Paulista 3 x 1 Ituano - Jogando em casa, Paulista leva a melhor na 'briga de galos'

Letal nos contra-ataques, Galo de Jundiaí garantiu diante da torcida a primeira vitória na competição, e de quebra a vice-liderança

por Agência Futebol Interior

Jundiaí, SP, 10 (AFI) - O Paulista se recuperou da derrota na estreia, ao bater o Ituano na manhã deste domingo, por 3 a 1, em partida válida pela segunda rodada, da primeira fase da Copa Paulista. Jogando no Estádio Dr. Jaime Pinheiro Cintra, o Galo de Jundiaí aproveitou as brechas deixadas pelos visitantes, para construir na base do contra-ataque a sua vitória.

Com o triunfo, o Paulista alcançou a segunda colocação no Grupo 3, somando os mesmos três pontos do líder XV de Piracicaba que leva vantagem nos critérios de desempate. Outras três equipes somam três pontos, Bragantino, Ituano e Juventus, que estão, respectivamente, na terceira, quarta e quinta posição. Red Bull Brasil e São Paulo completam o grupo, na sexta e sétima posição - ambos os clubes tem um ponto contabilizado até aqui.

Paulista e Ituano se enfrentaram pela Copa Paulista (Foto: Luciano Veiga / Ituano)
Paulista e Ituano se enfrentaram pela Copa Paulista (Foto: Luciano Veiga / Ituano)

QUEM NÃO FAZ...
O jogo começou corrido, mesmo jogando fora de casa o Ituano foi para cima e controlou a partida até os 10 minutos da etapa inicial. Aos 14 do primeiro tempo, o Paulista criou a primeira chance clara de gol. Rafael ficou cara a cara com o goleiro Diego, mas desperdiçou, bateu para fora.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, os mandantes aproveitaram um melhor momento no jogo para abrir o placar. Em um contragolpe, Arielton recebeu na direita, deixou o zagueiro Léo na saudade e dentro da área não perdoou, Paulista 1 a 0. A resposta do Galo de Itu veio dez minutos depois, aos 26 o lateral-esquerdo João Paulo bateu uma falta na trave, assustando o goleiro Yago.

CONTRA-ATAQUE LETAL
Em desvantagem no placar, o Ituano começou o segundo tempo pressionando o adversário. O Paulista, entretanto, quase ampliou o placar aos 13 minutos. Em um belo contra-ataque, Ariel tocou por cima do gol, a bola passou perto. Por volta de 15 minutos, o atacante Juliano Levak levou uma pancada na cabeça, o impacto parece ter atordoado o time todo.

Aos 18 minutos da etapa complementar, Michel fez bela jogada e dentro da área não perdoou, Paulista 2 a 0. Aproveitando o embalo, o endiabrado Michel puxou outro contra-ataque, tirou o lance do goleiro e tocou para Rafael que, com o gol vazio só teve o trabalho de empurrar a boa, Paulista 3 a 0.

Apesar da vantagem de dois gols, a partida foi muito disputada (Foto: Luciano Veiga / Ituano)
Apesar da vantagem de dois gols, a partida foi muito disputada (Foto: Luciano Veiga / Ituano)

Mesmo com a desvantagem, o Galo de Itu seguiu batalhando e foi recompensado aos 27 minutos. Anderson Zangão que havia entrado há pouco, fez boa jogada e tocou para Robson que, passou para Rodrigo Celeste, ele entrou na área, e após dividida com o zagueiro descontou, anotando o gol de honra. O que se viu a partir daí foi o Paulista administrar bem o resultado até o apito final do árbitro.

PRÓXIMOS JOGOS

O Paulista volta à campo no próximo sábado, as 15h, para encarar o Red Bull Brasil, no Estádio Moisés Lucarelli em Campinas. Já o Ituano, joga no próximo domingo, contra o Juventus, as 10h, no Estádio Conde Rodolfo Crespi na capital do estado. Ambas as partidas serão válidas pela terceira rodada, da primeira fase da Copa Paulista.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
10/07/2016
Horário
10h00
Local
Estádio Dr. Jaime Pinheiro Cintra - Jundiaí (SP)
Árbitro
Leomar Oliveira Neves

Renda
R$ 5.720,00
Assistentes
Alex Alexandrino e Alex Alexandrino

Público
652 pagantes
Cartões Amarelos
Ituano: Kenedy

Gols
Paulista: Arielton 16' 1T, Michel 18' 2T, Rafael 21' 2T
Ituano: Rodrigo Celeste 26' 2T
Paulista
Yago;
Gabriel, Kelvin, Branquinho e Douglas;
Rafael Fefo, Michel, Rafael e Luis Henrique;
Arielton e Fábio Gomes
Técnico: Stélio Metzkier
Ituano
Diego;
Pacheco (Renan), Leo, Michel e João Paulo;
Rodrigo Celeste, Robson, Kenedy e Guilherme (Anderson Zangão);
Juliano Levak (Ademir) e Wesley
Técnico: Vinivius Bergantin
 
 
" />