São Caetano 0 x 0 Juventus – Azulão e Moleque Travesso fazem jogo de compadre

Com o resultado, o Moleque Travesso terminou na liderança da chave e o Azulão na terceira colocação

por Antônio Boaventura

São Caetano do Sul, SP, 15 – O cenário era propício para uma grande partida, já que São Caetano e Juventus brigavam pela liderança isolada do grupo 4 da Copa Paulista. Mas o que produziram as duas equipes não foi o reflexo de suas campanhas e fizeram um verdadeiro jogo de compadre no empate sem gols no Anacleto Campanella. Com o resultado, o Moleque Travesso terminou na segunda colocação da chave e o Azulão na terceira colocação.

Classificados de forma antecipada, ambos os times aguardam a definição da tabela desta segunda fase para conhecerem seus próximos compromissos. O selecionado da Mooca está no grupo 7 ao lado de Ituano, Rio Preto e Ferroviária. Já o Azulão integra a chave 6 com Internacional de Limeira, São Bento e Monte Azul.

Liderança em jogo
Como já era esperado, tanto São Caetano quanto Juventus entraram em campo determinados a conquistar os três pontos e a primeira colocação do grupo 4 da Copa Paulista, além da possibilidade do Moleque Travesso terminar a fase inicial na liderança geral da competição. No entanto, a realidade dentro das quatro linhas não expressou o desejo das equipes.

Depois da goleada que sofreu, na rua Javari, por 4 a 1, o Azulão engatou uma boa sequência de resultados positivos e com isso garantiu sua classificação de forma antecipada para a segunda fase. Empolgado com a boa fase, a equipe do ABC esboçou uma certa pressão sobre os visitantes, mas sem nenhum perigo.

Já o Moleque Travesso percebendo o ímpeto dos donos da casa, passou a utilizar as jogadas de contra-ataque, principalmente, com o atacante Pedro Rocha, artilheiro da equipe na competição com cinco gols, porém, foi o selecionado do técnico Nenê Santana, que esteve muito próximo de abrir o marcador na jogada de seu goleador, Paulo Henrique, no vacilo da defesa juventina.

Além dos raros momentos de futebol praticado no Anacleto Campanella, o grande destaque, sem dúvida alguma, da primeira etapa foi a pequena e empolgada torcida do São Caetano, que passou a utilizar os tradicionais elogios da torcida do Juventus nos jogos da Mooca sempre que o adversário cobra o tiro de meta. Muito pouco para quem briga pelas primeiras colocações.

Moleque atrevido
Na volta do intervalo e sob um forte calor na cidade de São Caetano do Sul, o Juventus voltou disposto a retornar para a Capital com a vitória. Em aproximadamente onze minutos, o Moleque Travesso criou quatro ótimas oportunidades com Rafael Castori, em chute de longa distância interceptado pelo goleiro Júnior Beliato, o zagueiro Leonardo Fioravanti em dois lances de cabeça na pequena área e com o artilheiro Pedro Rocha.

Após as investidas ofensivas do selecionado Grená, a partida caiu de ritmo com as duas equipes demonstrando estarem satisfeitas com a igualdade. Mais objetivo no jogo, o time do técnico Celso Spadotti em arremate de fora da área quase inaugurou o marcador com Vinicius Fonseca, mas atento o goleiro Júnior Beliato evitou o gol e assim o placar permaneceu até o final.

Ficha Técnica

Fase
Primeira fase
Rodada
14ª rodada
Data
15/09/2013
Horário
10h00
Local
Anacleto Campanella, em - São Caetano do Sul (SP). (SP)
Árbitro
Rodrigo Gomes Paes Domingues.

Renda
R$ 1 300,00
Assistentes
Gustavo Rodrigues de Oliveira e Mauro André de Freitas.

Público
209 torcedores
São Caetano
Júnior Baliato;
Rogério Lima, Gabriel Valongo, Wagner e Renan Luís;
Leandro Carvalho, Fernandinho, Matheus (Paulinho) e Caleb;
Alison (Igor Maia) e Paulo Henrique.
Técnico: Nenê Santana.
Juventus
Fernando Henrique;
Jader Brito, Victor Salinas, Leonardo Fioravanti e Wanderson;
Romarinho, Arthur Santos, Raikard e Rafael Castori (Bruno Santiago); Fernandinho (Vinicius Fonseca) e Pedro Rocha.
Técnico: Celso Spadotti.