Eliminatórias Euro: Turquia aponta tratamento 'inaceitável' em chegada à Islândia

A delegação teria esperado por mais de duas horas na sala de checagem do passaporte no Keflavik Airport, próximo à capital Reykjavik

por Agência Estado

Campinas, SP, 10 - Autoridades da Turquia afirmaram nesta segunda-feira que a seleção de futebol do seu país recebeu tratamento considerado "inadequado" no domingo, na chegada da equipe à Islândia, adversário desta terça pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020.

A delegação turca teria esperado por mais de duas horas na sala de checagem do passaporte no Keflavik Airport, nas proximidades da capital Reykjavik. Neste período, as malas dos jogadores e da comissão técnica teriam sido vistoriadas diversas vezes.

MAIS ACUSAÇÕES
Além disso, o capitão da equipe, Emre Belezoglu, teria sido ironizado por um funcionário do aeroporto quando concedia entrevista aos jornais turcos. Portando uma escova de limpar banheiro, ele imitava o atleta como se estivesse falando a um microfone.

Eliminatórias Euro: Turquia aponta tratamento 'inaceitável' em chegada à Islândia
Eliminatórias Euro: Turquia aponta tratamento 'inaceitável' em chegada à Islândia
QUESTÃO DE ESTADO?
Pelas redes sociais, o ministro das relações exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, disse que o tratamento recebido na Islândia foi "inaceitável do ponto de vista das práticas diplomáticas e humanas".

MAIS MANIFESTAÇÕES
Também pelas redes sociais, Ibrahim Kalin, porta-voz do presidente turco, Tayyip Erdogan, disse que a seleção turca "vai dar a melhor resposta [ao episódio] dentro de campo". Autoridades da Islândia ainda não se manifestaram sobre as crítica turcas.

SITUAÇÃO NA TABELA
Vindo de vitória sobre a França, atual campeã mundial, no sábado, a equipe turca lidera o Grupo H das Eliminatórias da Eurocopa, com nove pontos. Já a Islândia, surpresa da última Eurocopa, ocupa o terceiro lugar, com seis pontos. O jogo entre as duas seleções está marcado para esta terça.