Noroeste 2 x 2 Penapolense - Paralisação, falta de ambulância e futebol zero

Resultado pouco alterou o percurso dos dois times nesta primeira fase da Copinha

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 11 (AFI) – Quem vê o placar do empate por 2 a 2 entre Noroeste e Penapolense, na noite deste sábado, pela penúltima rodada da Copa Paulista, pode imaginar que tratou-se de um jogão. No entanto, este é mais um daqueles exemplos de que o resultado pode enganar. Apesar do número de gols, o destaque no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru, foi a paralisação de 24 minutos, na segunda etapa, por falta de ambulância.

O resultado pouco alterou o percurso dos dois times nesta primeira fase da Copinha, já que ambos estão classificados. O Norusca está praticamente garantido no terceiro lugar do Grupo 1, onde hoje soma 12 pontos. Por outro lado, o CAP não perde mais a segunda posição, onde tem 19 pontos, mas também não alcança mais o líder Linense.

Deu sono...
Noroeste e Penapolense fizeram um começo de jogo sofrível. Já classificados, ambos demonstraram pouca empolgação com esta partida em pleno sábado à noite. As poucas chances criadas no primeiro tempo sugiram em falhas defensivas dos dois lados.

Foi exatamente desta maneira que o CAP abriu o placar, aos 35 minutos. A defesa noroestina marcou bobeira, e após cruzamento na área, o volante Perez subiu sozinho para estufar das redes de cabeça.

Nos últimos minutos, o Norusca acordou e conseguiu chegar ao empate, aos 42. Após uma bela trama do ataque, o atacante Diego saiu na cara do gol e encheu o pé sem chances para o goleiro Ricardo. O mesmo Diego teve chance da virada, dois minutos depois.

Gols e paralisação
Na segunda etapa, o Noroeste voltou com tudo e virou o marcador logo aos quatro minutos. O lateral Gustavo cruzou pelo lado esquerdo, rasteiro, e o meia Almir Dis entrou na área para completar.

Aos dez minutos, o mesmo Almir Dias teve chance de ouro de empatar, em cobrança de pênalti. No entanto, ele bateu Ricardo defendeu e a bola bateu na trave. Na sequência, a pelota pegou nas costas do goleiro e saiu. Um lance de pura sorte.

O clube de Penápolis, contudo, chegou ao empate novamente aos 15 minutos. O goleiro Alexandre Villa se atrapalhou com a bola e o atacante Fil acabou deixando tudo igual.

No lance, o arqueiro chocou a cabeça com a trave. E teve de ser levado de ambulância. Como não havia outra ambulância no estádio, o jogo ficou paralisado por 24 minutos. A parada esfriou os dois times que nada fizeram até o final.

Próximos Jogos
No próximo domingo, todos os jogos da última rodada serão realizados às 10 horas. O Noroeste se despede da fase no clássico contra o XV de Jaú, no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. Enquanto isso, o Penapolense visita o Linense, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins.

Ficha Técnica

Noroeste 2 x 2 Penapolense

Local: Estádio Dr. Alfredo de Castilho, em Bauru-SP
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Auxiliares Leonardo Ferreira Alves e Graziele Maria Crizol
Renda: R$ 1.175,00
Público: 204 pagantes (336 total)
Cartões Amarelos: Bonfim (Noroeste); Anderson, Luciano Gigante, Ricardo, Anderson Cavalo, Edu e Reinaldo (Penapolense)
Gols: Diego 42’/1T e Almir Dias 4’/2T (Noroeste); Perez aos 35’/1T e Fil aos 15’/2T (Penapolense)

Noroeste
Alexandre Villa (Yuri); Misael, Bonfim, Lelo e Gustavo; Juninho (Giovane), Deivid, Richard e Almir Dias (Rafrael Aidar); Diego e Cléverson.
Técnico: Luciano Dias.

Penapolense
Ricardo; Ferrinho (Diovane), Jailton, Biro e Reinaldo; Perez, Domingos, Anderson e Alê (Edu); Luciano Gigante e Fil (Anderson Cavalo).
Técnico: Ito Roque.