivo Brasil. Como havia vencido a partida por 3 a 1, a equipe comandada por PC Gusmão poderia até ter perdido por um gol de diferença. Agora artilheiro da competição ao lado de Leo da Ferroviária, com 13 gols, Guilherme Queiroz foi o destaque pelo lado lusitano.

AO VIVO
Com muita emoção e detalhes, a equipe da Rádio Tropical FM 107.9 da capital São Paulo, ambientou os ouvintes na atmosfera desta grande partida de futebol.

Guilherme Queiroz seu 13º gol na Copa Paulista
Guilherme Queiroz seu 13º gol na Copa Paulista

ACOMODADA
Respaldada pela vantagem conquistada no primeiro jogo, a Portuguesa entrou acomodada na partida. Os primeiros 20 minutos de jogo foram todos do Desportivo Brasil, fato que rendeu vantagem aos mandantes, que controlavam o meio de campo, acuando a equipe lusitana no seu campo de defesa.

Logo aos 5 minutos, o zagueiro Hélio subiu mais que toda a defesa da Lusa e cabeceou para o chão. Na sequência do lance a zaga visitante afastou, mas mal e a bola acabou 'pipocando' na entrada da área. Camisa 7 do Desportivo, Raul bateu forte, sem chances para João Victor, 1 a 0.

'SÃO' JOÃO VICTOR
Após o primeiro gol, os mandantes ganharam mais confiança e a pressão aumentou. Não fossem as grandes defesas de João Victor, a Portuguesa teria ido para o vestiário com um placar ainda mais adverso. Entre os milagres operados, o goleiro evitou o gol de Hélio que cabeceou firme aos 30 minutos - o arqueiro segurou firme sem dar rebote.

Um minuto depois, Léo Prado bateu com curva da entrada da área. O chute saiu forte, exigindo grande intervenção de João Victor que espalmou para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, a defesa da Portuguesa aliviou o perigo.

TEVE BRONCA
A conversa com o técnico PC Gusmão não deve ter sido boa no intervalo. Porém, foi muito produtiva, pois, após um primeiro tempo sonolento, a Portuguesa voltou com outra atitude para etapa complementar. A Lusa se mostrou mais organizada, marcando melhor atrás, trocando bons passes e procurando explorar as subidas do lateral-direito Carlinhos.

ÚLTIMO ATO
Aos 30 minutos, Maicon puxou belo contra-ataque para a Portuguesa e após passar por dois adversários só foi parado com falta por Willian. O lateral-esquerdo do Desportivo Brasil já tinha amarelo, mas Marcio Henrique de Gois, árbitro da partida, entendeu que o lance não merecia cartão. Houve muita reclamação por parte da Lusa.

Na cobrança da falta o experiente Marcelinho Paraíba soltou a bomba, entretanto, a bola saiu sem direção, passando longe do gol. Logo em seguida, o veterano deixou o canso - muito cansado - para entrada de Dedé.

NEM SUJOU O UNIFORME!

Com passagens por clubes importantes do país como Corinthians e Guarani, o meia Dinelson entrou com cerca de 32 minutos e deixou o gramado poucos minutos depois. Em seu primeiro lance o jogador recebeu cartão amarelo. Instantes depois parou uma jogada com falta, recebendo o segundo cartão e, consequentemente, o vermelho.

13 VEZES ELE
Com um a mais a Lusa foi pra cima. Aos 43 minutos, Dedé recebeu lançamento longo, avançou e da ponta direita tocou para trás. Guilherme Queiroz apareceu como uma flecha e tocou rasante no canto esquerdo, empatando a partida em 1 a 1 e garantindo de vez a Portuguesa nas semifinais da competição. Só sobrou tempo para Marquinhos também ser expulso, deixando o DB com nove em campo.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de final
Rodada
2ª rodada
Data
28/10/2017
Horário
16h00
Local
Dr. Novelli Junior - Itu (SP)
Árbitro
Marcio Henrique de Gois

Assistentes
Enderson Emanoel Turbiani da Silva e Bruno Silva de Jesus

Cartões Amarelos
Desportivo Brasil: Willian, Léo Prado, Erik
Portuguesa: Jonatas Paulista , Gabriel, Maicon, Altemar, João Victor

Cartões Vermelhos
Desportivo Brasil: Dinelson, Marquinhos
Gols
Desportivo Brasil: Raul 5' 1T
Portuguesa: Guilherme Queiroz 43' 2T
Desportivo Brasil
Gilberto;
Carlinhos (Rodriguinho), Diego Landis, Hélio e Willian;
Tiago Ott, Raul, Léo Prado (Dinelson) e Edson Pio;
Ingro (Marquinhos) e Erik.
Técnico: Maurício Barbieri
Portuguesa
João Victor;
Paulo Fernando, Gabriel, Marcão e Altemar;
Jonatas Paulista, Vinicius, Marcelinho Paraíba (Dedé) e Romarinho (Maicon);
Pereira (Fernandinho) e Guilherme Queiroz.
Técnico: PC Gusmão
 
 
" />